Quarta-feira, 15.02.17

 

Letra

 

Ai as saudades são tantas (minha saudade)
Que eu por ti tenho às vezes,
Que até l'as mando espalhar (minha saudade)
Por cima dos campos teus.

São tantas as saudades (minha saudade)
Que nem as posso contar:
São tantas como as estrelas, (minha saudade)
Como as areias do mar.

[instrumental]

Dizem que a saudade espera (minha saudade)
Ausência para chegar;
Eu tenho saudades tuas (minha saudade)
Mesmo antes de te deixar.

Já lá vai Abril e Maio, (minha saudade)
Já lá vão estes dois meses;
Só não se vão as saudades (minha saudade)
Que eu por ti tenho às vezes.

[instrumental]

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.10.16

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.05.15

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.12.13

Pedro Abrunhosa & Duquende - Saudade from Tiago Alves on Vimeo

 

Letra

 

Saudade

querer a luz de uma janela que não abre

adormercer um sono ausente de verdade

é estar liberto sem liberdade

viver um tempo com outra idade

é ver o fim sem que ele acabe

 

saudade

querer la luz de una ventana que no abre

es dormir un sueño ausente de verdad

es estar libre sin libertad

vivir a un tiempo con otra edad

es ver el fin sin que se acabe

 

saudade

es pisar un suelo que fue mañana y ahora tarde

es vivir a fuego lento que aun arde

estar intero por la mitad

vivir a medias sin ser cobarde

es ser poeta ...

 

saudade

estar en pie

querer um mundo que no es mas que una sombra

es ser capaz de ver la paz onde se esconda

amar de lejos estando tan cerca

amor que duele por ser tan cierto

 

saudade

é dizer a quem se ama que se guarde

descer ao fundo sem sentir que que o fundo acabe

é ser contente sem felicidade

ter a ceerteza do que não se sabe

é ter razão sem sentir vaidade

 

saudade 

es decir a quien se ama que se guarde

bajar al fondo sin sentir que el fondo acabe

estar contento sin felicidad

tener seguro lo que no se sabe

tener razón sin presunción

 

saudade

estar en pie

querer um mundo que no es mas que una sombra

es ser capaz de ver la paz onde se esconda

amar de lejos estando tan cerca

amor que duele por ser tan cierto

 

amar de lejos estando tan cerca

amor que duele por ser tan cierto

 



publicado por olhar para o mundo às 11:16 | link do post | comentar

Sexta-feira, 26.04.13

 

Letra

 

Há sempre alguém que nos diz: tem cuidado
Há sempre alguém que nos faz pensar um pouco 
Há sempre alguém que nos faz falta
Ahhh, saudade...

Há sempre alguém que nos diz: tem cuidado
Há sempre alguém que nos faz pensar um pouco 
Há sempre alguém que nos faz falta
Ahhh, saudade...

Chegou hoje no correio a notícia
É preciso avisar por esses povos
Que turbulências e ventos se aproximam
Ahhh, cuidado...

Há sempre alguém que nos diz: tem cuidado
Há sempre alguém que nos faz pensar um pouco 
Há sempre alguém que nos faz falta
Ahhh, saudade...

Há sempre alguém que nos diz: tem cuidado
Há sempre alguém que nos faz pensar um pouco 
Há sempre alguém que nos faz falta
Ahhh, saudade...

Foi chão que deu uvas, alguém disse 
Umas porém colhe-se o trigo, faz-se o pão
E se ouvimos os contos de um tinto velho
Ahhh, bebemos a saudade...

Há sempre alguém que nos diz: tem cuidado
Há sempre alguém que nos faz pensar um pouco 
Há sempre alguém que nos faz falta
Ahhh, saudade...

E vem o dia em que dobramos os nossos cabos
Da roca a S. Vicente em boa esperança
E de poder vaguear com as ondas
Ahhh, saudades do futuro...

Há sempre alguém que nos diz: tem cuidado
Há sempre alguém que nos faz pensar um pouco 
Há sempre alguém que nos faz falta
Ahhh, saudade...



publicado por olhar para o mundo às 08:44 | link do post | comentar

Domingo, 10.02.13


publicado por olhar para o mundo às 17:53 | link do post | comentar

Domingo, 19.08.12

 

 

 

letra

 

Tenho tantas recordaçøes como
Folhas tremendo nos ramos,
Canas murmurando à beira-rio,
Aves cantando no céu azul,
Frémito, murmúrios, canção:
Tantas! E mais disformes que sonhos.

Mais ainda: De todas as esferas celestes;
Como a onda, que ao quebrar,
Invade a imensidão da praia, sem 
Nunca porém, um grão de areia expulsar.

Em atropelo, ouço-as segredar,
Ora agrestes, ora ternas, duras ou sinceras;
De tanta fartura, ainda dou em louco,
Esqueço quem sou e torno-me um outro.

As que são tristes, mais tristes me soam;
Agora que sei outro recurso não ter,
Que ficar de novo encalhado
Nas margens do eterno sofrer.

Também as felizes, se tornam mais tristes,
Pois para sempre se esvaneceram:
Beijos, luxos, palavras do passado,
São como frutos que em mim morreram.

Nada mais tenho que recordaçøes,
A minha vida já há muito se foi.
Como pode um morto cantar ainda?
Em mim já nenhum canto tem vida.

Nas margens dos grandes mares,
Na funda escuridão dos bosques,
Ouço ainda o grande rumor despertar
E nenhuma voz que o faça libertar.



publicado por olhar para o mundo às 17:44 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.02.12

 

Letra

 

São tantas as saudades

São tantas as saudades

São tantas ai são tantas as saudades
que as nem posso contar


são tantas como as estrelas 

são tantas como as estrelas 

são tantas ai são tantas como as estrelas 
como as areias do mar

A saudade é um luto

A saudade é um luto

A saudade é um luto
uma dor uma dor uma aflição


é um cortinado roxo

é um cortinado roxo

é um cortinado roxo
que me cobre o coração

  



publicado por olhar para o mundo às 17:06 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.02.12
Letra
Não encontrei a letra desta música


publicado por olhar para o mundo às 17:10 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.07.11
Letra

Yô, S-A-U-D-A-D-E,
O Melo disse "Já chega",
Eu sei, desculpa mas é,
Que eu não consigo deixar de relembrar o passado,
Pa conseguir avançar,
Pa conseguir alcançar
A lua, as estrelas, talvez o Ibério de Chi-Ar (?),
Ok, agora foi geek,
E dou graças à BD porque hoje eu tenho aquele clique,
Imagino como se vê,
Lia bué DC, Image e Marvel,
Hoje em dia eu leio o Metro,
Pró resto não há papel,
Sabe bem como mel,
Ou cortas logo com limão,
Pode ser agridoce, ou só agri recordação,
Desbloco blocos antigos, faço novos abrigos,
Posso dizer que passei a ser imune a certos perigos,
E inimigos, concisos, concretos em certos aspectos,
Certos, mas sempre com a mania que são buéda
espertos,
E lembro afectos, e lembro bem,
Quando não fiz nada por mim, tentei fazer por alguém,
Isto é verdade ..
Se tu não vês, não percebes que a saudade só existe em
português ..
Existe mais em português

Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade só existe em português ..

Saudade vem do latim, influência de "saudar",
Saúdo logo aquilo que dela tenho para dar,
Recordações, histórias, situações e memórias,
Músicas, filmes, fotos, risos e paranóias,
Eu não comia smarties, eu comia pintarolas,
Eastpak era zero, Monte Campo reinava as escolas !
Depois das aulas,
Eu nunca fui muito baldas,
Fui expulso de algumas salas, levei recados pra casa,
Daqueles que ninguém se rala,
Seguia logo pelas escadas, o people chega em camadas,
Eram dias, eram tardes,eram noites bem passadas,
E são noites, e são tardes, e são dias bem passados,
Hoje em dia são lembrados, reciclados, rebuscados,
Mas nunca são repetidos, imitados ou forçados ..
E o meu meio envolvente sente um grupo consistente,
Como um povo que se estende, saem uns, entra mais
gente,
E não me é indiferente que sapatos eu calço,
Com eles andei, vi e vivi mais que um precalço,
Através deles, milito e delimito o meu espaço,
Eu cago nos maus momentos, e os bons eu realço,
Tenho saudades do presente e do passado, eu juro,
E à noite, momento puro no escuro eu não descuro,
De pensar que até já tenho saudades do meu futuro..
Saudades do meu futuro..

Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade só existe em português ..

Mais do que a ideia,
Gosto de deixar fluir,
Mais do que sentir,
Gosto da palavra,
E a forma como se entrelaça, com um sentimento de
pertença,
Convidando o tempo para uma dança,
Gosto como a música nos leva para longe, sem sair do
lugar,
E sentir que se eleva, lá do alto onde os vejos,
Conhecem a distância que nos separa,
E quanto pesa o desejo, de voltar, de saudadiar,
Quero tocar onde dizes que dói,
Preciso de descobrir, essa saudade que torce e mói,
Alimenta, ou nos destrói..

Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade existe mais em português ?
Tu não vês, tu não vês .. ?
Que a saudade só existe em português ..



publicado por olhar para o mundo às 22:19 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Ronda dos Quatro Caminhos...

Skills And The Bunny Crew...

Mundo Escuro feat. Ariana...

Pedro Abrunhosa & Duquend...

Shout! - Saudade (GOSPELI...

Nuno Lupi - Saudade

CUSTODIO CASTELO , CRISTI...

Saudade - Carlos Alberto ...

Orelha Negra - Saudade fe...

Macacos do Chinês - Sauda...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds