Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    letra   Beijei teu retrato, esborratou-se a tinta, num corpo abstracto que a saudade pinta... E a esquadrinhar teus traços já dei por mim louca: ‘Diz-me lá, Picasso, onde ele tem a boca?’ Esse teu retrato vou expô-lo em Paris, já usado e gasto ver se alguém me diz onde é que te encontro, se não te perdi... Por te ter chorado desfiz o meu rosto e num triste fado encontrei encosto. Dei-me a outros braços mas nada que preste... ‘Diz-me lá, Picasso, que amor é este?’ (...)
  A cantora Cristina Branco afirma que está a gostar mais de fado e, pela primeira vez, gravou melodias tradicionais como o fado Súplica e o Menor do Porto, no novo álbum a editar dia 28. «Cada vez gosto mais de cantar fado. Cada vez tem mais a ver comigo. Estou a descobrir mais coisas quando canto», disse a intérprete à Lusa. A «paixão» guiou a construção do novo álbum intitulado Não Há Só Tangos em Paris, que procura ser «um ponto de interacção entre o fado e o tango» (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email