Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   uma ode a quem amei  sei os sitios de ti. foi como o céu vazio  uma morte onde eu morei  são lábios de marfim que me tocam junto ao rio  e o sol põe-se no teu rosto  enquanto a doença corre e eu me apoio no teu dorso  fodemos só um pouco. morremos mais um pouco  mata o meu corpo...  fechar os olhos até bater. fechar os olhos para bater  até que o tempo abrande e eu sinta o sangue a ferver  tudo é violeta excepto os teus cabelos...  tudo é violência (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email