Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Aquele grito ecoou
De onde o mar acaba
É útil como jogar pedras

dali para o nada
E o fim do dia começou
E a roupa está passada
É útil como ter as vestes
e ficar em casa
Eu já vi você aqui
E já pegou a estrada
É útil como o sol ardendo
no meio do nada
Estou feliz você voltou
e nem pisou em casa
É útil como domador
que não adestra nada
Deita
Deita
Deita
Deita
Aquele grito ecoou
De onde o mar acaba
É útil como jogar pedras
dali para o nada
E o fim do dia começou
E a roupa está passada
É útil como ter as vestes
e ficar em casa
Eu já vi você aqui
E já pegou a estrada
É útil como o sol ardendo
no meio do nada
Estou feliz você voltou
e nem pisou em casa
É útil como domador
que não adestra nada
Deita
Deita
Deita
Deita

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email