Domingo, 09.03.14

 

 

Letra

 

Sempre que o amor me quiser 
Basta fazer-me um sinal 
Soprado na brisa do mar 
Ou num raio de sol 

Sempre que o amor me quiser 
Sei que não vou dizer não 
Resta-me ir para onde ele for 
E esquecer-me de mim 

Sempre que o amor me quiser 
Sei que a razão vai perder 
Que me hei de entregar outra vez 
Como a primeira vez 

Sempre que o amor me quiser 
Sei que não vou dizer não 
Resta-me ir para onde ele for 
E esquecer-me de mim 

Sempre que o amor me quiser 
Sempre que o amor me quiser 
Sempre que o amor me quiser 
Sempre que o amor me quiser 

Sempre que o amor me quiser 
Vou-me banhar nessa luz 
Sentir a corrente passar 
E esquecer-me de mim 



publicado por olhar para o mundo às 08:55 | link do post | comentar

Segunda-feira, 02.12.13

 

 

Letra

 

Lembra-me um sonho lindo
quase acabado,
lembra-me um céu aberto
outro fechado

Estala-me a veia em sangue
estrangulada,
estoira num peito um grito,
à desfilada

Canta rouxinol canta
não me dês penas,
cresce girassol cresce
entre açucenas

Afoga-me o corpo todo
se te pertenço,
rasga-me o vento ardendo
em fumos de incenso

Lembra-me um sonho lindo
quase acabado,
lembra-me um céu aberto
outro fechado

Estala-me a veia em sangue
estrangulada,
estoira num peito um grito,
à desfilada

Ai como eu te quero,
ai de madrugada,
ai alma da terra,
ai linda, assim deitada

Ai como eu te amo,
ai tão sossegada,
ai beijo-te o corpo,
ai seara, tão desejada 

 

JOÃO PEDRO PAIS | LEMBRA-ME UM SONHO LINDO (de FAUSTO BORDALO DIAS)



publicado por olhar para o mundo às 14:36 | link do post | comentar

Segunda-feira, 25.11.13
Mais de 30 músicos despem canções para voz e guitarra em duplo álbum
Mais de trinta artistas portugueses juntaram-se em torno da voz e da guitarra para um álbum "que revela a enorme capacidade artística" de uma nova geração, disse à Lusa um dos directores artísticos, António Guimarães.

O duplo álbum "Voz e guitarra 2", a editar na segunda-feira, reúne 34 canções - quase todas do repertório português - feitas apenas com aqueles dois instrumentos, por músicos como Samuel Úria, Nuno Prata, JP Simões, Ana Bacalhau, Sara Tavares, António Zambujo e Márcia Santos.

O álbum é editado quinze anos depois de um primeiro volume pensado por António Miguel Guimarães, exactamente nos mesmos moldes: desafiar músicos portugueses a interpretarem canções dos próprios ou alheias, apenas com voz e guitarra acústica.

 

Esse primeiro volume já não se encontra nas lojas, mas vendeu na altura cerca de vinte mil exemplares, atingindo a platina, disse António Guimarães.

 

"A ideia de fazer um segundo volume perseguia-me há muitos anos, mas decidi que só o faria dez a doze anos depois do primeiro, para deixar afirmar uma nova geração que eu tivesse a certeza que tem o seu público e dá atenção às palavras. Neste caso o tempo é bom conselheiro", sublinhou.

 

Ainda que a música portuguesa tenha um repertório para vários volumes com este conceito, só agora é que o produtor, em conjunto com o músico Manuel Paulo, avançou para um segundo álbum, também ele duplo.

 

Do alinhamento fazem parte alguns temas inéditos, mas em particular reinterpretações de canções conhecidas do público português: "É um teste às músicas, saber se resistem ao tempo e a essa condição de apenas terem voz e guitarra. E os artistas também estão mais expostos", disse.

 

Do álbum fazem parte, por exemplo, "Problema de Expressão", dos Clã, pela voz de Sara Tavares, "Lembra-me um sonho lindo", de Fausto, por João Pedro Pais, e "Estrela da tarde", de Fernando Tordo, para a voz de Carlos do Carmo, agora com Ana Bacalhau, dos Deolinda.

 

Tim, vocalista e baixista dos Xutos & Pontapés, que também participou no primeiro volume deste projecto, interpreta agora "Engrenagem", de José Mário Branco.

 

Há ainda Samuel Úria a cantar "Chamar a música", que Sara Tavares interpretou num festival da canção, Rui Reininho a interpretar "Sempre que o amor me quiser", de Luís Fonseca para Lena d'Água, e António Zambujo, a recriar "O meu amor existe", de Jorge Palma.

 

Também se pode encontrar a cantora Maria João a interpretar Da Weasel, Luísa Sobral a recriar um tema de Luís Represas e Márcia Santos em torno de duas canções, uma de Sérgio Godinho, outra, de António Variações.

 

O álbum conta ainda com as vozes de Nancy Vieira, Ana Deus, Mafalda Veiga e Marisa Liz (dos Amor Electro) e a interpretação instrumental dos Dead Combo, Mário Delgado, Luís Varatojo e José Peixoto.

 

O trabalho gráfico do álbum, assim como de um livro com 40 ilustrações, é de António Jorge Gonçalves.

 

António Guimarães quer fazer um terceiro volume, mas é preciso tempo para deixar surgir mais novos músicos, e não descarta a hipótese de passar este trabalho discográfico para palco.

 

Retirado do Sol



publicado por olhar para o mundo às 12:07 | link do post | comentar

Sexta-feira, 22.11.13

 

Letra

 

Já vejo o mar a crescer
Onda gigante a varrer
Só vejo corpos a boiar

 

Vejo a cidade a ruir
E o chão que se está a abrir
Só oiço gente a gritar

 

Ai, que eu estou a delirar
O que é que eu estou a inventar?
Não vos quis impressionar
São tudo fantasias que o cinema projectou no meu olhar
São as velhas profecias que o vidente deixou escrito para assustar

Já vejo a vida a fugir


Da força de resistir
Já não consegue respirar

Do céu eu vejo descer


O fim em cargas a arder
Já ouço a terra estoirar

Ai, que eu estou a delirar


O que é que eu estou a inventar?
Não vos quis impressionar
São tudo fantasias que o cinema projectou no meu olhar
São as velhas profecias que o vidente deixou escrito para assustar

 

Ai, que eu estou a delirar
O que é que eu estou a inventar?
Não vos quis impressionar


São tudo fantasias que o cinema projectou no meu olhar
São as velhas profecias que o vidente deixou escrito para assustar

Não vos quis impressionar
Não vos quis impressionar
Impressionar...
Impressionar...



publicado por olhar para o mundo às 10:54 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Voz E Guitarra 2: Rui Rei...

João Pedro Pais - Lembra-...

Voz e Guitarra 2- Mais de...

Voz E Guitarra 2: Márcia ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds