Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Há dias em que o tempo nos embala e fala mesmo sem querer falar. Guardamos um segredo que nos cala, porque aprendemos que é melhor calar. Às vezes há lembranças que não passam e voltam só para nos fazer sorrir. Guardamos os sentidos que se amassam, sabemos quem nos sabe bem sentir! Eu sei que a vida não nos dá tudo e às vezes leva o tempo devagar. O tempo enche as coisas de poeira Mas não muda as coisas de lugar. (bis) Há dias que o silêncio não apaga, lem (...)
    Noite de Fado com Sara VidalLagar comTempo | Albergaria-a-Velha7 Dezembro | 21h455€ | 4€ Sócios AlbergAR-TE + Cartão d'Orfeu No dia 7 de Dezembro, Albergaria-a-Velha acolhe no espaço cultural Lagar comTempo, às 21h45, uma noite de Fado, promovida pela associação AlbergAR-TE.  Sara Vidal será a fadista a dar sentimento e voz a esta iniciativa, juntamente (...)
    Letra   Madrugada, o porto adormeceu, amor, A lua ondula sobre as ondas Piso espelhos antes de que saia o sol Na noite guardei a tua memória. Perderei outra vez a vida Quando a luz romper nos costões, Perderei o dia em que aprendi a beijar Palabras dos teus olhos sobre o mar, Perderei o dia em que aprendi a beijar Palavras dos teus olhos sobre o mar. Veio a manhã antes de vir o rumor, Levou uma maré à sua sombra. Barcos negros cruzam a manhã sem voz, As redes (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email