Quarta-feira, 28.11.12

 

 

letra

 

Era eu a convencer-te que gostas de mim 
e tu a convenceres-te que não é bem assim... 
Era eu a mostrar-te o meu lado mais puro 
e tu a argumentares os teus inevitáveis 

Eras tu a dançares em pleno dia 
e eu encostado como quem não vê 
Eras tu a falar para esconder a saudade 
e eu a esconder-me do que não se dizia 


... afinal quebramos os dois... 

Desviando os olhos por sentir a verdade 
juravas a certeza da mentira 
mas sem queimar demais 
sem querer extinguir o que já se sabia 

Eu fugia do toque como do cheiro 
por saber que era o fim da roupa vestida 
que inventara no meio do escuro onde estava 
por ver o desespero na cor que trazias... 

... afinal quebramos os dois... 

Era eu a despir-te do que era pequeno 
e tu a puxares-me para um lado mais perto 
onde contamos histórias que nos atam 
ao silêncio dos lábios que nos mata...! 

Eras tu a ficar pors não saber partir... 
e eu a rezar para que desaparecesses... 
Era eu a rezar para que ficasses.. 
e tu a ficares enquanto saías. 
... não nos tocamos enquanto saías. 
não nos tocamos enquanto saímos. 
não nos tocamos e vamos fugindo 
porque quebramos como crianças 

...afinal quebramos os dois... 

...e é quase pecado o que se deixa... 
...quase pecado o que se ignora...



publicado por olhar para o mundo às 08:32 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.04.12
 

 

Letra

 

Dá-me ar
Dá-me espaço para respirar
Dá-me tempo para sofrer
Quero alcool para comer
Quero um muro para espancar
Até doer...

Dá-me ar
Quero vento para tentar
Quero luz só para me ver
Quero ferro para trincar
Quero olhar de frente o sol
Até queimar...

Dá-me ar...

Quero mais
Quero um trono para perder
Quero um quarto para gritar
Quero gente para roer
Quero um mundo para puxar
Até morrer...

Dá-me mais
Quero terra para comer
Quero Deuses para lutar
que o mais fácil é perder
que difícil é pensar
em acordar...

Dá-me ar...

Dou-te cor
Dou-te vidas para cantar
Dou-te raiva para dançar
por cima do que é meu
Dá-me ar.



publicado por olhar para o mundo às 17:15 | link do post | comentar

Sexta-feira, 02.12.11

Letra

 

Andamos em voltas rectas 
Na mesma esfera, 
Onde ao menos nos vemos 
Porque o fumo passou. 


A chuva no chão revela, 
Os olhos por trás. 
Há que levar o que restou 
E o que o tempo queimou. 

Tens fios de mais 
a prender-te as cordas, 
Mas podes vir amanha, 
Acreditar no mesmo Deus 

Tens riscos demais, 
A estragar-te o quadro. 
Se queres vir amanha, 
Acreditar no mesmo Deus 

Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços.. 

Andamos em voltas rectas 
Na mesma esfera 
Mas podes vir amanhã 
Se queres vir amanhã 
Podes vir amanhã 

Tens riscos de mais 
A estragar-me a pedra 
Mas se vieres sem corpo 
À procura de luz 

Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços..



publicado por olhar para o mundo às 17:21 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.11.11

Letra

 

Andamos em voltas rectas 
Na mesma esfera, 
Onde ao menos nos vemos 
Porque o fumo passou. 


A chuva no chão revela, 
Os olhos por trás. 
Há que levar o que restou 
E o que o tempo queimou. 

Tens fios de mais 
a prender-te as cordas, 
Mas podes vir amanha, 
Acreditar no mesmo Deus 

Tens riscos demais, 
A estragar-te o quadro. 
Se queres vir amanha, 
Acreditar no mesmo Deus 

Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços.. 

Andamos em voltas rectas 
Na mesma esfera 
Mas podes vir amanhã 
Se queres vir amanhã 
Podes vir amanhã 

Tens riscos de mais 
A estragar-me a pedra 
Mas se vieres sem corpo 
À procura de luz 

Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços, meu amor! 
Devolve-me os laços..



publicado por olhar para o mundo às 17:21 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27.06.11
Letra
Tu estás livre e eu estou livre 
E há uma noite para passar 
Porque não vamos unidos 
Porque não vamos ficar 
Na aventura dos sentidos 
Tu estás só e eu mais só estou 
Que tu tens o meu olhar 
Tens a minha mão aberta 
À espera de se fechar 
Nessa tua mão deserta 

Refrão: 
Vem que o amor 
Nem é o tempo 
Que o faz 
Vem que o amor 
É o momento 
Eu que eu me dou 
Em que te dás 

Tu que buscas companhia 
E eu que busco quem quiser 
Ser o fim desta energia 
Ser um corpo de prazer 
Ser o fim de mais um dia 
Tu continuas à espera 
Do melhor que já não vem 
E a esperança fio encontrada 
Antes de ti por alguém 
E eu sou melhor que nada 

Refrão (3x)


publicado por olhar para o mundo às 17:06 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.03.11

 

 

 

Letra

 

Não falei contigo
com medo que os montes e vales que me achas
caíssem a teus pés...
Acredito e entendo
que a estabilidade lógica
de quem não quer explodir
faça bem ao escudo que és...

Saudade é o ar
que vou sugando e aceitando
como fruto de Verão
nos jardins do teu beijo...
Mas sinto que sabes que sentes também
que num dia maior serás trapézio sem rede
a pairar sobre o mundo
e tudo o que vejo...

É que hoje acordei e lembrei-me
que sou mago feiticeiro
Que a minha bola de cristal é folha de papel
E nela te pinto nua, nua
numa chama minha e tua.
numa chama minha e tua.

Desconfio que ainda não reparaste
que o teu destino foi inventado
por gira-discos estragados
aos quais te vais moldando...
E todo o teu planeamento estratégico
de sincronização do coração
são leis como paredes e tetos
cujos vidros vais pisando...

Anseio o dia em que acordares
por cima de todos os teus números
raízes quadradas de somas subtraídas
sempre com a mesma solução...
Podias deixar de fazer da vida
um ciclo vicioso
harmonioso ao teu gesto mimado
e à palma da tua mão...

É que hoje acordei e lembrei-me
que sou mago feiticeiro
e a minha bola de cristal é folha de papel
E nela te pinto nua, nua
Numa chama minha e tua.
Numa chama minha e tua.

Desculpa se te fiz fogo e noite
sem pedir autorização por escrito
ao sindicato dos Deuses...
mas não fui eu que te escolhi.
Desculpa se te usei
como refúgio dos meus sentidos
pedaço de silêncios perdidos
que voltei a encontrar em ti...

É que hoje acordei e lembrei-me
Que sou mago feiticeiro...

...E nela te pinto nua, nua
Numa chama minha e tua.
Numa chama minha e tua.

Ainda magoas alguém
O tiro passou-me ao lado
Ainda magoas alguém
Se não te deste a ninguém
magoaste alguém
A mim... passou-me ao lado.
A mim... passou-me ao lado.


 



publicado por olhar para o mundo às 08:50 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Toranja - Quebramos os Do...

Toranja - dá-me ar

Toranja - Laços

Toranja - Laços

Toranja - Canção de Engat...

TORANJA - Carta

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds