Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Moksha.jpg

 

 

Tokyo Lisboa acolhe festa de apresentação dos Moksha

 

Os Moksha dão a sua festa de apresentação no próximo dia 22 de abril. A banda estreia um dia antes o seu segundo single, “Claquete”. Este tema, extraído do EP homónimo, editado pela Music In My Soul, será apenas um dos que se vão poder ouvir na discoteca Tokyo Lisboa, a partir das 22h30.

 

Os Moksha definem-se como um projeto de experimentação artística. Procuram desenvolver uma "consciência experimental" na persecução de uma sonoridade original, o que resulta numa expressão progressiva com laivos de psicadelismo. Ao vivo, esta banda de Loures (mais propriamente, Cabeço de Montachique) pretende explorar, tanto quanto possível, a vertente performativa do som e da imagem.

 

Flávio Alfredo (voz, guitarra e teclado), José Freixo (baixo), Diogo Nuno (bateria) e Joel Pedro (guitarra e back vocals) são os elementos dos Moksha, banda que nasceu em setembro de 2009. No seu primero EP, homónimo, apresentam cinco temas cantados em português, com uma sonoridade Rock e Psicadélica, muito marcada pelos acordes das guitarras e pelos sintetizadores. A melancolia e o psicadelismo deste trabalho transportam quem o ouve para novas dimensões, recordando o universo dos anos 60 e 70, mas sem deixar de ser muito própria.

 

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email