Sexta-feira, 06.03.15

 

Letra

 

Na memória das canções

há poemas por gritar

ondas cheias (?) de ilusões

que não vão voltar ao mar

na memória não há tempo

não há tempo de cantar

só há há búzios (?)

só há lendas 

e um barco a navegar

 

na memória da saudade

há palavras que escrevi

que me deixam à vontade

para me lembrar de ti

 

não faltes à verdade

nem me digas o que sei

sei de búzios(?)

sei de lendas 

sei de um cais onde ancorei

eu estou dentro dele

a esperar por ti

 

para conhecer Abril

há que ouvir as canções

gravadas em vinil

guardadas em porões

 

pelo amor à verdade

ajudou-me a descobrir

o que temos mais saudades

são dos dias que hão de vir

e se há búzios 

e se há lendas é porque eu acreditei

que os podia trazer presos

aos poemas que cantei

eu estou dentro deles

à espera das canções

 



publicado por olhar para o mundo às 22:30 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.01.15

 

 

 

As 3 Marias e Simone de Oliveira partilham em espetáculo uma viagem musical através de alguns dos seus grandes êxitos. Esta cumplicidade deu origem ao tema bónus “No teu Poema”, inserido na reedição do álbum “Bipolar”.

 

Cine Teatro Constantino Nery, Teatro Municipal, dia 28 de Fevereiro, às 21h30

 

Preço dos bilhetes: €12,50

 

À venda no Cine Teatro.

 

https://www.facebook.com/pages/As-3-Marias/169603863055299?fref=ts

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:44 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13.11.14

 

Letra

 

No teu poema
Existe um verso em branco e sem medida
Um corpo que respira, um céu aberto
Janela debruçada para a vida.
No teu poema
Existe a dor calada lá no fundo
O passo da coragem em casa escura
E aberta, uma varanda para o mundo.

Existe a noite
O riso e a voz refeita à luz do dia
A festa da senhora da agonia
E o cansaço do corpo que adormece em cama fria.
Existe um rio
A sina de quem nasce fraco ou forte
O risco, a raiva, a luta de quem cai ou que resiste
Que vence ou adormece antes da morte.

No teu poema
Existe o grito e o eco da metralha
A dor que sei de cor mas não recito
E os sonos inquietos de quem falha.
No teu poema
Existe um cantochão alentejano
A rua e o pregão de uma varina
E um barco assoprado a todo o pano.

Existe a noite
O canto em vozes juntas, vozes certas
Canção de uma só letra e um só destino a embarcar
O cais da nova nau das descobertas.
Existe um rio
A sina de quem nasce fraco, ou forte
O risco, a raiva e a luta de quem cai ou que resiste
Que vence ou adormece antes da morte.

No teu poema
Existe a esperança acesa atrás do muro
Existe tudo mais que ainda me escapa
E um verso em branco à espera... do futuro.

 



publicado por olhar para o mundo às 20:58 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.10.14

Novo tema com Simone de Oliveira - “No Teu Poema”

 

 

Lançado há cerca de um ano, o segundo álbum do grupo portuense As 3 Marias, “Bipolar”, é agora reeditado com um surpreendente tema-bónus, “No Teu Poema”, que conta com a voz de Simone de Oliveira, uma das melhores cantoras portuguesas de sempre e uma das primeiras pessoas a interpretar esta maravilhosa canção assinada por José Luís Tinoco.

 

Mas, se o dueto de Simone de Oliveira com As 3 Marias é surpreendente, o processo que levou à sua gravação não é propriamente uma surpresa. Por um lado, a época de ouro da canção ligeira portuguesa (entre 1965 e 1975), os seus intérpretes (Fernando Tordo, Paulo de Carvalho, a própria Simone de Oliveira…) e os seus compositores e poetas (José Luís Tinoco, Nuno Nazareth Fernandes, José Carlos Ary dos Santos…) são uma importante referência na música d’As 3 Marias, ao lado do tango, do fado e das outras músicas que fazem a música do grupo. Por outro, As 3 Marias deram no início deste ano alguns concertos em que tiveram como convidada especial Simone de Oliveira, que interpretou com o trio um original d’As Três Marias, “Tango Maria” e também, precisamente, “No Teu Poema”. A química entre as quatro funcionou tão bem que rapidamente resolveram juntar-se em estúdio para registar o encontro. Esta é também uma forma encontrada pelo grupo de homenagear essa época de ouro da canção portuguesa, e logo na companhia de um dos seus símbolos maiores.

