Quarta-feira, 07.08.13

 

Letra

 

Ouvi dizer que o nosso amor acabou.
Pois eu não tive a noção do seu fim!
Pelo que eu já tentei,
Eu não vou vê-lo em mim:
Se eu não tive a noção de ver nascer um homem.
E ao que eu vejo,
Tudo foi para ti
Uma estúpida canção que só eu ouvi!
E eu fiquei com tanto para dar!
E agora
Não vais achar nada bem
Que eu pague a conta em raiva!
E pudesse eu pagar de outra forma!
Ouvi dizer que o mundo acaba amanhã,
E eu tinha tantos planos pra depois!
Fui eu quem virou as páginas
Na pressa de chegar até nós;
Sem tirar das palavras seu cruel sentido!
Sobre a razão estar cega:
Resta-me apenas uma razão,
Um dia vais ser tu
E um homem como tu;
Como eu não fui;
Um dia vou-te ouvir dizer:
E pudesse eu pagar de outra forma!
Sei que um dia vais dizer:
E pudesse eu pagar de outra forma!
A cidade está deserta,
E alguém escreveu o teu nome em toda a parte:
Nas casas, nos carros, nas pontes, nas ruas.
Em todo o lado essa palavra
Repetida ao expoente da loucura!
Ora amarga! ora doce!
Pra nos lembrar que o amor é uma doença,
Quando nele julgamos ver a nossa cura!




publicado por olhar para o mundo às 08:28 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.10.12

Ornatos Violeta: os fãs que fazem o cultoAlexandra Silva vai ver o primeiro concerto de Lisboa e o último do Porto (Nuno Ferreira Santos)


Quando na quinta-feira, 25 de Outubro, os Ornatos Violeta subirem ao palco do Coliseu de Lisboa, no público estarão duas gerações: os que os nunca os viram e os que nunca os esperaram voltar a ver. É o primeiro de seis concertos de uma banda nascida em 1991 e que terminou em 2002, mas que no último ano renasceu das cinzas para encontrar um culto à sua volta. Os concertos estão esgotados há meses e esta será, segundo os Ornatos, a despedida definitiva dos palcos.

 

Cindy Costa, 20 anos, estudante de Psicologia, Madeira


Tem tantos anos quanto os Ornatos Violeta têm de carreira e por isso não é de estranhar que Cindy Costa nunca tenha visto estes cinco rapazes em concerto. Terça-feira, dia 30, vai procurar um lugar especial no Coliseu do Porto e viajar para um tempo que nunca viveu – os anos 1990 do rock português.

Quando ouviu falar dos Ornatos Violeta pela primeira vez, Cindy estava longe de imaginar que hoje sofreria de ansiedade por saber que os está quase a ver ao vivo. “Costumo dizer que os Ornatos foram um gosto que eu adquiri, acho que fui aprendendo a gostar”, diz ao PÚBLICO a jovem estudante, que só há cerca de três anos descobriu a sério a música dos portugueses.

Fala do despertar da “carga emocional das músicas dos Ornatos”, que não encontra em qualquer outra banda portuguesa, “é algo que é verdadeiro, cru, duro”. Talvez por isso não tenha sido amor à primeira vista. Primeiro, não gostou. Depois, insistiu e não parou. “Não é só pelas letras, mas é muito pelas letras” – e é preciso entendê-las. Lamenta ter perdido o concerto da banda em Paredes de Coura, em Agosto, por viver na Madeira, mas como estuda no Porto o concerto no Coliseu não lhe vai escapar. “Eles são os melhores e o concerto vai ser o melhor.”

Raquel Rodrigues, 22 anos, finalista de Direito, Lisboa
“Épico.” É a palavra que Raquel Rodrigues mais repete quando fala dos Ornatos Violeta e deste seu regresso aos palcos. “Quando soube fiquei louca, nunca achei que eles fossem voltar.” E mais fora de si ficou quando, em apenas três dias, os bilhetes para o então único concerto em Lisboa esgotaram sem que garantisse o seu lugar no Coliseu. “Isto mostra bem a loucura que foi”, diz, depois de ter comprado o bilhete logo quando a segunda data foi anunciada para a sala da capital. “Desde então os bilhetes estão bem guardados.”

 

Noticia do Público



publicado por olhar para o mundo às 21:12 | link do post | comentar

Sábado, 06.10.12

 

 

letra

 

A Dama do Sinal 

Ornatos Violeta

 

A dama do sinal,
Não olha para mim como era normal!
O guarda errou em pô-la no chão,
Onan procura canção,
Mas nada indica que eu vá por fim dar paz à minha mão.
Patrícia pensa igual,
Acerca do que é para nós fundamental.

Bastava um dia pra mostrar quem sou,
Embora ignore agora com quem vou.
Mas vejo um fim tão mau não vês que em mim tudo é maior?
Hoje o desejo amanhã nasce o ódio em mim,
Tudo é maior!

À uma e meia da manhã,
Chega o comboio à nação!
Eu vou pra casa vou ligar a televisão,
No vigésimo sexto canal.
Falará PJ um espanhol divinal.
A dama espera pelo fim do peep-show;
Perguntará se eu tenho alguém,
Perguntará quem é que eu sou,
Perguntará se o faço bem.

Bastava um dia pra mostrar quem sou,
Embora ignore agora com quem vou.
Mas vejo um fim tão mau não vês que em mim tudo é maior?
Hoje o desejo amanhã nasce o ódio em mim,
Tudo é maior!

A dama do sinal,
Já vai há coisa de um mês e tal
Que eu não a vejo entrando num bar!
Mas ela vai voltar,
E eu vou dizer que a noite é mais quente à luz do seu olhar.




publicado por olhar para o mundo às 17:06 | link do post | comentar

 

 

letra

 

Dia Mau 

Ornatos Violeta

 

Não quis guardá-lo para mim
E com a dimensão da dor
Legitimar o fim
Eu dei
Mas foi para mostrar
Não havendo amor de volta
Nada impede a fonte de secar
Mas tanto pior
E quem sou eu para te ensinar agora
A ver o lado claro de um dia mau
Eu sei
A tua vida foi
Marcada pela dor de não saber aonde dói
Mas vendo bem
Não houve à luz do dia
Quem não tenha provado
O travo amargo da melancolia
E então rapaz, 
Então porquê a raiva se a culpa não é minha
Serão efeitos secundários da poesia
Mas para quê gastar o meu tempo
A ver se aperto a tua mão
Eu tenho andado a pensar em nós
Já que os teus pés não descolam do chão
Dizes que eu dou só por gostar
Pois vou dar-te a provar
O travo amargo da solidão!
É só mais um dia mau...



publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

Quinta-feira, 30.08.12

Antes do concerto em Paredes de Coura, os Ornatos estiveram a responder a questões dos leitores do PÚBLICOAntes do concerto em Paredes de Coura, os Ornatos estiveram a responder a questões dos leitores do PÚBLICO (Nelson Garrido)

 

Esgotados os bilhetes para as quatro datas nos coliseus de Lisboa e do Porto, os Ornatos Violeta decidiram acrescentar mais três concertos à sua agenda. A banda, que está de regresso aos palcos após um hiato de dez anos, anunciou nesta quinta-feira mais um espectáculo para cada um dos coliseus e ainda uma viagem imprevista, que os levará a tocar em Ponta Delgada.

 

O espectáculo naquela cidade de São Miguel, arquipélago do Açores, está marcado para 19 de Outubro, no Coliseu Micaelense. Isto significa que os autores de O Monstro Precisa de Amigos vão actuar primeiro em Ponta Delgada e só depois em Lisboa e no Porto.

Para o Coliseu dos Recreios, os Ornatos Violeta marcaram 27 de Outubro como data adicional. Este será o terceiro concerto seguido na capital, onde também actuarão a 25 e 26 do mesmo mês (espectáculos esgotados). Para o Coliseu do Porto, a nova data é 1 de Novembro. Também aqui se trata do terceiro concerto de enfiada, sendo que também já não há bilhetes para os que estão agendados para 30 e 31 de Outubro.

Os bilhetes para as novas datas nos coliseus de Lisboa e Porto serão postos à venda neste sábado, segundo o que anunciou a própria banda na sua página no Facebook. Quanto a Ponta Delgada, ainda não há informações sobre o dia em que serão postos à venda.

O regresso dos Ornatos Violeta aos palcos acontece numa altura em que a banda comemora os seus 20 anos, apesar de ter estado inactiva na última década. O primeiro destes concertos aconteceu no festival Paredes de Coura, onde os portuenses tocaram na íntegra o seu segundo e último álbum O Monstro Precisa de Amigos (1999). Cão! (1997), o primeiro, ficou de fora. Os fãs sabiam que ia ser assim, mas encheram na mesma o recinto do Tabuão

 

Noticia do Público



publicado por olhar para o mundo às 20:53 | link do post | comentar

Sábado, 05.05.12
Merrill Garbus, responsável pelos tUnE-yArDs, sobe ao palco no dia 14 de Agosto

 

Os tUnE-yArDs e os School of Seven Bells são as mais recentes confirmações para a 20ª edição do Festival EDP Paredes de Coura, que se realiza entre os dias 13 e 17 de Agosto, na Praia Fluvial do Tabuão.

 

Pela primeira vez em Portugal, os tUnE-yArDs, o projecto musical da norte-americana Merrill Garbus, que começou a dar que falar em 2009 com o lançamento do primeiro álbum “BiRd-BrAiNs”, estreiam-se no dia 14 de Agosto. Responsável por aquele que foi considerado pela crítica como um dos melhores álbuns de 2011, “w h o k i l l”, Merrill Garbus sobe ao palco no mesmo dia dos norte-americanos Friends e Stephen Malkmus and The Jicks.

 

No dia 16 de Agosto é a vez da dupla Alejandra Deheza e Benjamin Curtis, que formam os School Of Seven Bells, subir ao palco do festival minhoto para apresentar o seu mais recente trabalho “Ghostory”, editado este ano. Para o mesmo dia já estão confirmados os Kasabian, Anna Calvi, Of Montreal, Gang Gang Dance e os The Whitest Boy Alive.

 

A estes nomes juntam-se ainda os belgas dEUS, Dry The River, Midlake e os portugueses Ornatos Violeta.

 

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais e o passe de quatro dias com campismo gratuito tem o preço de 80 euros. Os bilhetes diários custam 25 euros, para o primeiro dia, e 40 euros, para os restantes. 

 

Retirado do Ipsilon



publicado por olhar para o mundo às 12:33 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.03.12

Ornatos Violeta no festival Paredes de Coura

Os Ornatos Violeta são a primeira confirmação no cartaz do festival Paredes de Coura, anunciou, há momentos, a organização do evento, que comemora 20 anos em 2012. 

 

No palco do certame nortenho, a mais mítica banda de Manel Cruz irá apresentar, num concerto irrepetível, a versão integral do aclamado álbum “O Monstro Precisa de Amigos” – considerado pelos ouvintes da “Antena 3”, numa votação promovida a propósito dos 15 anos da rádio, o Melhor Álbum português editado no período 1994-2009.

 

Segundo comunicado, esta será a “única atuação dos Ornatos Violeta num festival nacional em 2012”.

 

Este exclusivo antecipa a já anunciada reunião ao vivo da banda para concertos nos Coliseus de Lisboa e Porto (a 25 e 30 de outubro, respetivamente), onde o grupo irá revisitar toda a sua obra.

 

O passe de quatro dias para o festival EDP Paredes de Coura, que decorre nos dias 13, 14, 15 e 16 de agosto na Praia do Taboão, já está à venda por €80.

 

Sara Novais

 

Retirado de Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:18 | link do post | comentar

Terça-feira, 06.03.12

 

Letra

 

PÁRA-ME AGORA
(Manel Cruz / Ornatos Violeta)

Deus nos guie para a luz
porque eu não creio ser capaz
qual de nós vai ter uma missão
tu tens a vida que eu quis ter
eu, eu não

pára-me agora 



publicado por olhar para o mundo às 17:04 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.02.12

Ornatos Violeta nos Coliseus em outubro

Os Ornatos Violeta regressam aos palcos em outubro, cerca de uma década depois do seu último concerto.

 

O grupo de Manel Cruz, Kinörm, Nuno Prata, Peixe e Elísio Donas sobe ao palco do Coliseu dos Recreios no dia 25, atuando no Coliseu do Porto no dia 30.

 

A informação foi avançada no facebook da banda. "Vamos celebrar 1991 - 2002 ao vivo! Encontramo-nos em outubro nos Coliseus: 25 em Lisboa e a 30 no Porto!", pode ler-se numa mensagem publicada há cerca de 20 minutos.

 

Em palco serão revisitados os temas de "Cão!" (1997) e de "O Monstro Precisa de Amigos" (1999), os dois únicos álbuns de originais editados pela banda.

 

Até ao momento, ainda não há informações sobre o preço dos bilhetes e respetivo local de compra.

 

Recorde-se que no final do ano passado, em jeito de celebração dos 20 anos de carreira dos Ornatos Violeta, regressaram às lojas os álbuns de estúdio da banda, reeditados e incluídos numa caixa especial, que inclui também um CD com inéditos recuperados de antigas sessões de gravação e raridades. 

 

Sara Novais

 

Via Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 22:07 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.01.12

 

Letra

 

Fala-me um pouco mais, 
era tão bom ficar, 
o mal é que eu já não sei quem eu sou... 
eu não sei se eu sou capaz 
de me ouvir 
Fala-me um pouco mais, 
era tão bom subir, 
e dar o que eu nunca dei a ninguém 
sei que é bom teu travo a tudo 
o que é mortal 
já... agora, mata-me outra vez 
era tão bom, direi 
mata-me outra vez 
era tão bom, direi 
mata-me outra vez 
mata-me outra vez 
tudo tem um fim 
aqui não há ninguém que possa ter um mundo para dar 
se um dia eu voltar 
vai ser só mais uma forma de me ausentar 
daquilo em que eu não quero pensar 
já tudo teve um fim 
já que eu estou por cá 
eu digo como é fácil para mim 
se já não dá 
sei que é bom teu travo a tudo 
o que é mortal 
já agora, mata-me outra vez 
era tão bom, direi 
mata-me outra vez 
era tão bom, direi 
mata-me outra vez 
mata-me outra vez 
páro de andar 
páro pra te ouvir 
páro para ver se é bom pra mim 
se é melhor do que uma vida 
tão só e prenha por ninguém 
vejo o k é bom dizer 
páro pra te ouvir, mas foi só 
para ver se o futuro é para nós 
para quem tem o mesmo mal de não saber amar 
falo que pensar em mim 
é cura e faz-me acordar... 
...ou dormir 
Fala-me um pouco mais, 
era tão bom subir e dar o que eu nunca dei 
a ninguém 
sei que é bom teu travo a tudo 
o que é mortal 
já... agora, mata-me outra vez 
era tão bom, direi 
mata-me outra vez 
era tão bom, direi 
mata-me outra vez



publicado por olhar para o mundo às 17:18 | link do post | comentar

Letra

 

Tem cara de anjo
É quase perfeita
Mas lembra-me outra mulher
Um outro anjo
Outra forma de vida
Ou outra coisa qualquer
Não compreendo quem me diz ser capaz
De sacudir a liberdade isso é demais
Eu quero ser o que amanhã quiser
É com teu ego que sais

O amor é isto
O amor é isto e nada mais

Chegou-me agora a notícia
Um amigo meu
Caiu em contradição
Dizem ser melhor a liberdade
Tudo bem
Ãhn ãhn
Mas também ela é uma mulher uma prisão
Pára por aqui
Não sofre qualquer tipo de evolução
Se eu quiser eu acabo tudo
Mas mal de mim prendeu-me o coração

O amor é isto
O amor é isto e nada mais

É liberdade pr'aqui
É liberdade pr'ali
Toda a gente diz
Toda a gente quer
Mas querendo ou não
Ninguém lhe dá a mão
E todos querem a prisão de uma mulher
É tudo fruto da nossa natureza
E quem não é a sua negação
O diabo chegou e humildemente a Deus falou
Não somos Eva nem Adão

O amor é isto
O amor é isto e nada mais



publicado por olhar para o mundo às 08:15 | link do post | comentar

Quinta-feira, 10.11.11

Ornatos Violeta: discos re-editados em dezembro com CD de inéditos e raridades; vinis em 2012 (at.) -

 

Cão! e O Monstro Precisa de Amigos de volta nas lojas, numa altura em que se cumprem 20 anos sobre a criação da banda do Porto, diz a Lusa. Vinis também a caminho. Veja aqui a capa e o alinhamento.

 

Os dois álbuns dos Ornatos Violeta, Cão! e O Monstro Precisa de Amigos , vão ser re-editados ainda este ano. 

Segundo notícia da Lusa, a 5 de dezembro chegam às lojas as re-edições daqueles discos, numa caixa especial com um CD com inéditos e raridades. Deste terceiro disco constarão temas incluídos em compilações e canções nunca editadas. Em 1998, os Ornatos Violeta gravaram este Tempo de Nascer para a compilação Tejo Beat . 






Retirado de Blitz



publicado por olhar para o mundo às 20:01 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.05.11

 

 

Letra

 

não vou procurar quem espero
se o que quero é navegar
pelo tamanho das ondas
conto não voltar

parto rumo à primavera
que em meu fundo se escondeu
esqueço tudo do que sou capaz
hoje o mar sou eu

esperam-me ondas que presistem
nunca param de bater
esperam-me homens que desistem
antes de morrer

por querer mais que a vida
sou a sombra do que sou
e ao fim não toquei em nada
do que em mim tocou

eu vi...
mas não agarrei
eu vi...
mas não agarrei
eu vi...
mas não agarrei
eu vi...
mas não agarrei...

parto rumo à maravilha
rumo à dor que houver pra vir
se eu encontrar uma ilha
paro pra sentir
e dar sentido à viagem
pra sentir que eu sou capaz
se o meu peito diz coragem
volto a partir em paz

eu vi...
mas não agarrei
eu vi...
mas não agarrei
eu vi...
mas não agarrei
eu vi...
mas não agarrei
eu vi...
eu vi...
eu vi...
mas não agarrei...

 



publicado por olhar para o mundo às 17:05 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28.03.11

 

Letra

 

Foi como entrar, foi como arder!
Para ti nem foi viver!
Foi mudar o mundo sem pensar em mim!

Mas o tempo até passou,
e és o que ele me ensinou:
uma chaga p'ra lembrar que há um fim!

Diz sem querer poupar meu corpo:
"Eu já não sei quem te abraçou."
Diz que eu não senti teu corpo sobre o meu!
Quando eu cair eu espero ao menos que olhes para trás!
Diz que nao te afastas de algo que é também teu!

Não vai haver um novo amor,
tao capaz e tao maior,
para mim será melhor assim!
Vê como eu quero e vou tentar,
sem matar o nosso amor,
não achar que o mundo é feito para nós...

Foi como entrar, foi como arder!
Para ti nem foi viver!
Foi mudar o mundo sem pensar em mim!

Mas o tempo até passou,
e és o que ele me ensinou:
uma chaga p'ra lembrar que há um fim!

Uma chaga p'ra lembrar que há um fim...

 



publicado por olhar para o mundo às 08:10 | link do post | comentar

Domingo, 27.03.11

 

 

Letra

 

Ouvi dizer que o nosso amor acabou.
Pois eu não tive a noção do seu fim!
Pelo que eu já tentei,
Eu não vou vê-lo em mim:
Se eu não tive a noção de ver nascer um homem.
E ao que eu vejo,
Tudo foi para ti
Uma estúpida canção que só eu ouvi!
E eu fiquei com tanto para dar!
E agora
Não vais achar nada bem
Que eu pague a conta em raiva!
E pudesse eu pagar de outra forma!
Ouvi dizer que o mundo acaba amanhã,
E eu tinha tantos planos pra depois!
Fui eu quem virou as páginas
Na pressa de chegar até nós;
Sem tirar das palavras seu cruel sentido!
Sobre a razão estar cega:
Resta-me apenas uma razão,
Um dia vais ser tu
E um homem como tu;
Como eu não fui;
Um dia vou-te ouvir dizer:
E pudesse eu pagar de outra forma!
Sei que um dia vais dizer:
E pudesse eu pagar de outra forma!
A cidade está deserta,
E alguém escreveu o teu nome em toda a parte:
Nas casas, nos carros, nas pontes, nas ruas.
Em todo o lado essa palavra
Repetida ao expoente da loucura!
Ora amarga! ora doce!
Pra nos lembrar que o amor é uma doença,
Quando nele julgamos ver a nossa cura!

 



publicado por olhar para o mundo às 10:04 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Sem Palheta - Camané cant...

Ornatos Violeta: os fãs q...

Ornatos Violeta - A dama ...

Ornatos Violeta - Dia Mau

Ornatos Violeta anunciam ...

Os tUnE-yArDs e os Ornato...

Ornatos Violeta no festiv...

Ornatos Violeta - Pára-me...

Ornatos Violeta nos Colis...

Ornatos Violeta - Mata-me...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds