Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    Letra   Eu canto com os olhos bem fechados Que o maestro dos meus fados É quem lhes dá o condão E assim não olho pra outros lados Que canto de olhos fechados P'ra olhar pra o coração   Meu coração é fadista de outras eras Que sonha viver quimeras em loucura desabrida Meu coração, se canto, quase me mata Pois cada vez que bata, rouba um pouco a minha vida   Ele e eu, cá vamos sofrendo os dois Até que um dia depois dele parar pouco a pouco Talvez (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email