Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    ENCERRAMENTO FESTAS DE LISBOA’15 - VOZ E GUITARRA 3 E 4 JULHO, TERREIRO DO PAÇO, 22H - ENTRADA LIVRE   Festas de Lisboa’15 encerram com duas noites, dois instrumentos – Voz e Guitarra - e 28 artistas portugueses, no Terreiro do Paço, dias 3 e 4 de Julho, às 22h. Duas noites de música a céu aberto, no Terreiro do Paço, encer­ram (...)
  Letra   Só pra dizer que te amo,  Nem sempre encontro o melhor termo,  Nem sempre escolho o melhor modo.  Devia ser como no cinema,  A língua inglesa fica sempre bem  E nunca atraiçoa ninguém.  O teu mundo está tão perto do meu  E o que digo está tão longe,  Como o mar está do céu.  Só pra dizer que te amo  Não sei porquê este embaraço  Que mais parece que só te estimo.  E até nos momentos em que digo que não quero  E o que sinto por ti são (...)
  Letra   Era a tarde mais longa de todas as tardes que me acontecia Eu esperava por ti, tu não vinhas, tardavas e eu entardecia Era tarde, tão tarde, que a boca, tardando-lhe o beijo, mordia Quando à boca da noite surgiste na tarde tal rosa tardia Quando nós nos olhámos tardámos no beijo que a boca pedia E na tarde ficámos unidos ardendo na luz que morria Em nós dois nessa tarde em que tanto tardaste o sol amanhecia Era tarde de mais para haver outra noite, para haver outro dia (...)
  Letra   Fora de tempo pôs-se o sol  e a lua fora de tempo também  fora de tempo nasceram dois  filhos da mesma mãe   Fora de tempo brotaram da terra  flores e espinhos também  fora de tempo ficaram longe  mais longe do que convém   Fora de tempo o que era quente  gelou até matar tudo  se um cantava no silêncio  fora de tempo ouviu-se um grito mudo   [refrão]  O tempo também se engana  nas casas onde mora  o mau tempo que faz dentro  nem sempre é (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email