 

 

“Bipolar” mostra o trio de Cristina Bacelar (voz, guitarra, letras e composição), Fátima Santos (acordeão) e Ianina Khmelik (violino) no pico da sua maturidade enquanto compositoras e instrumentistas. E se o álbum de estreia, “Quase a Primeira Vez” (2009), serviu essencialmente como laboratório de experiências musicais e tinha como matriz principal o tango (embora com desvios), o segundo é já uma excelente montra dos vários caminhos sonoros que o grupo tem trilhado mais recentemente. O tango continua lá, sempre (oiça-se a fabulosa versão de “Libertango”, de Astor Piazzolla), mas estão lá também o fado, a bossa-nova, o jazz, o flamenco, o rock ou o kitsch assumido do divertidíssimo “Maryjoana”, em dueto com Alberto Almeida, dos Cabaret Fortuna.

 

Alinhamento:

 

1 - Bipolar      

2 - Corpete Vermelho

3 - Diz-me Tu

4 - La Jolie     

5 - La Poderosa         

6- Libertango 

7 - Maryjoana

8 - Musa

9 - Tango dos Desesperados 

10 - Tango Maria

11 – No Teu Poema (faixa-bónus com Simone de Oliveira)

 

https://www.facebook.com/pages/As-3-Marias/169603863055299?fref=ts



publicado por olhar para o mundo às 22:47 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.05.14

AS 3 MARIAS | com Simone de Oliveira

 

O desafio foi lançado pel’ «As 3 Marias» e prontamente aceite por Simone de Oliveira: a partilha de um palco, tendo como base o registo musical da banda – o tango fusão –, num espetáculo envolvente e multissensorial. O encontro está marcado para o próximo dia 31 de maio, pelas 22.00, no Casino da Figueira da Foz, e tem o apoio da Antena 1.


“Tango Maria”, do recém-editado álbum “Bipolar” foi um dos temas escolhidos pel’ «As 3 Marias” para o espetáculo conjunto, que contará, da parte de Simone de Oliveira, com uma nova versão de “No teu poema”.


Com este concerto, «As 3 Marias», banda portuense de «tango-fusão», e a artista portuguesa Simone de Oliveira, prometem trazer ao palco um “mix de sensações e experiências” que só a sua heterogeneidade permite.


O projeto «As 3 Marias», tem Cristina Bacelar na voz e na guitarra, Fátima Santos no acordeão e Ianina Khmelik no violino. Assenta num novo estilo musical que atravessa gerações, a que o crítico de música António Pires chamou de “novo tango da Invicta”.


O mais recente álbum, «Bipolar», foi lançado no final de 2013, num espetáculo que teve lugar na Casa da Música, com sala cheia e críticas que reiteram a qualidade musical do grupo. O percurso destas artistas tem sido de ascensão, o que lhes permitiu atuar já em vários países e fazer deste um movimento artístico reconhecido internacionalmente, pela forma harmoniosa e até divertida como aborda o «tango-fusão».



publicado por olhar para o mundo às 10:31 | link do post | comentar

Quinta-feira, 07.11.13

 

Letra

 

Sabe deus que eu quis
Contigo ser feliz
Viver ao sol do teu olhar,
Mais terno.
Morto o teu desejo
Vivo o meu desejo
Primavera em flor
Ao sol de inverno
Sonhos que sonhei
Onde estão
Horas que vivi
Quem as tem
De que serve ter coração
E não ter o amor de ninguém.
Beijos que te dei
Onde estão
A quem foste dar
O que é meu
Vale mais não ter coração
Do que ter e não ter, como eu.
Eu em troca de nada
Dei tudo na vida
Bandeira vencida
Rasgada no chão,
Sou a data esquecida
A coisa perdida
Que vai a leilão.
Sonhos que sonhei
Onde estão
Horas que vivi
Quem as tem
De que serve ter coração
E não ter o amor de ninguém.
Vivo de saudades, amor
A vida perdeu fulgor,
Como o sol de inverno
Não tenho calor.



publicado por olhar para o mundo às 17:47 | link do post | comentar

Domingo, 03.03.13

Simone de Oliveira celebra 55 anos de carreira com novo álbum

Simone de Oliveira celebra 55 anos de carreira com um novo álbum, “Pedaços de mim”. O disco chega às lojas a dia 21 de março e inclui dois originais da sua autoria, anunciou a discográfica GetRecords.


