Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Introdução


Youtube? já ouvi falar, é aquilo dos youtubers da casa, ou qualquer coisa assim né?
Só berram, gritam, e fazem merda, putos com dinheiro que não merecem, com vidas que não merecem, com fama que não merecem
Eu consigo fazer igual a eles, é muito fácil, qualquer um faz...

[Verso 1]
Se qualquer um faz, porque não és tu a viver nesta casa
E a coçar o cú
Só oiço palavra não vejo ação
E quando me vês queres aperto de mão
Ya eu entendo, tu queres atenção
Só que o dono é que fala pro cão
Somos isto e somos aquilo
Ya não te engasgues na tua ração
Ok explodiu, sim deu errado
Não dá p'a fugir 'tamos em todo o lado
Continua a ladrar seu esfomeado
Já agora queres um gelado?
Somos youtubers com grande orgulho
Sim somos nós a elevar o bagulho
Por favor parem com o brasileiro
Cala essa boca e levanta o traseiro
Cá nesta casa nunca há stress
Vá não sei por onde ele mexe
Todos sabem da tua intenção
Sempre a tirar, parece um ladrão
Mas enfim voltando ao assunto
Vai começar o cheiro a presunto
Não começe algo que não dê para ganhar
Tipo a tua vida pra começar
Cagas para onde cospes
E cospes para onde cagas
O que tu ganhas ganho eu em horas vagas
Falas de nós como sendo umas pragas
Mas ya diz-me quem é que pôs o youtube em altas

[Extra]
Um milhão por video, diz-me qualquer outro youtuber que tenha feito isso na história do youtube em portugal
Diz-me um antes de nós, por video..
Então..? Tá dificil né? Então para de ladrar
O segredo é trabalhar, sem parar 24 horas por dia
O trabalho, é o segredo do sucesso

[Verso 2]
Tás sempre a falar que isto não é talento
Diz-me outra coisa em que durei tanto tempo
6 anos p'a trás, ainda me aguento
Com alguém sem talento, continuo em rebento
E se foi para ti que fiz esta obra
Mas foi uma hora que quis deitar fora
Não vales o tempo que demoro a cagar
Muito menos o tempo que demoro a editar
Tás sempre a reclamar em vez de fazer
Agorta não sabes onde te tas a meter
Mais um clickbait, clickbait aquilo
Tu a reclamar e eu bem tranquilo
Fazes os tweets pra ter relevancia
Nem te aprecebes da tua ignorancia
Sou eu que lá estou, e sempre vou ser
Porque tu soizinho não sabes fazer
Desde os 14 que estou nesta luta
De provar a todos que sei que resulta
Obrigado a todos que acreditaram
Foi por causa disso que outros lutaram
Seguir os meus sonhos e alcançá-los
Parece mentira dêm-me dois estalos
Criticam a casa e a sua fama
Ya isso porque querem aqui cama
Inveja é feia, não vos ensinaram?
Deve ser pelos sonhos que não alcançaram
Fiquem na vossa e deixem-nos estar
Somos o que somos e não vamos mudar
Que fique a lição da valorização
Para ter sucesso há que sair do chão
E agora que acabei de cuspir no mic
Em baixo comenta e deixa o like

O trabalho é o segredo do sucesso

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.