Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

talkfest.png

 

O Talkfest – fórum sobre o futuro dos festivais de música terá na sua 4ª edição cinco áreas principais:  conferências; seminários;pro - apresentação de artigos científicos e projetos relacionados com festivais; documentários e concertos.

 

O evento, que volta a ocorrer em Lisboa, fortifica-se com a presença de personalidades internacionais e enfoque na vertente profissional, sendo cada vez mais um encontro anual de toda a indústria dos festivais de música (e.g. promotores, artistas, agentes, autarcas, diretores de marca, investigadores, jornalistas) potenciando-se uma rede de partilha de ideias e fomentação de conclusões. O evento decorrerá no ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão e os concertos no Musicbox.

 

Conferências | ao longo dos dias 4 a 6 março, o conhecimento e experiência internacional são valorizados para serem optimizados e identificadas comparações com o “estado da arte” em Portugal. Teremos, na próxima edição um conjunto de keynote speakers internacionais de diferentes valências na área dos festivais de música.  Joe Blackman (diretor e fundador da Collection 26), o primeiro nome a anunciar, tem no seu percurso a organização e promoção de eventos no Reino Unido (e.g. Live8, Party in The Park, Asian Games e outros na área do futebol e fórmula 1) tentando que estes sejam publicitados, num período de tempo lato, pelas celebridades que nestes aparecem ao invés da simples publicidade nos media. Ganhou recentemente a distinção de Jovem Diretor do Ano pelo Instituto de Diretores.


 
A estrutura da maioria dos debates será de um moderador jornalista + 5 oradores especializados que darão uma visão 360º de um tema em discussão e que será sempre colocado em discussão com o público que assiste. Francisco Viana (CGD)Paulo Campos Costa (EDP) representantes de marcas de forte associação aos festivais em Portugal e Maria João Santos (socióloga) falarão das razões que levam as marcas a querer continuar a associar-se a este tipo de eventos. Miguel Ângelo e NBC,  artistas musicais, darão também o seu testemunho, assim como os promotores Karla Campos (diretor Sumol Summer Fest), José Barreiro (diretor Nos Primavera Sound) e Luís Ferreira (diretor Bons Sons) em temas a anunciar brevemente.
 

 

Documentários | retrospetiva da obra de Eduardo Morais, com “Uivo”, “Meio metro de pedra” e “Música em pó” culminada com um debate que preencherá assim a noite de 5 de março. Existirá ainda mais um dia dedicado a documentários de festivais de música internacionais.

Seminários | ocorrerão em paralelo com a restante programação do evento. O primeiro será promovido pela EDIT - Escola de Design Interativo e Tecnologia, com temas que ajudarão a dar novas competências, conhecimentos e ferramentas a quem deseja nos seus eventos otimizar recursos financeiros e humanos. Nomes e temas a anunciar brevemente.
 

Concertos | encerram o evento com atuações de bandas consagradas no panorama nacional. Dia 6 março no Musicbox, num momento que se espera de comunhão. D’Alva e Thunder & Co. são as primeiras confirmações.


Paralelamente a todo o evento, existirão exposições fotográficas e de cartazes de festivais.

 

O passe geral do evento, através do apoio da APORFEST – Associação Portuguesa Festivais de Música, será gratuito aos seus associados profissionais e empresas e permitirá 25% desconto aos restantes associados ou estudantes/ membros da Universidade de Lisboa (número limitado de passes e obrigação de requisição prévia à organização). Para público em geral, decorre uma promoção até 11 janeiro, com o acesso a todo o evento, a 40€ (passando mais tarde para 75 e 100€). Para quem deseja apenas ir aos documentários ou concertos, os bilhetes custam 4 e 8€ respetivamente até ao dia do evento, disponíveis nos locais habituais.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email