Intérprete de canções com poemas de Eugénio de Andrade, Jerónimo Bragança, José Carlos Ary dos Santos, Miguel Torga, entre outros, Simone de Oliveira assina “Não me importa”, uma letra que Paulo de Carvalho musicou, e “Lisboa”, com música de Nuno Feist.

 

O músico Nuno Feist, com quem Simone de Oliveira já partilhou o palco, assina ainda a música de “Vida”, um original de Filipe La Féria.

 

Rita Roquette de Vasconcellos assina também duas canções, “O meu pecado é viver”, com letra de Ana Vidal, e “Ouve a voz”, sobre texto de Cristina Carvalho.

 

O álbum reúne 13 canções, assinadas por autores como Susana Félix, Miguel Gameiro ou Tiago Torres da Silva, com músicas de Rui Veloso e Tiago Pais Dia, entre outros, e conta com as participações especiais do fadista Ricardo Ribeiro e do instrumentista Pedro Jóia.

 

Em comunicado enviado à Lusa, a discográfica afirma que “Pedaços de mim” é “um disco moderno, feito ‘à moda antiga’, com setenta músicos em estúdio, constituindo uma orquestra dirigida por Nuno Feist, com produção de Renato Jr.”.

 

Os arranjos musicais das canções ficaram a cargo de Luis Avellar, músico que, entre outros, colaborou com o cantor brasileiro Djavan.

 

Entre os treze temas, a intérprete de “Desfolhada Portuguesa”, que venceu o Festival RTP da Canção, em 1969, canta duas canções em espanhol, “Una rosa y um bolero”, de Manu Tenório, e “Te doy una canción”, de Silvio Rodriguez.

 

Simone de Oliveira apresenta ao vivo um dos temas do álbum, “Pedaços de ti”, com letra e música de Cayê Milfont, na próxima sexta-feira, no concerto de solidariedade a favor da Associação Novo Futuro, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, disse à Lusa fonte próxima da intérprete.

 

Outros temas do álbum são, “Foi assim”, com letra e música de Augusto Madureira, “Rosa sangue”, de Jorge Cruz e Tiago Pais Dia, “Valsa de uma vida”, de Miguel Gameiro, e “Uma canção para Clarice”, de Torres da Silva e Rui Veloso.

 

Simone de Oliveira iniciou carreira nos finais da década de 1950, na então Emissora Nacional. Venceu por duas vezes o Festival RTP da Canção - em 1965, com “Sol de inverno”, de Jerónimo Bragança e Nóbrega e Sousa, e em 1969, com a canção de José Carlos Ary dos Santos e Nuno Nazareth Fernandes. Representou ainda Portugal em vários certames, nomeadamente no Festival da OTI, em 1980, com “À tua espera”, de Tozé e Pedro Brito.

 

Além da canção, Simone Oliveira trabalhou na rádio, na televisão e na imprensa, nomeadamente na revista Época, e no teatro, tendo protagonizado “A Tragédia da rua das Flores”.

 

Simone tem também participado em filmes, entre os quais “A estrangeira” (1983), de João Mário Grilo, e em várias telenovelas, a mais recente, atualmente em exibição na TVI, “Louco amor”.

 

A intérprete foi condecorada com a Ordem da Liberdade e a Ordem do Infante D. Henrique.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:02 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

SIMONE DE OLIVEIRA - A ES...

Concerto As 3 Marias e Si...

As 3 Marias com Simone de...

As três Marias apresentam...

As 3 Marias com Simone de...

Simone de Oliveira - Sol ...

Simone de Oliveira celebr...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds