Sábado, 23.07.16

 

Letra

 

Cai a noite pelos outeiros
vai-se a lua a levantar
Há quem acenda as fogueiras
Que nos hão-de alumiar

Há Duendes escondidos
entre carvalhos sagrados
O Druida deita as sortes
Com segredos defumados

Canta um Bardo
Contra os maus agoiros
corre o vinho p´ra nos ajudar
quem souber acreditar, é partir e chegar

São as bagas e as sementes
que o bosquêdo há-de dar
São as ervas e os licores
que nos hão-de aconchegar

Venham Fadas e Ondinas
que nos mostrem o saber
O Druida corta o visco
Que nos há-de proteger
Já se vê a côr da madrugada
E as fogueiras querem apagar
quem souber acreditar, é querer e voltar

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.06.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.05.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.04.16

 

Letra

 

Procuro o teu olhar urgente
Como ternura devagar
Como inocência de repente
Distingo a lua do luar

Caminho e corro sem saber
Toda a distância da vida
Quero encontra-te para aprender
Labirintos sem saída

Oh, eu hoje acredito que o mundo
Nasceu para ti
Oh, eu hoje acredito que o mundo
Existe para ti

Tantas planícies na terra
para te dedicar
Os horizontes e o céu
Para te oferecer
Todo o tamanho do mar
Montanhas altas para te dar

Oh, eu hoje acredito que o mundo
Nasceu para ti
Oh, eu hoje acredito que o mundo
Existe para ti

O mundo para ti
Só para ti

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.06.13

 

Tour “25 anos de canções” junta

Quinta do Bill e artistas da margem Sul

 

Primeira parte do concerto, que se realiza na sala TMN ao VIVO, este sábado, estará a cargo da banda de Almada Flashbackers. Caberá ao Dj Kuch encerrar a noite

 

8 Junho 2013 | Lisboa

21h | Sala TMN ao Vivo

 

 Quinta do Bill

 

Os “25 anos de canções” da banda de Tomar Quinta do Bill vão ser assinalados com um concerto, na sala TMN ao Vivo, em Lisboa, a 8 de Junho, a partir das 22 horas. A retrospectiva musical, que incluirá os seus maiores êxitos, como “Os Filhos da Nação”, “Voa”, “Vai e Sê Feliz” e “Se Te Amo”, insere-se numa digressão nacional do grupo, iniciada em 2012. A primeira parte do espectáculo estará a cargo da banda de rock, oriunda de Almada, Flashbackers. Caberá ao dj Kuch, que está a celebrar 10 anos de carreira, fechar as hostilidades, num after hours com muito "techno house".

 

A essência folk-rock do grupo de Tomar, liderado por Carlos Moisés, é o mote para uma noite dedicada à música portuguesa nos seus mais variados estilos. “Será uma espécie de comemoração do Dia de Portugal, que se assinala a 10 de Junho, dois dias depois” destaca Dinis Costa, o promotor deste espectáculo. Motivos para celebrar não faltam, enumera o responsável: “Os 25 anos de canções dos Quinta do Bill, com músicas que todas as gerações conhecem; o regresso dos Flashbackers, projecto que tinha feito uma pausa; e os 10 anos de carreira de Rui Ferreira, o Dj Kuch, artista também da margem Sul, mais ligado a uma vertente ‘deep’ e ‘soulful’”.

 

Para o grupo de Tomar, este concerto representa o regresso à capital, onde não actua há vários anos. Recorde-se que, em 1991, os Quinta do Bill subiram ao palco do estádio de Alvalade, para a primeira parte de Bryan Adams, e, em 1998, integraram as comemorações da Expo’98.

 

Os Flashbackers

Oriundos de Almada, os Flashbackers são uma banda de originais, que canta em português, fundada pelo vocalista Carlos Santos, a 5 de Dezembro de 1992. Apresentam-se com um estilo rock com algumas influências country, tendo já actuado em espaços como o Incrível Almadense, o Cinema City, em Lisboa, o Orpheus Rock, em Sevilha, Espanha, e o CambraFest 2012, que decorreu em Vale de Cambra. “Jeremias Copo Cheio", "O Esqueleto" e "Bebedeira de Terça-Feira" são alguns dos temas mais populares deste quinteto da margem Sul.

