Segunda-feira, 16.04.12

Concertos Music Box na RTP2, Diabo na cruz

O primeiro programa, dos Concertos Music Box é já no dia 16 de Abril e será dedicado aos "Diabo na Cruz".

 

Os Diabo na Cruz lançaram o EP “Dona Ligeirinha” em 2009 e, num momento em que a música portuguesa se voltava para a sua língua, tradições e imaginário, por isso não tardaram a destacar-se como um dos nomes emblemáticos da nova vaga.

 

São formados por Jorge Cruz, que liderara os Superego nos anos 1990, antes de iniciar uma carreira a solo, por B Fachada e Bernardo Barata, também eles actores destacados no atual panorama musical, o primeiro a solo, o segundo enquanto baixista dos Feromona e do Real Combo Lisbonense. 


Completam a banda o baterista João Pinheiro (também dos Real Combo Lisbonense, Gnu e TV Rural) e o teclista João Gil (You Can´t Win, Charlie Brown).

 

Tendo como ideia fundadora o cruzamento de energia rock com a tradição dos cantautores e as músicas portuguesas de raiz, os Diabo Na Cruz lançaram o seu álbum de estreia, “Virou!”, em 2010. 

A extensa digressão que se lhe seguiu, e as lotações esgotadas com que se foram deparando, confirmaram-nos como uma das bandas mais populares e respeitadas da música portuguesa actual. 

 

Retirado de HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.03.12

A 48ª edição do Festival da Canção vai realizar-se no próximo dia 10 de Março, nos estúdios da RTP, e vai contar, pelo quinto ano consecutivo com a apresentação de Sílvia Alberto, à qual, este ano, se junta Pedro Granger. 


O Hardmusica esteve nos bastidores, onde ficamos a saber um pouco mais sobre o que vai acontecer no sábado.
 
Dos cerca de 400 concorrentes a intérpretes que acorreram aos castings, realizados por todo o país, foram seleccionados nove, aos quais se juntaram três outros que realizaram candidatura directa (válida para cantores com trabalhos já editados). 

 

A selecção dos 12 candidatos foi feita por um júri composto por Fernando Martins, Ramon Galarza e pelo responsável do festival, João Poiares.

O vencedor será apurado com base numa votação repartida: os televotos contam 50%, sendo a outra metade da decisão apurada por um júri nacional.
 
Na apresentação dos bastidores, Poiares adiantou que as músicas deste ano, na globalidade, “têm uma estrutura melhor” e que foi pedido aos
compositores que lhes juntassem “um toque de fado”. 

 

Além das músicas candidatas, durante o programa haverá lugar a uma homenagem a Pedro Osório, entre outras actuações para entretenimento do público.

Relativamente a este entretenimento, Sílvia Alberto disse esperar um espectáculo mais dinâmico por isso mesmo, sendo que encontra no “palco tipo arena” a grande diferença em relação às edições anteriores.

O estreante Pedro Granger, além de afirmar que o estúdio superava as suas expectativas e de admitir algum nervosismo, salientou o trabalho de inovação realizado pelo canal, esperando que as pessoas compreendam que um festival deste tipo, por mais tradição que tenha, tem de se adaptar “aos novos tempos, onde a música segue uma linha cada vez mais
pop
”.
 
Hugo Andrade, director de programas da RTP, confirmou ao Hardmusica a ideia de que esta edição é pensada numa “linha conceptual mais de programa do que de festival”, antevendo-se por isso um “bom serão de entretenimento”. 

Já à margem da apresentação dos bastidores do Festival da Canção, o mesmo não se mostrou muito preocupado com as audiências, nem sequer com as recentes polémicas em que o share da RTP se viu envolvido – a GfK, operadora de medição de audiências, admitiu ao longo da última semana que as suas medições não atingiram ainda um alto nível de fidelidade - afirmando que o que está em causa é a “competência das pessoas”.

 

Retirado de HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 12:23 | link do post | comentar

Domingo, 26.02.12

Foi hoje conhecida A Voz de Portugal. Depois de longas semanas de concurso chegou ao fim o programa da RTP, consagrando como vencedor Denis Filipe. Como prémio o jovem terá o lançamento de um trabalho discográfico pela mão da Universal. Na luta pela corrida ficaram Bianca Adrião, com o quarto lugar, Daniel Moreira, em terceiro, e Ricardo Oliveira, em segundo.

 

Via Por Outro Olhar 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:09 | link do post | comentar

Domingo, 15.01.12

segunda gala da voz de pOrtugal

Este Sábado assistimos à segunda gala em directo de “A Voz de Portugal”, mas para 16 candidatos esta foi a primeira vez que pisaram o grande palco do concurso musical da RTP1.

