Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Música e Letra : O Martim Com olhos desse tamanho Eu mergulho no castanho E afogo no verde sem querer Tens um sorriso sincero Que é vivido e sabido E é malandro sem o ser Deixas o tempo ao deitar Do mundo sabes descansar Fazes isso tão bem Deixas-me ser e crescer também Fazes isso tão bem E eu não quero saber de mais ninguém Cada vez que te vejo Eu derreto em desejo Não consigo esconder A mesa já está vazia E nada mais me sacia A fome de te morder (...)
  Letra   em vida de casal o mundo só me queria a mim propostas de homens e senhoras às quais eu nunca disse sim era censurado o que as pesssoas me queriam fazer fantasias complicadas que eu nunca cheguei a conhecer e agora que o tempo me deixou desocupado parece que a multidão foi passear para outro lado agora que eu tenho horas pra gastar agora que eu tenho horta para plantar tenho flores, mas não tenho a quem dar passava dias a evitar olhares da menina do café d (...)
  Letra   quero parar e sentar-me no chão quero sentir o calor da tua mão quero mexer-te sem te tocar quero-te ver e não ter que olhar quero dançar sem contar pulsação quero cantar sem ouvir afinação eu quero ser sem ter que aqui estar quero fazer e não ter que inventar vontade é o que eu sinto não quero ser segredo eu quero ser instinto eu já não sei do medo quando paramos de pensar há um sítio para onde vamos é aí que eu quero estar quando (...)
  O Martim lança Novo Single: "Quando Paramos de Pensar" "Quando Paramos de Pensar" marca o início de uma nova era d´O Martim. Desde o velhinho "Em banho Maria" que os passeios pelo Cais do Sodré que acabavam em Lux eram a principal fonte de inspiração. Mas a narração do exagero e da decadência nocturna e humana são assuntos que estão (...)
  Letra   de 5 em 7 dias muda o tamanho dos teus pés no sabado ainda sabia mas é segunda eu já não sei quem és pra ti as vezes a cama é grande e outras vezes nem cabes lá um dia gostas de brincar na cozinha e outro dia é no sofá ó tu que gostas tanto das minhas pestanas porque é que o teu cheiro é tão diferente todas as semanas? escolher o prato errado, no teu nome não acertar mudas de 5 em 7 dias não te zangues se eu me enganar o numero das tuas fobias (...)
  Letra   ele quer provar ser o que não é em qualquer batalha ele é o único a sair de pé faz de tudo pra não passar indiferente não interessa o tópico, ele é utópico e melhor que toda a gente dá ar de trabalhador, esconde a verdadeira herança quando fala com as amigas guarda na algibeira a aliança desaperta a gravata que tanto lhe aperta o pescoço e alimenta o fraco ego na casa de banho com o saquinho que traz no bolso tão bom que ele podia ser, mas tudo o (...)
    Letra   não há forma para dizer o que não se quer entender estar a par da resolução mas o feito não se faz do pé pra mão selectiva a memória se é para por o pé no chão certezas que se escondem para tomar a decisão negar o que é evidente e o não querer acreditar parar é tão dificil quando é fácil começar vai ter de ser... procurar por culpa em alguém é desculpa para não querer fazer construir desabituação é coisa que não faz bem ao coração (...)
    Letra   em vida de casal o mundo só me queria a mim propostas de homens e senhoras às quais eu nunca disse sim era censurado o que as pesssoas me queriam fazer fantasias complicadas que eu nunca cheguei a conhecer e agora que o tempo me deixou desocupado parece que a multidão foi passear para outro lado agora que eu tenho horas pra gastar agora que eu tenho horta para plantar tenho flores, mas não tenho a quem dar passava dias a evitar olhares da menina (...)
  Letra   enquanto esperava fui-me alimentando enquanto esperava fui fazendo e trabalhando enquanto esperava esqueci-me porque é que o fazia enquanto esperava do nada nasceu outro dia será que era suposto não fazer? não cheguei a perceber será que era suposto eu deixar ser? não cheguei a perceber agora durmo tão bem... já nem me lembro o que é que era se foi outono ou primavera já nem me lembro o que é que era se foi outono ou primavera enquanto esperava (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email