Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Ai como eu quero viver no plural este singular é pior que mal cavaleiro ignoto na eternidade exílio nos mares da minha saudade Ignorar em mim a maior solidão mesmo na rua sem tecto nem chão enganar o espelho com retratos de mim não tenham certezas, eu não sou assim...   Achado no Espaço esquecido pelo mundo não tenho cansaço, Sou Eco profundo Quero ser plural, Crescente, minguante Viver num segundo o Eterno instante não tenham certezas, eu não sou assim... (...)
  Paulo Bragança irá dar um concerto único no dia 15 de Setembro, Sábado, pelas 21:00 no Salão dos Espelhos da Casa do Alentejo, em Lisboa. Após um intervalo de vários anos, durante os quais se exilou em Dublin na Irlanda, o fadista português encontra-se a gravar um novo disco.  No dia 15, Paulo Bragança irá subir ao palco do Salão dos Espelhos da Casa do Alentejo para aquele que será o seu primeiro concerto a solo em Portugal.  O concerto também contará com novo (...)
De regresso ao Castelo de S. Jorge e à Festa do Fado, A Naifa apresenta um espetáculo especial com a participação de Paulo Bragança. No ano de lançamentos do seu quarto álbum de originais, intitulado “não se deitam comigo corações obedientes”, e depois de uma digressão que passou pelos principais Teatros do País, A Naifa aposta num novo espetáculo.  As canções do projeto ganham (...)
  letra   Por trás do espelho quem está De olhos fixados nos meus? Alguém que passou por cá E seguiu ao deus-dará Deixando os olhos nos meus. Quem dorme na minha cama, E tenta sonhar meus sonhos? Alguém morreu nesta cama, E lá de longe me chama Misturada nos meus sonhos. Tudo o que faço ou não faço, Outros fizeram assim Daí este meu cansaço De sentir que quanto faço Não é feito só por mim.
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email