Quarta-feira, 05.10.16

selma.jpg

 

SELMA UAMUSSE
Concerto
Selma Uamusse canta o seu mundo com um mundo dentro de si.

Um concerto que afirma também as afinidades artísticas e solidárias da ACERT com Moçambique e a relação artística com os muitos criadores que marcaram o percurso da ACERT

A versatilidade, um poderoso instrumento vocal e a genialidade performativa levaram-na a brilhar desde o rock (WrayGunn) ao afrobeat (Cacique 97), ao gospel, soul e jazz (Gospel Collective, tributos a Nina Simone e Miriam Makeba), enriquecendo a sua viagem por diversos estilos. A cada passo, maior a consciência do poder transformador político e social da música.

Nos últimos dois anos tem acompanhado Rodrigo Leão como voz convidada, participando igualmente em discos e espetáculos de diversos artistas. O reconhecimento do seu talento foi-se alargando e trespassando áreas artísticas, tendo emprestado, no último ano, o seu corpo e voz a projetos de teatro, cinema e artes visuais.

O EP de estreia, onde se avança o primeiro tema “Ngono Utana”, contém tudo o que a Selma é: uma jovem e enérgica intérprete que viveu a adolescência durante o reinado do rock em Portugal, conhecedora do cancioneiro tradicional do jazz e soul norte-americanos, perita no trabalho das suas referências vocais mais preciosas, intérprete de ritmos e sonoridades africanas, bailarina, não profissional, mas feliz.

A mistura fina que a Selma oferece é bem mais do que um mosaico de colagens de todas as aventuras musicais e artísticas que viveu. É um organismo próprio, individual, identitário, de frescura e atualidade surpreendentes e inconfundíveis. Entre as machambas de Moçambique, os clubes noturnos europeus e a energia do rock, entre línguas e ritmos tradicionais africanos e produção eletrónica carregada de psicadelismo, entre timbilas e sintetizadores.

PREÇO: 7,50€ / Associado: 5€ / Descontos: 6€ / Desempregado: 2,50€ /Bilhete família disponível



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 04.10.16

selma.jpg

 

SELMA UAMUSSE
Concerto
Selma Uamusse canta o seu mundo com um mundo dentro de si.

Um concerto que afirma também as afinidades artísticas e solidárias da ACERT com Moçambique e a relação artística com os muitos criadores que marcaram o percurso da ACERT

A versatilidade, um poderoso instrumento vocal e a genialidade performativa levaram-na a brilhar desde o rock (WrayGunn) ao afrobeat (Cacique 97), ao gospel, soul e jazz (Gospel Collective, tributos a Nina Simone e Miriam Makeba), enriquecendo a sua viagem por diversos estilos. A cada passo, maior a consciência do poder transformador político e social da música.

Nos últimos dois anos tem acompanhado Rodrigo Leão como voz convidada, participando igualmente em discos e espetáculos de diversos artistas. O reconhecimento do seu talento foi-se alargando e trespassando áreas artísticas, tendo emprestado, no último ano, o seu corpo e voz a projetos de teatro, cinema e artes visuais.

O EP de estreia, onde se avança o primeiro tema “Ngono Utana”, contém tudo o que a Selma é: uma jovem e enérgica intérprete que viveu a adolescência durante o reinado do rock em Portugal, conhecedora do cancioneiro tradicional do jazz e soul norte-americanos, perita no trabalho das suas referências vocais mais preciosas, intérprete de ritmos e sonoridades africanas, bailarina, não profissional, mas feliz.

A mistura fina que a Selma oferece é bem mais do que um mosaico de colagens de todas as aventuras musicais e artísticas que viveu. É um organismo próprio, individual, identitário, de frescura e atualidade surpreendentes e inconfundíveis. Entre as machambas de Moçambique, os clubes noturnos europeus e a energia do rock, entre línguas e ritmos tradicionais africanos e produção eletrónica carregada de psicadelismo, entre timbilas e sintetizadores.

PREÇO: 7,50€ / Associado: 5€ / Descontos: 6€ / Desempregado: 2,50€ /Bilhete família disponível



publicado por olhar para o mundo às 23:23 | link do post | comentar

Quarta-feira, 11.11.15

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Domingo, 11.10.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

 



publicado por olhar para o mundo às 01:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.09.15

Selma Uamusse.jpg

 

 

Selma Uamusse, a cantora que põe todos a dançar ao som dos ritmos moçambicanos “Tenho uma grande paixão pelo palco” Moçambique,

 

A cantora moçambicana Selma Uamusse terminou recentemente o processo de gravações do próximo disco do compositor português Rodrigo Leão com a Orquestra e Coro da Fundação Calouste Gulbenkian e prepara-se para gravar a sua estreia em nome próprio juntamente com o produtor e pianista argentino-brasileiro Pablo Lapidusas.

 

Numa entrevista concedida ao Kaymu Moçambique, Selma retrata os seus vários projectos musicais e confessa a sua enorme paixão pela música e pelo palco.

 

Actualmente a viver em Portugal, a cantora refere que estabelece como desafio pessoal aprender mais sobre a música, dança e instrumentação moçambicana e trabalhar no sentido de a difundir, aproveitando toda as experiências anteriores como a colaboração com a banda portuguesa Wraygunn, a passagem pela Escola de Jazz Luiz Villas-Boas e o tributo à icónica cantora americana Nina Simone. Aliás, quando confrontada com a extensa lista de colaborações que tem no seu currículo, Selma evidencia a sua versatilidade: “Considero-me multidisciplinar e tenho alguma facilidade em aceitar desafios diferentes porque sou também apreciadora de géneros musicais muito diferentes”.

 

Debruçando-se sobre a indústria musical moçambicana, dá vários exemplos de boa música produzida no país, referindo nomes como Isabel Novela, Miguel Xabindza e Deltino Guerreiro. Numa nota mais pessoal, confessa ainda que é entusiasta por roupas feitas à medida com capulana que recebe de Moçambique. Selma Uamusse nasceu em 1981 em Maputo e nunca perdeu a ligação à sua terra natal. Tendo trabalhado em diversas áreas musicais nos últimos 13 anos, deixou o percurso profissional da Engenharia em prol de uma busca daquilo que é a sua identidade musical. Nessa busca, tem vindo a estabelecer um encontro com o umbigo deixando-se influenciar não apenas por aquilo que tem sido a formação académica e de estrada na área musical, mas também pelas raízes moçambicanas.

 

Leia a entrevista completa aqui: http://www.kaymu.co.mz/kea-entrevista-selma-uamusse/



publicado por olhar para o mundo às 20:39 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.07.15

 

Letra

 

Tanto dá o mar, tanto faz
Tanto faz quem não vem
Quem não vem não se dá
Só se dá quem se tem

Que se dane o mar se nos faz
Se nos faz suspender
Suspender o voltar
Re-voltar a viver

Mas se por acaso for voltar
Àquilo que era:
Não, não, não, não, não, não.

Já não é o que foi
E o que foi tanto faz
Tanto fez esquecer
E são tantos passos para trás

Mas e se for o mar que nos faz
Que nos faz reviver
Reviver e voltar
E voltar a querer

Mas se por acaso for voltar
Àquilo que era:
Não, não, não, não, não, não.

Não contem comigo não, não contem
Mas se por acaso for voltar
Àquilo que era
Não contem, não contem comigo, não.

Mas se por acaso for voltar
Não contem comigo, não
Àquilo que era
Não contem, não contem comigo, não
Não, não, não, não, não.

Conta comigo para ancorar o coração
Conta comigo para ancorar a tua mão
Conta comigo para ancorar o coração
Conta comigo para ancorar a tua mão

Mas se por acaso for voltar
Àquilo que era
Não contem comigo, não.

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

ACERT - Selma Uamusse ca...

ACERT - Selma Uamusse ca...

Rodrigo Leão, Orquestra G...

Rodrigo Leão, Selma Uamus...

Selma Uamusse, a cantora ...

Joana Barra Vaz - Tanto F...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds