Domingo, 05.06.16

 

Letra

 

Vimos o Mar Inteiro arder
E barcos a tentar falar
Vinham de longe a dizer
Que a festa já vai começar
Porque já não vai chover
Cabeça limpa dá para ver
Porque já não vai chover
Cabeça limpa dá para ver
Corremos de olhos fechados
Com pés difíceis de falhar
Corremos de bolsos furados
Com pés difíceis de falhar
VInham de longe naus a arder
Nadam sonhos por nascer
Queimo as mãos pelo futuro
Sinto perto Outubro
Corremos de olhos fechados
Com pés difíceis de falhar
Corremos de bolsos furados
Vais guardar mais do que deixar
Canto enquanto posso
Corremos de olhos fechados
Com pés difíceis de falhar
Corremos de bolsos furados
Vais guardar mais do que deixar

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 20.04.16

 

Letra

 

ela voa para Torino e esquece tudo aquilo que fomos.
decoro aquele caminho como decorei o trono.
onde tu caías quando morrias de sono... e eu não percebo como
o tempo não te afoga, a neve não te toca, e o carro não pega ao lado do Lago Como.
o que é nosso é feito de ouro.
estamos sós como lobos na cidade do Toro
uma vida só é pouco e eu levo-a onde eu cresci e onde é fácil aprender
que um homem não é a pele que o cobre, nem a carne que o reveste, mas o medo que ele tem ou terá de morrer.

quando o mar chegar e eu não souber nadar, acredita mãe, eu salto!
quando o céu cair, quando todo o chão ruir, tu tem calma mãe, eu salto!
quando ela não descer, quando tudo não crescer, olha para mim, eu salto!
quando o fim vier, eu salto... quando o fim vier, eu salto!

e o que é para ti a fala? o que é para ti o medo?
o que é para ti a casa sem ela na sala? o que é para ti o tempo?
o que é para ti o frio? a vida na cidade tem-te mostrado o vazio,
cada vez que ela vai, arrepio. e tu preso à realidade por um fio.
as veias da mãos, eu sei-as e são cheias em vão.
será que o mundo se vai embora e os barcos se afogam quando as alcateias vão?
as coisas são tuas, as minhas são tuas, vivemos às escuras.
planícies em Tulsa onde rasgavas o céu com as unhas..
montanhas da culpa, aprender a ternura com coisas mais puras
imóveis esculturas, o peito que educas caindo de alturas.
ser aquilo que usas, os traços de Goya com os quais te torturas.
e que caia Tróia, os mares e os rios e as ruas...

quando o mar chegar e eu não souber nadar, acredita mãe, eu salto!
quando o céu cair, quando todo o chão ruir, tu tem calma mãe, eu salto!
quando ela não descer, quando tudo não crescer, olha para mim, eu salto!
quando o fim vier, eu salto... quando o fim vier, eu salto!
quando o mar chegar e eu não souber nadar, acredita mãe, eu salto!
quando o céu cair, quando todo o chão ruir, tu tem calma mãe, eu salto!
quando ela não descer, quando tudo não crescer, olha para mim, eu salto!
quando o fim vier, eu salto... quando o fim vier, eu salto!

 



publicado por olhar para o mundo às 01:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19.11.15

 

Letra

 

Encontrei a Humanidade
No fundo da rua
Com cara de quem sabe
Com cara de que muda de
Roupa
Para jantar
Encontrei a irmandade
No cimo da grua
Para ver de cima os outros
Que não vêm depois do tu
Amor, não vou jantar
Não vou jantar
Encontrei a minha idade
Ao lado da tua
Com pressa de quem corre
Com pressa de quem muda de roupa
Para jantar
Não vou jantar

Não, não vou jantar Já não há jantar

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.03.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.05.13

 

Letra

 

Nem se escondam de mim
Deixem ver o que são
Pois não fazem-me rir
Mas fazes-me rir
Com a estupidez
Que é fintar e marcar com os dois pés


Quando te vejo a tentar
Fazer o pino de pé
Não tenho fé e sinto que


Não tens força para agarrar
Nem tens o dom de saber ser e amar


Por ter nada mais que fazer
Dou a dor, pelo preço:
Um desamor


Mas se te faz rir, não te compete,
Se me enriquece
É mais fácil estar quando não se conhece
É mais fácil muito mais do que...


Não tens força para agarrar
Não tens o dom de saber ser e amar



publicado por olhar para o mundo às 17:08 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 23.02.13
 


Letra


Não encontrei a letra desta música


publicado por olhar para o mundo às 17:59 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.02.13

 

Letra

 

Alguém se tornou
O teu par
Por voltas que não sabes dar
Balançam tão mal
Se alguém nos visse a dançar


Até nem fica mal
Aos olhos de quem não vê
Uma troca de passos fatal
Se alguém nos visse a dançar


Agora a quem
Tu vais dar
Razões para te acompanhar
É tão fácil mas
Se alguém nos visse a dançar


Até nem fica mal
Aos olhos de quem não vê
Uma troca de passos fatal


Se alguém nos visse a dançar
Podia nem reparar que na vez da canção
Vive a culpa de ocasião
Se alguém nos visse a dançar


Ouve só falta estenderes a mão
A quem dança até com o coração


Se alguém nos visse a dançar
Podia nem reparar que na vez da canção
Vive a culpa de ocasião
Se alguém nos visse a dançar



publicado por olhar para o mundo às 17:56 | link do post | comentar

Sexta-feira, 11.05.12

Salto estreiam videoclip de «Deixar Cair»

Os Salto são uma das grandes revelações da nova música portuguesa. «Deixar Cair» é o single de avanço do primeiro álbum do duo portuense constituído por Guilherme Tomé Ribeiro e Luís Montenegro, cujo videoclip estreia esta quinta-feira em inúmeros sites e plataformas digitais. 

 

Produzido por New Max, o disco de estreia do duo portuens é, segundo comunicaod enviado à imprensa, «uma coleção de deliciosas canções pop, carregadas de eletrónica e ritmos de dança que devem tanto aos New Order dos oitenta como à re-leitura boogie operada por Dâm-Funk e companhia neste novo milénio».

 

A banda prepara-se para apresentar o novo trabalho ao vivo em palcos espalhados por todo o país nos próximos tempos e tem já as seguintes datas confirmadas: 

 

- 11.05.2012 – Queima das Fitas de Coimbra

- 17.05.2012 – Queima das Fitas de Peniche

- 19.05.2012 – Festival Porto Sounds 

 

«Deixar Cair» é o cartão de visita do álbum de estreia dos Salto, uma edição da Norte Sul em parceria com a Amor Fúria, que conta com a produção de New Max (Expensive Soul) e que brevemente chegará às lojas.

 

Enquanto isso não acontece, os Salto convidam-nos a dançar freneticamente ao som dessa deliciosa canção, «Deixar Cair», que será o single de apresentação da banda.

 

 

Retirado de Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:50 | link do post | comentar

Quinta-feira, 10.05.12

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 21:47 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.03.12
Letra
Não encontrei a letra desta música


publicado por olhar para o mundo às 17:57 | link do post | comentar

Letra
Não encontrei a letra desta música


publicado por olhar para o mundo às 08:54 | link do post | comentar

Segunda-feira, 10.10.11

 

Letra

 

Por ti demais
Corri sem pensar
Faltou-me assim a razão
Sem tentar
Eu não te dei a mão
Por ti demais.

Por ti demais
Corri sem tentar
Faltou-me assim a razao
Sem pensar
Eu não te dei a mao
Por ti demais

Vem depois de mim
Aquilo que sobrou
É tarde mas enfim
Amanhã procuro o que sobrou.



publicado por olhar para o mundo às 08:20 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Salto - Queimo as Mãos pe...

JOÃO TAMURA & HOLLY - SA...

Salto - Lagostas

SALTO - Mar Inteiro

Salto - Saber Ser

Salto - A Dois

Salto - O teu par

Salto estreiam videoclip ...

Salto - Deixar Cair

Salto - O Tempo que Mudou

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
1 comentário
blogs SAPO
subscrever feeds