Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Eu sei que sou só um rasgo de nada E eu nem sei se te consigo entender Vem falar de coisas triviais Das coisas que não existem que me abanem me tirem do meu lugar Ouve quero romper as cordas Esquecer as horas mortas que me pintaram de cinzento Vem mudar a moldura Salpicar-me de loucura Livrar-me da sepultura E vem vem e dá-me amor de cinema Vem vem e dá-me amor de cinema Vem vem vem vem e dá-me amor de cinema Vem vem e dá-me amor de cinema Vem vem vem vem vem vem vem (...)
  Os Awnsum, projecto de Sónia Batista (aka Sky) e do produtor Raez, lançaram no passado dia 16 de Junho o novo tema “Fun Anymore”, um verdadeiro convite ao verão que se avizinha. Um ano depois de terem editado o Ep “Golden Ears”, com o selo Optimus Discos, e que contou com a participação dos norte-americanos André Ramone Cliff e a cantora Egami Reh, os (...)
    Letra     Ontem apenas fomos a voz sufocada dum povo a dizer não quero; fomos os bobos-do-rei mastigando desespero. Ontem apenas fomos o povo a chorar na sarjeta dos que, à força, ultrajaram e venderam esta terra, hoje nossa. Uma gaivota voava, voava, assas de vento, coração de mar. Como ela, somos livres, somos livres de voar. Uma papoila crescia, crescia, grito vermelho num campo cualquer. Como ela somos livres, somos livres de crescer. Uma criança dizia, dizia " (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email