Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Como um porto de abrigo Oásis em pleno deserto Como um abraço amigo É tão bom ter-te por perto Como quem escreve um diário Ou me sussurra ao ouvido Como num gesto solidário É tão bom ter-te comigo Eu não sei como te dizer Nem sequer como o demonstrar Mas sei que nunca vou esquecer O quanto eu gosto de aqui estar O bom que é aqui chegar O privilégio de sentir Que também há neste lugar Um pouco do meu existir  
    Letra   Como um porto de abrigo Oásis em pleno deserto Como um abraço amigo É tão bom ter-te por perto Como quem escreve um diário Ou me sussurra ao ouvido Como num gesto solidário É tão bom ter-te comigo Eu não sei como te dizer Nem sequer como o demonstrar Mas sei que nunca vou esquecer O quanto eu gosto de aqui estar O bom que é aqui chegar O privilégio de sentir Que também há neste lugar Um pouco do meu existir
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email