Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   A letra é a original do Carmos do Carmo   Lá vai no mar da palha o cacilheiro, Comboio de lisboa sobre a água: Cacilhas e seixal, montijo mais barreiro. Pouco tejo, pouco tejo e muita mágoa. Na ponte passam carros e turistas Iguais a todos que há no mundo inteiro, Mas, embora mais caras, a ponte não tem vistas Como as dos peitoris do cacilheiro. Leva namorados, marujos, Soldados e trabalhadores, E parte dum cais Que cheira a jornais, Morangos e flores. Regressa (...)
  Letra   Lá vai no Mar da Palha o Cacilheiro, comboio de Lisboa sobre a água: Cacilhas e Seixal, Montijo mais Barreiro. Pouco Tejo, pouco Tejo e muita mágoa. Na Ponte passam carros e turistas iguais a todos que há no mundo inteiro, mas, embora mais caras, a Ponte não tem vistas como as dos peitoris do Cacilheiro. Leva namorados, marujos, soldados e trabalhadores, e parte dum cais que cheira a jornais, morangos e flores. Regressa contente, levou muita gente e nunca se cansa. (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email