 

Dj Kuch

No ano em que celebra os seus 10 anos de carreira, Rui Ferreira, Dj Kuch, mostra um trajecto repleto de diferentes e bons momentos, assumindo-se como um dos artistas portugueses em ascensão. E, apesar de ter um som mais ligado a uma vertente "deep" e "soulful", o "techno house" é uma presença constante no seu trabalho.

Já tocou em vários clubes, de Norte a Sul do país, e conta com um mercado significativo nos Açores, depois de ter actuado nas “casas” de referência de cada ilha. O dj prepara-se para lançar mais dois temas durante este ano e vai actuar, pela primeira vez, na Suíça e em Cabo Verde.

 

O espectáculo terá um preço único de 15 € e os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais. A abertura de portas está prevista para as 21h e o início dos concertos, para uma hora mais tarde. 



publicado por olhar para o mundo às 21:53 | link do post | comentar

Domingo, 07.10.12

 

 

letra

 

Se Te Amo

 Quinta do Bill

 

Nada em terra e céu, nos pode ensinar
o que vai na alma, de alguém que recusa
deitar sobre o chão.
Eu não.

Oh, se te amo
se não tenho
oh, a vergonha
de o dizer.

E nunca esse acaso ou lei, eu entendi
o homem que em vão se agita
tão perto do mundo, tão longe de Deus.
Eu não.

Oh, se te amo
se não tenho
oh, a vergonha
de o escrever.



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 

letra

 

Voa 

Quinta do Bill

 

Sou mal amado, mas sei amar
o que tu tens para me dar
trago na boca o coração
preso nos versos desta canção

Sinto-me tão leve que não posso acreditar
voa, voa, voa
Sinto-me tão leve que não posso acreditar
voa, voa, voa

Ainda agora aqui cheguei
e mil mulheres eu já amei
mas o destino não é ficar
e parto em busca de outro lugar

Sinto-me tão leve que não posso acreditar
voa, voa, voa
Sinto-me tão leve que não posso acreditar
voa, voa, voa 




publicado por olhar para o mundo às 08:10 | link do post | comentar

Sexta-feira, 27.04.12


 

Letra

 

Ficámos ali sem falar
sem dizer nada
deixámos o tempo passar
como quem se deixasse arrastar
sem resistir, até aos braços do mar.
Sem nenhuma pressa no olhar
apenas calma
um silêncio tão singular, tranquilo
sem a urgência de explicar 
na pele e na alma
o que nos faz cantar.
Ninguém, só tu
tem a chave sabe a senha
mais ninguém só tu…
Ninguém, só tu
jóia rara, coisa estranha
mais ninguém só tu…
No silêncio do teu olhar tudo é calma
no silêncio do teu olhar
eu desnudo a pele
e o medo, a dor e a alma.
Ninguém, só tu
tem a chave, sabe a senha
mais ninguém só tu...
Ninguém, só tu
jóia rara, coisa estranha
mais ninguém só tu…
Não sei explicar
como se diz
faz-me cantar
faz-me feliz
No silêncio do teu olhar
faz-se luz

 



publicado por olhar para o mundo às 08:28 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.04.12

Quinta do Bill

Quinta do Bill mostram «outra faceta» musical em disco celebrativo

 

As baladas são a «outra faceta» dos Quinta do Bill, motivo pelo qual o mais recente disco editado pela banda portuguesa seja recheado por este género musical. Contudo, não se trata do álbum substituto de «Sete» (2011).


«É mais uma coletânea em que quisemos incluir dois temas originais, para dizer que estamos ativos», explica ao SAPO Música o vocalista do grupo, Carlos Moisés.

 

Os Quinta do Bill comemoram em 2012 as bodas de prata. A ideia inicial para marcar esta efeméride consistia no lançamento de um álbum duplo com 25 canções.

 

«O ‘manager’ tirou-nos essa ideia, porque considerava ser mais interessante editar um disco com menos temas e que se consiga ouvir do princípio ao fim, sem cansar”, refere Carlos Moisés.

 

Recorde-se que, em 1999, a banda já tinha editado o «Best of» comemorativo dos 20 anos de carreira, o qual expôs o «lado mais festivo» do grupo.

 

Estava, assim, na altura de «fazer algo diferente» e a banda decidiu reunir algumas das composições «mais intimistas» e «melancólicas» produzidas ao longo dos anos, uma tarefa que se revelou «complexa».

 

«Ficaram muitas canções de fora, mas tínhamos de escolher. Os nossos fãs no Facebook escreveram que certos temas deviam estar presentes ao invés de outros. Por graça respondo que, se calhar, ainda vamos fazer uma segunda edição deste disco de baladas», humoriza o vocalista dos Quinta do Bill.

 

Dos 13 temas incluídos no disco, dois são originais - «D’Alma Lavada» e «No Silêncio do Teu Olhar». «Queremos mostrar que estamos ativos e pretendemos fazer coisas novas. Não fazia sentido apresentar somente o que já estava feito», detalha.

 

Carlos Moisés carateriza estas duas novas músicas como «puras canções de amor», em que o mesmo é retratado «sem pudor», através da escrita «cuidada» de Pedro Malaquias.

 

E o balanço destes 25 anos? «É positivo. Estivemos sempre em atividade e nunca houve interrupções. Tivemos a oportunidade de gravar discos e de estar em digressão, o mínimo exigido a um grupo de música», considera.

 

Carlos Moisés adianta que a banda teve os seus «altos e baixos» e destaca o facto de a Quinta do Bill ter conseguido «conquistar» um público «fiel».

 

Para o futuro, a Quinta do Bill espera continuar a fazer música e a dar espetáculos. «Não prevejo grandes voos. Seria, todavia, interessante chegarmos ao mercado espanhol, um pouco no seguimento do que alguns artistas portugueses estão já a fazer», prevê.

 

O mercado brasileiro é outra ambição do grupo, mas mais difícil de alcançar. «Eles não estão para aqui virados», afirma.

 

O que falta? «Um agente local e uma promotora. No caso de Espanha, apesar de ser uma realidade diferente da nossa - gostam e ouvem mais a sua música -, creio tratar-se de uma batalha capaz de ser conquistada e, nós, portugueses, não devemos desistir», afiança.

 

Videoclip de «No Silêncio do Teu Olhar»:


 

Via Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:40 | link do post | comentar

Sábado, 31.03.12

Quinta do Bill reúne 25 anos de baladas num único disco

 

Passados 25 anos repletos de sucessos, a Quinta do Bill lança agora uma colectânea das baladas que fizeram da banda um dos maiores símbolos da pop lusa. 


O disco, baptizado tão simplesmente “25 Anos – as baladas”, reúne no mesmo espaço temas tão bem conhecidos como “Se te amo” ou “A única das amantes” (ambas de “No Trilho do Sol, 1996), mas também canções mais antigas como “Solidão a dois” (1991), entre muitas outras que cobrem toda a discografia da Quinta do Bill. 


Este disco oferece ainda dois inéditos, “D’Alma Lavada” e o novo single “No silêncio do teu olhar”. 


A Quinta do Bill foi formada em 1987, e rapidamente ficou conhecida pela sua mistura da música folk com a atitude mais rockeira das suas canções, tendo, no último quarto de século, se mantido no goto de todas as gerações que com a sua música se têm cruzado. 

Agora, os fãs ou os curiosos têm a oportunidade de percorrer, num único disco, alguns dos pontos mais altos, mas também mais emocionais, de uma carreira louvável. "25 Anos - As baladas" chega às lojas com o selo da Espacial Música.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 23:12 | link do post | comentar

Segunda-feira, 12.09.11
Letra
Mais de 100 anos passaram
eu ainda recordo
os tambores que ao longe
um dia me chamaram.
Trouxe a águia a mensagem
que o corvo leu
liberada pelo vento
aos filhos do sol.

Vós podeis matar-me o corpo
e condenar-me a alma.
Devo eu pintar a face
ou fumar a paz.
Eu já dei a minha pena
à semente da terra
que os teus hão-de chorar
no ciclo da vida.


publicado por olhar para o mundo às 08:57 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19.05.11
Letra
Aqui estás tu, jovem atento
acordado neste fim de século
à espera de um lugar
difícil de encontrar
no canudo vive a esperança.

Atrás das luzes em vertigem
ao medo da noite decente
que tens que conquistar
tu tens de conquistar


Ai estes são os filhos da nação
adultos para sempre
ansiosos por saber
se a cruz é salvação

Pões as cenas sem nada para temer
velho cúmplice da decisão 
presa é uma ordem
que não podes quebrar,
o desfacinado ofício da vitória

A fúria de um monólogo
que insiste em partilhar
mas não entendes porquê
mas não entendes porquê


publicado por olhar para o mundo às 08:57 | link do post | comentar

Terça-feira, 29.03.11

Quinta do Bill apresenta álbum em Tomar

 

O concerto de apresentação do novo trabalho dos Quinta do Bill, intitulado "Sete", vai realizar-se no Cine Teatro Paraíso em Tomar sexta-feira, dia 8 de Abril.


Quem comprar bilhete (11 euros) para o concerto tem direito ao disco.
O 1º single do álbum será editado a 4 de Abril.
Este é o sétimo álbum da banda de Carlos Moisés e daí o título “Sete”.

 

Retirado de O templário



publicado por olhar para o mundo às 09:38 | link do post | comentar

 

 

 

Letra

 

Tu, a única das amantes
arrepias-te à chegada
da escolha que traçaste
na procura de alguém
que não sabes ser.

Tens o mundo a teus pés
à espera que o empurres
uma vida à frente
que só tu podes viver.

Vejo-te ir pelas ruas
contar o tempo que passou
ver nascer um novo dia e sentir
o medo de ele nunca chegar.

Tens o mundo a teus pés
à espera que o empurres
uma vida à frente
que só tu podes viver.

Vejo-te ir pelas ruas
contar o tempo que passou
ver nascer um novo dia e sentir
o medo de ele nunca chegar.

Tens o mundo a teus pés
à espera que o empurres
uma vida à frente
que só tu podes viver.

Que te faz correr tão rápido
que te faz viver assim
não tenhas pressa de encontrar
a nota certa do destino
que te espera, lá ao longe.

Tens o mundo a teus pés 
à espera que o empurres
uma vida à frente 
que só tu podes viver

 



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28.03.11

 

 

Do disco 7

 

Letra

 

Só por um momento, na curva da estrada
falas-me de ti, do rumo que tarda
é hora de escolher, e p’ra ti é tudo ou nada

És filha do mundo, com vontade de mudar
......rompes o silêncio, à prova de bala
dás-me a tua voz, que nunca se cala
já não te queixas de mim,
mas nada nasce no fim

Onde está a revolução, eu já não te posso valer
descontas no tempo, um estado de graça
beco com saída, fogo que não passa
amanhã longe daqui,
serei eu que te perdi
Mas tu

Vai e sê feliz
não olhes para trás (deixa lá)
vai e sê feliz

E só + 1 vez, só de 1 vez
vai e sê feliz por mim, sê feliz por ti

Vai e sê feliz
Vai e sê feliz

letra João Portela

 



publicado por olhar para o mundo às 21:52 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.02.11

 

 

Letra

 

(Refrão)
pararara parararara pararara parararara pararara
pararara

Quando eu era pequenino
Quando eu era pequenino
Acabado de nascer
Acabado de nascer
Ainda mal abria os olhos
Ainda mal abria os olhos
Já eram para te ver
Já eram para te ver

(Refrão)
pararara parararara pararara parararara pararara
pararara (bis)

Quando eu já for velhinho
Quando eu já for velhinho
Acabado de morrer
Acabado de morrer
Olha bem para os meus olhos
Olha bem para os meus olhos
Sem vida hão de te ver
Sem vida hão de te ver

(Refrão)
pararara parararara pararara parararara pararara
pararara (bis)

Tuturututurotro Tuturoro pam pam pam pam pam pam
Quando eu era pequenino
Quando eu era pequenino
Acabado de nascer
Acabado de nascer
Ainda mal abria os olhos
Ainda mal abria os olhos
Já eram para te ver
Já eram para re ver

(Refrão)
(Refrão)
pararara parararara pararara parararara pararara
pararara (bis 3x)

 

 



publicado por olhar para o mundo às 08:10 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Quinta do Bill - Quem Sou...

Quinta Do Bill - Hoje Eu ...

Faz bem falar de amor - Q...

Quinta do Bill - "O Mundo...

Tour "25 anos de canções"...

Quinta do Bill - Se Te Am...

Quinta do Bill - Voa

Quinta do Bill - No Silên...

Quinta do Bill mostra a s...

Quinta do Bill reúne 25 a...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds