Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Letra:   Não te chegues Tenho espinhos Nem te chegues Ao meu veneno   O meu beijo É a tua morte E um abraço A mesma sorte   Ref. Somos pró que somos Centopeias , escorpiões Somos feios e danados Evitamos multidões   Não te deites no meu leito nem ocupes o meu espaço   o meu toque é a tua morte e um abraço a mesma sorte   Ref. Somos pró que somos Centopeias , escorpiões Somos feios e danados Evitamos multidões  
    Letra   Um dia assim Ainda a lua ía alta Quando Vera sai de casa Na mochila leva um livro E mil sonhos na carteira Ref. E os sonho viram fumo Quando a terra vira pó E o caminho fica longo, Tão longo e só É o vento quem a guia É o vento que a penteia Deixa a terra já vencida Já viveu aqui a vida inteira Ref. E os sonho viram fumo Quando a terra vira pó E o caminho fica longo, Tão longo e só   Musica - Pedro Galhoz / João Novais Letra - Pedro Galhoz (...)
  17 Maio em Almada (Fórum Romeu Correia) às 21:00h 18 Maio em Sesimbra (Cine Teatro João Mota) às 21:30h   O regresso da “alcateia” para dar a conhecer o o próximo trabalho “Num mundo quase perfeito”.     “Num mundo quase perfeito” é o exercício de vestir musicalmente episódios da vida real, é igualmente uma observação por vezes (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email