Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Era de noite e levaram
Era de noite e levaram
quem nesta cama dormia
nela dormia, nela dormia.

Sua boca amordaçaram
Sua boca amordaçaram
com panos de seda fria
de seda fria, de seda fria.

Era de noite e roubaram
Era de noite e roubaram
o que nesta casa havia
na casa havia, na casa havia.

Só corvos negros ficaram
Só corvos negros ficaram
dentro da casa vazia
casa vazia, casa vazia.

Rosa branca rosa fria
Rosa branca rosa fria
na boca da madrugada
da madrugada, da madrugada.

Hei-de plantar-te um dia
Hei-de plantar-te um dia
sobre o meu peito queimada
na madrugada, na madrugada.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email