Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    Zé Perdigão em Portugal para data única este verão Sábado,16 Julho às 22h00 no Casino da Póvoa, Póvoa do Varzim   Zé Perdigão tem estado nos últimos meses sediado em Cabo Verde. O dia 16 de Julho será uma das raras oportunidades para ouvir o cantor em Portugal este verão. Vai ser no Casino da Póvoa (Póvoa do Varzim), (...)
  ZÉ PERDIGÃO Sábado 16 julho 22h00 Casino da Póvoa – Póvoa do Varzim A voz que transporta a essência da tradição e da alma fadista Dono de uma voz única e de expressão ímpar, Zé Perdigão é um dos melhores fadistas (ou artista de música do mundo, como ele gosta de afirmar) da nova geração. Se por altura das suas primeiras (...)
  O cantor José Perdigão vai ser condecorado pelo governo provincial de Buenos Aires com o título de “Cidadão Honorário”, uma distinção atribuída pela primeira vez a um artista português.   A distinção será entregue a Zé Perdigão no próximo dia 21, no decorrer de um concerto na Usína del Arte, na capital argentina.   O título de "Cidadão Honorário" foi entregue, entre outros, a Lady Gaga, Roger Waters, Iron Maiden, Diego, El Cigala e Stevie Wonder, sendo Zé (...)
  Letra   Gracias a la vida que me ha dado tanto. Me dio dos luceros que cuando los abro perfecto distingo lo negro del blanco y en el alto cielo su fondo estrellado y en las multitudes el hombre que yo amo Gracias a la vida que me ha dado tanto. Me ha dado el oído  que en todo su ancho grava noche y día grillos y canarios, martillos, turbinas, ladridos, chubascos y la voz tan tierna de mi bien amado. Gracias a la vida que me ha dado tanto. Me ha dado el sonido y el abecedario; co (...)
  Letra   Pergunto ao vento que passa  notícias do meu país  e o vento cala a desgraça  o vento nada me diz.  o vento nada me diz.  La-ra-lai-lai-lai-la, la-ra-lai-lai-lai-la, [Refrão]  La-ra-lai-lai-lai-la, la-ra-lai-lai-lai-la. [Bis]  Pergunto aos rios que levam  tanto sonho à flor das águas  e os rios não me sossegam  levam sonhos deixam mágoas.  Levam sonhos deixam mágoas  ai rios do meu país  minha pátria à flor das águas  para onde vais? Ninguém diz.  (...)
Edição simultânea de «Sons Ibéricos» acontece esta sexta-feira. «São Salvador do Mundo», um original de José Cid, é o single de apresentação   O novo disco de Zé Perdigão vai ter lançamento simultâneo em Portugal e em Espanha a partir desta sexta-feira, 20 de setembro. «Sons Ibéricos» conta com a produção e participação de José Cid, autor (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email