 

Mais uma vez o trabalho de som e luzes, dos bailarinos, da banda ao vivo, o cenário, o público e o restantes efeitos da produção contribuíram para que se montasse um grande espectáculo de música.

 

Mas, talvez por a primeira gala ter colocado a fasquia tão alta, esta noite pareceu ter ficar um pouco aquém das expectativas. Já estávamos à espera de que em termos visuais o espectáculo fosse grandioso, e é provável que o factor surpresa tivesse grande influência na nossa sensação, mas as próprias actuações desta noite não foram extraordinárias ou arrebatadoras como as da semana anterior. Houve boas vozes e boas prestações (e também as houve menos boas), mas foram muito poucas as que marcaram.

 

Para mencionar algumas dessas actuações, damos exemplos das que receberam comentários que pareciam genuinamente honestos por parte dos mentores. Em sentidos completamente opostos, Ricardo Oliveira e Carla Ribeiro (ambos da equipa dos Anjos) foram duas boas surpresas já ao terminar da noite. O primeiro interpretou a balada “Your song”, de Elton John, tocando (e bem), ao longo de toda a música, piano. A segunda, num estilo rockeiro, com “I love rock & roll” de Britney Spears, trouxe energia, força e garra para o palco.


Na maioria dos casos, ora faltou expressividade, ora faltou ritmo, ora faltou afinação, ora faltou magia, ora faltou qualquer outra coisa.

A semana passada cada mentor despediu-se de um elemento da sua equipa e tiveram lugar as primeiras quatro eliminações. Desta vez a história voltou a repetir-se e Rui Pereira (Paulo Gonzo), Joana Alves (Rui Reininho), Luís Almeida (Mia Rose) e Bruno Francisco (Anjos) abandonaram o programa.

 

Todos eles usaram expressões semelhantes para descrever as suas experiências: “magnífica, surpreendente, enriquecedora.” A tímida Joana disse que o “tamanho do cenário não assusta e que todos os nervosismos desaparecem quando come[çam] a cantar.” Para além do “palco inspirador”, Luís também reconhece nas claques um forte apoio para quem está a actuar. “Em cima do palco a adrenalina é proporcional aos nervos”, afirmou Bruno.

Esta noite em que o concurso perdeu grandes vozes e grandes talentos – no final do directo, se havia quem dissesse que a maioria das saídas foi injusta, na verdade, também havia quem dissesse precisamente o contrário –, foi também uma noite de muita emoção. Essencialmente pelo facto de que foram vários os concorrentes que não conseguiram conter as lágrimas.


“Os concorrentes que foram eliminados esta gala não reagiram da mesma maneira de que os da anterior e as saídas foram momentos mais dolorosos”, disse a apresentadora Catarina Furtado, que confessou ainda ter ficado “comovida pelos candidatos mais velhos, que por norma trazem na bagagem mais complicações e inseguranças”.


Entre os mentores (que, relembramos, também estão a competir entre si através das suas equipas), voltou a existir troca de elogios a candidatos de equipas opostos.


Paulo Gonzo elogiou a sorte de Mia em ter Luís Almeida; Mia Rose disse que a actuação de Sandrine Orsini (do grupo de Gonzo) seria “difícil de esquecer”; os Anjos disseram ter pena que Daniel Moreira fosse “o menino” da Mia. E estes são apenas alguns exemplos.

 

Outra (espécie de) repetição nesta gala foi a prestação dos bailarinos que acompanharam quatro actuações e que, em todas elas, conseguiram desviar os nossos olhos do concorrente que se encontrava a cantar.


“No máximo conseguimos fazer seis coreografias num programa. É impossível mais do que isso, porque tanto a nível físico como de ensaios (pelo tempo que demoram as afinações, correcções e melhoramentos da coreografia e dos dançarinos) é muito complicado”, explicou o coreógrafo Marco de Camillis quando confrontado com a questão de nem todas as actuações terem acompanhamento de dança. As músicas que têm essa sorte, explicou também, “são escolhidas numa reunião com a produção, onde se tenta perceber quais os temas em que mais sentido faz ter dança”.


“Optamos pelas músicas mais mexidas e mais visuais”, explicitou Piet-Hein, produtor do programa.

 

No que respeita às músicas interpretadas, o mesmo disse serem escolhidas em conjunto pela produção e pelos mentores, “sempre a pensar no estilo musical de cada concorrente”. Para as próximas galas, Catarina Furtado deixou a promessa de mais música portuguesa e a continuação de um leque de temas conhecidos e eclécticos.

 

Esperamos pela próxima gala, no próximo Sábado. E esperamos música e dança, magia e paixão pelo cantar.

Via HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 17:12 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Concertos Music Box na RT...

Festival da Canção 2012

Denis Filipe é o vencedor...

2ª gala de “A Voz de Port...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds