Domingo, 22.07.12

 

letra

 

It's staring at me so I, I say hello
She says "I love it when you kiss me on my Mexico"
We're both connected to this, this one big brain
We're both nervous systems in one computer frame
That's why you do that vodoo that feels like everything and nothing's real
With us there is no time, just space, no pace, just smell and feel
feel feel feel feel 


You're always on my mind, so lets do it do it

Everything is happening at once, I feel us fastening to taste and
touch, it's all so much, I am the mud, the muck, the rush

Terror, hell I still think that its nice, so lets make sure that this shit's nice tonight

Sure i'll just say hi, down below the borders where the monsters tend to hide
I have this consciousness, I am a modern man
I hear the shouts in Texas echo in Japan
When every action's a reaction, you're an extension of my spine
I am the tongue inside your mouth and you are mine mine mine mine 

Don't fear our New Order, you'll like our big take over
Home is when it's never enough, if only it were never enough.



publicado por olhar para o mundo às 17:29 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 08:23 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.07.12

Youthless partilham «Drugs»

Os Youthless, dupla que se assume fã do garage rock mesclado de club-noise eletrónico, decidiram celebrar a sua passagem pelo Festival Milhões de Festa, que decorre em Barcelos, entre os dias 20 e 22 de Julho, e editar, digitalmente, com o selo da Lovers & Lollypops, o single «Drugs».


Produzido pela própria dupla (Alex Klimovitsky e Sebastiano Ferranti) e por Mark Hutchins, que ficou também a cargo da mistura e da masterização, «Drugs» foi gravado no estúdio caseiro Royal Eagle, em Brooklyn, durante a última digressão norte-americana da banda.

 

«Drugs é o retrato do descrédito no urbanismo pós-moderno, nas suas crenças e ritos. Em suma, um verdadeiro grito de Ipiranga, em jeito de rock’n’roll, aos tempos que atravessamos. Uma tripe dopada pela qual Alex Klimovitsky (bateria, sintetizador e vozes) passou, perdido, algures numa floresta do Canadá foi o mote para esta canção, que consegue transmitir o sentimento de Verão e de fuga aos escaparates que o contato humano nos tem imposto», detalha o grupo.

No festival Milhões de Festa, a 20 de julho, o contacto humano será «imprevisível», afirma a organização.

 

Recorde-se que, recentemente, os Youthless marcaram presença na expedição portuguesa na Canadian Music Week e na quinta edição do Rock in Rio-Lisboa.

 

Retirado de Sapo Música

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:06 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

YOUTHLESS - MONSTA

Youthless - Good Hunters

Youthless partilham «Drug...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
blogs SAPO
subscrever feeds