Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

No Fim Tudo Está Bem 
(Letra e Música: João Mota e Pedro Franco)

 

Eu não sei quem foi que sonhou com um tempo melhor, 
Que lutou por ter uma voz que há muito se calou. 
Fui tolo em pensar que existia um desejo em mudar, 
Que ainda haviam pernas para andar num mundo de pernas para o ar.

 

E no fim tudo está bem, assim se possa contar, 
Que ao menos sirva a alguém quando tudo acabar.

 

No ventre de Deus já não há lugar para os seus, 
Já não há divino nem pagão a colorir os céus. 
Resta-nos sorrir ao inferno que está para vir, 
Se o diabo teima em resistir aqui, seja assim.

 

E no fim tudo está bem, assim se possa contar, 
Que ao menos sirva a alguém quando tudo acabar. 
E no fim tudo está bem, assim se possa contar, 
Haja quem possa contar.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.