Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    Prado é um trio instrumental de Lisboa formado por Nuno Damião na guitarra, Francisco Artur no contrabaixo e Flávio Pena na bateria em 2013. Apresenta um rock orgânico, textural e por vezes improvisado.         Em Abril de 2014 fez as primeiras gravações com captação, mistura e masterização de André Pinheiro. Para a imagem e design (...)
  Os Passos Em Volta são putos, muito putos, e queriam fazer barulho. Têm três guitarras, um par de berros e a urgência de quem é novo e acredita. “Até Morrer”, o primeiro disco, acaba de nos cair em cima No início de Julho deste ano fomos a um subúrbio chamado Casal do Chapim, em Odivelas, na cintura externa de Lisboa, para entrevistar um rapaz que acabava de lançar o seu segundo disco na Net, um rapaz que dá pelo nome artístico Cão da Morte. Quando o encontrámos, na (...)
  Já se encontra nas lojas o novo trabalho do jovem quarteto Prana, "Trapo Trapézio".   Trata-se de um disco com onze temas que foi gravado no Verão de 2010 nos estudios da Valentim de Carvalho sob a direcção de Nelson Carvalho.   Neste novo trabalho, os Prana "mostram simultaneamente o seu lado mais dançante e o mais negro, numa coreografia sonora cujo tema é e reflecte a Vida".   Para a banda "os 11 temas que constituem o álbum surgem como capítulos que marcaram a vida de (...)
27 Jun, 2011

Os Eléctricos

Música para-popular portuguesa com esteróides? Swingabilly? Ié-Ié Tuga? Punkvalsa? Skanetismo (ska+cançonetismo)? Tango-western ou música para baile de finalistas? Com Os Eléctricos todas estas categorias valem, pois sintetizam a sua missão: animar crianças, jovens, adultos e idosos (com e sem bengalas, agulhas de crochet e baralhos de cartas). Neste primeiro álbum d’Os Eléctricos, editado pela Sony Music e produzido por Miguel Castro, o grupo evoca o charme alfacinha (...)
  Estão longe de ser novatos, mas para Alexandre Soares e Ana Deus, o momento está a ser vivido como se fossem, com o seu novo projecto, os Osso Vaidoso, a circularem nos últimos meses de boca em boca, graças a blogues, redes sociais e sítios da Rede. Nos anos 80 ele foi um dos fundadores dos GNR e uma das guitarras mais imaginativas de sempre da cultura pop portuguesa. Ela era uma das vozes dos Ban. Nos anos 90 juntaram-se para os Três Tristes Tigres, autores de três álbuns - (...)
  A banda de Alcobaça chamou a atenção em 2010 depois de ganhar o concurso U Rock, por decisão de um júri composto por várias e ilustres figuras da industria musical portuguesa. Foram, ainda, finalistas do Festival de Música de Alcácer do Sal, do Rock Rendez Worten (categoria “Rock”) e mais recentemente do Festival de Música de Corroios.   Gravado nos Marduc Studios e produzido por Diogo Freire e Marco Jung (Dapunksportif; Os Dias de Raiva), “Aquela Cidade” alinha sete (...)
  Os Foxrot apresentam-se como uma banda original, no resultado de uma junção de sons e instrumentações diferentes. Um estilo livre, uma forma de bem-estar na produção e criação de música. Já tocaram em diversos palcos a nivel nacional, e participaram em programas de televisão tais como o "A de Autor" - RTP 2 e em concurso de bandas como o 14º Festival de Música Moderna de Gondomar (onde obtiveram o 2º lugar), no friday-rock-sessions (arrecadando o 1º prémio) e no (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email