Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

      As 3 Marias e Simone de Oliveira partilham em espetáculo uma viagem musical através de alguns dos seus grandes êxitos. Esta cumplicidade deu origem ao tema bónus “No teu Poema”, inserido na reedição do álbum “Bipolar”.   Cine Teatro Constantino Nery, Teatro Municipal, dia 28 de Fevereiro, às 21h30   Preço dos bilhetes: €12,50   À venda no Cine Teatro.   https://www. (...)
  Letra   No teu poema Existe um verso em branco e sem medida Um corpo que respira, um céu aberto Janela debruçada para a vida. No teu poema Existe a dor calada lá no fundo O passo da coragem em casa escura E aberta, uma varanda para o mundo. Existe a noite O riso e a voz refeita à luz do dia A festa da senhora da agonia E o cansaço do corpo que adormece em cama fria. Existe um rio A sina de quem nasce fraco ou forte O risco, a raiva, a luta de quem cai ou que resiste Que (...)
    letra   No teu poema Existe um verso em branco e sem medida Um corpo que respira, um céu aberto Janela debruçada para a vida. No teu poema Existe a dor calada lá no fundo O passo da coragem em casa escura E aberta, uma varanda para o mundo. Existe a noite O riso e a voz refeita à luz do dia A festa da senhora da agonia E o cansaço do corpo que adormece em cama fria. Existe um rio A sina de quem nasce fraco ou forte O risco, a raiva, a luta de quem cai ou que resiste Que (...)
  Letra   No teu poema Existe um verso em branco e sem medida Um corpo que respira, um céu aberto Janela debruçada para a vida. No teu poema Existe a dor calada lá no fundo O passo da coragem em casa escura E aberta, uma varanda para o Mundo. Existe a noite O riso e a voz refeita à luz do dia A festa da Senhora da Agonia E o cansaço do corpo que adormece em cama fria. Existe um rio A sina de quem nasce fraco ou forte O risco, a raiva, a luta de quem cai ou que resiste Que (...)
  Letra   No Teu Poema   No teu poema Existe um verso em branco e sem medida Um corpo que respira, um ceu aberto Janela debruçada para a vida O teu poema Existe a dor calada la no fundo O passo da coragem em casa escura E aberta uma varanda para o mundo Existe a noite O riso e a voz refeita a luz do dia A festa da senhora d'agonia e o cansaco Do corpo que adormece em cama fria Existe um rio A sina de quem nasce fraco ou forte O risco a raiva e a luta De quem cai ou que resiste (...)
  Letra   No Teu Poema   No teu poema Existe um verso em branco e sem medida Um corpo que respira, um ceu aberto Janela debruçada para a vida O teu poema Existe a dor calada la no fundo O passo da coragem em casa escura E aberta uma varanda para o mundo Existe a noite O riso e a voz refeita a luz do dia A festa da senhora d'agonia e o cansaco Do corpo que adormece em cama fria Existe um rio A sina de quem nasce fraco ou forte O risco a raiva e a luta De quem cai ou que resiste (...)
  Letra   No teu poema Existe um verso em branco e sem medida Um corpo que respira, um céu aberto Janela debruçada para a vida. No teu poema Existe a dor calada lá no fundo O passo da coragem em casa escura E aberta, uma varanda para o Mundo. Existe a noite O riso e a voz refeita à luz do dia A festa da Senhora da Agonia E o cansaço do corpo que adormece em cama fria. Existe um rio A sina de quem nasce fraco ou forte O risco, a raiva, a luta de quem cai ou que resiste Que vence (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email