Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  O festival “Rotas & Rituais” deu ontem, 18 de Novembro, continuidade ao seu programa através da realização de um concerto de Nancy Vieira. Numa noite chuvosa e de grande temporal, na sala 1 do Cinema São Jorge o clima manteve-se quente com a musicalidade e a vivacidade dos temas interpretados pela cantora cabo-verdiana.    Acompanhada por uma banda composta por cinco músicos que emanam alegria enquanto tocam, Nancy Vieira cantou as tão típicas “mornas” (...)
Letra   vem só, sem nada sem nada a mais do que deus deu se deu e não se arrependeu ele lá sabe o que fazia vem só, sem nada vem arrastar a tua asa fazer das minhas tua casa saber porque é que deus sorria   vem só, sem nada ninguém vai lançar mau olhado porque não há mal nem pecado em cegar de tanto querer vem só, sem nada deixa o teu olhar descobrir o meu, que eu tenho de partir mas volto um dia pra te ver ai, deixa ver onde o teu peito desagua (...)
      Letra   Pára de chorar E dizer que nunca mais vais ser feliz Não há ninguém a conspirar Para fazer destinos Negros de raiz Pára de chorar Não ligues a quem diz Que há nos astros o poder De marcar alguém Só por prazer Por isso pára de chorar Carrega no batom Abusa do verniz Põe os pontos nos Is Nem Deus tem o dom  De escolher quem vai ser feliz Pára de sorrir E exibir a tua felicidade Só por leviandade Se pode sorrir assim Num estado de graça  Que até (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email