Domingo, 22.10.17

 

Letra

 

eu vou falar
um pouco pra que?
…vou falar pa quem?
vou dar mais do que eu tenho e mais do que quem tem…
pra que?
pa ser um zé ninguém!

disseram-me que a vida é feita de sonhos
mas eu tou com sono não da pra sonhar!
perguntaram na escola, no tempo dos contos,
quais eram os sonhos que eu queria alcançar…

queria realizar muita coisa…
foi-se a força… vai-se às vezes…
queria uma família, uma cria nos braços
e não tantos nomes nessas paredes

união pros rapazes,
vi ases da bola suar camisolas no palco,
falo da rua e assaltos…

fizeram bazar qualquer base
disseram-me “pedro tás quase”

é um facto!
fui atrás do que é meu…
com guerra e paz
fui atrás e fui eu… o culpado do q o karma trás

ou do que ele trouxe…
é frequente, a vida dá troco
e eu não me contento com pouco
só lamento um momento ou outro
tempo bem louco… sorriso no rosto!

e aqui tou no posto a dizer o que eu quero…

com palavras a ser sincero,
qualquer desgosto ja foi um martelo
ainda ha juízes a meter o nariz e são bués,
…não exagero

as vezes eu penso em bazar
… começar do zero…
mas mano se ha uma missão, então,
eu reconsidero

EU VOU DIA A DIA
NEM SEMPRE É COMO EU QUERIA
CA DENTRO SOMENTA A MAGIA
QUEM SENTE SABE QUE ARREPIA…

SABE QUE NADA DURA PRA SEMPRE
É TARDE SE A CURA FOR A DOENÇA,
É TARDE SE A POSTURA NÃO COMPENSA
MARCA A DIFERENÇA!

EU VOU DIA A DIA
NEM SEMPRE É COMO EU QUERIA
CA DENTRO SOMENTA A MAGIA
QUEM SENTE SABE QUE ARREPIA…

 

SABE QUE NADA DURA PRA SEMPRE
É TARDE SE A CURA FOR A DOENÇA,
É TARDE SE A POSTURA NÃO COMPENSA
MARCA A DIFERENÇA!

passando uma beca à frente,
tou na back sempre de quem me rodeia
andando já bem diferente,
com uma mala sempre e barriga cheia!

aquilo que era diferente,
é que antigamente a vida era cheia,
de momentos que pa nossa gente,
faz sempre ser crente que é pa vida inteira…

prometi a mim mesmo que o ia fazer,
só prazer, ninguém me obrigava
amigos de infância eu vi-os crescer,
conheci quem ouvia sem lhes ver a cara

…palavras são pagas
e algumas são pagas com o corpo,
tar vivo ou tar morto,
activo ou no lodo,
mano, quanto custa o conforto?

também não sei, pago pa ver,
nunca quis ser capa, quis matar a sede,
de quem por bem trata ou tratou mais cedo,
a vida é brinquedo, e tu só experimentas,

tu erras e depois lamentas,
és inocente, no fundo tu tentas,
é peso que aumentas,
cada falha dá-te algo, pelo que tu representas,

brinda à raiz, Mem Martins,
um aprendiz, palavras pra que?
querem saber do Bispo
e daquilo que eu fiz e eu na minha a riscar à vontê,

parece cliché? parece o c*!
não tenho q provar o que eu valho,
eu arrisco por isso é que eu falho
e tá visto que invisto eu trabalho!

e… antes que seja tarde,
que o mundo acabe
que eu enloqueça,

fico mais um bocado,
acordado…
e mato a cabeça!

e… antes que esta vontade,
vá pra outro lado
ou desapareça,

eu corro mais um bocado
como se o cansaço
fosse uma doença!

EU VOU DIA A DIA
NEM SEMPRE É COMO EU QUERIA
CA DENTRO SOMENTA A MAGIA
QUEM SENTE SABE QUE ARREPIA…

SABE QUE NADA DURA PRA SEMPRE
É TARDE SE A CURA FOR A DOENÇA,
É TARDE SE A POSTURA NÃO COMPENSA
MARCA A DIFERENÇA!
(2x)

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 04.10.16

 

Letra

 

É meia-noite e eu tou pronto
porque o puto baliza
saturday nigth fever
e o meu corpo precisa
da brisa inofensiva
que me arranja o paleio
pa uma mini-saia curta
e toda a gente de copo cheio
meio torto endireito o corpo
em qanto posso
pela noite fora
tou numa de martini rosso
penaltisbox só para manter
a pose plena
cabanispucis mas eu qero esta morena
medidas perfeitas de sexapil
qe me captem qando rodo
em rotação covilhil
perfil perfeito
tá' feito
o meu pé direito avança
enqanto aqela anca não se cansa
mexe enqanto dança
tou sem palavras
já olhaste para mim
tu só sorris e isso por norma é um sim
mas nem tens qe dizer nada
o teu olhar é um fonema
fiqei enfeitiçado nesse tom de pele morena
cabelo escuro como a noite qe te acompanha
eu sei qe qalqer homem
não te pode ter estranha
esse charme qe me atrai de forma mais descontória
como se os meus olhos tivessem vontade própria
só previsão meti-te qatro num qarto trancado
corpo cansado, suado e relógio barato
desperto chego perto, certo só tenho a coragem
do plano qe eu não tinha para planear uma abordagem


oh oh oh oh
oh oooh oh
vem morena vem qero te ter ao pé de mim
fazes-me sentir como eu nunca me senti

oh oh oh oh
oh oooh oh
deixas-me á toa, a imaginar o teu sabor
qero o teu mel e sentir o teu calor

o teu olhar é (?)e insistes pra qe ninguém note
e eu faço um sorriso aberto e grande como o teu
decote
aproximação num canto escuro onde não está ninguém
e atacas-me com um susurro qe eu não entendi bem
não sei se é xaxo, achar-me qe as mais belas preferem
sou Royalistick e é com o Royalistick qe elas qerem
mas avanço e a confiança
danço sem saber a dança
mexe comigo qe enqanto tiver vida eu tenho esperança
qe uma qimica a dois depois de aproximações a mais
não sei com qem entraste mas é comigo qe tu sais
latina sexy quente xlibris de mulher
qero te dizer tudo agora mas sinto qe deixei qalqer
não vale a pena a minha fala não te engana
tu vês qe eu já te vejo
é mais qe um beijo na minha cama
mas só sorris e pões a mão no meu rosto
repetes o susurro qe eu não tinha ouvido á pouco
qeres saber qem sou, donde venho, como qem sonda
não digo logo tudo, a noite promete ser longa
e como qem não qer pôr longa
a noite e o outro dia
como qem pensa qe a qimica passa relação de vida
cumplicidade nos sorrisos está confirmado
cartão pago, bora, beber um copo a outro lado
a noite decide o resto do plano
como outro som
da tua voz baixinho no suspiro do plano bom


oh oh oh oh
oh oooh oh
vem morena vem qero te ter ao pé de mim
fazes-me sentir como eu nunca me senti


oh oh oh oh
oh oooh oh
deixas-me á toa, a imaginar o teu sabor
qero o teu mel e sentir o teu calor

oh oh oh
oh oooh oh oh
vem morena vem qero te ter ao pé de mim
fazes-me sentir como eu nunca me senti

oh oh oh oh
oh oooh oh
deixas-me á toa, a imaginar o teu sabor
qero o teu mel e sentir o teu amor

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 25.08.14

 

 

Letra

 

 

É, morena, tá tudo bem
Sereno é quem tem
A paz de estar em par com Deus
Pode rir agora
Que o fio da maldade se enrola

Pra nós, todo o amor do mundo
Pra eles, o outro lado
Eu digo mal me quer
Ninguém escapa o peso de viver assim
Ser assim, eu não
Prefiro assim com você
Juntinho, sem caber de imaginar
Até o fim raiar

Eu digo mal me quer
Ninguém escapa o peso de viver...
Eu não
Prefiro assim junto com você
Até o fim raiar



publicado por olhar para o mundo às 08:23 | link do post | comentar

Quinta-feira, 17.07.14
Tiago Bettencourt


TIAGO BETTENCOURT

Novo vídeo "Morena"

Tiago Bettencourt tem um novo video. "Morena", realizado por Fernando Mamede e com a participação de Carolina Torres, é o novo vídeo para "Do Princípio", o mais recente disco do músico.

O vídeo surge poucos dias depois de um aclamado concerto no festival NOS Alive.Tiago Bettencourt atuou no primeiro dia do evento, no palco Heineken, tendo tocado no mesmo espaço que os Elbow, Kelis e Temples, por exemplo.

O primeiro vídeo de "Do Princípio", "Aquilo que não fiz", está perto de atingir as 200 mil visualizações no YouTube. De sublinhar também que o novo disco do músico teve entrada direta na tabela dos dez álbuns mais vendidos em Portugal.

"Aquilo que não fiz", o primeiro single, é também música de destaque de um vídeo promocional da SIC Notícias.


publicado por olhar para o mundo às 10:57 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.05.14

 

Letra

 

Morena

Esta morena não sabe
O que o dia tem para lhe dar
Diz-me que tem namorado
mas sem paixão no olhar
Tem um risinho pequeno
E que só dá de favor
Corpo com sede de quente
Mas que não sente o calor

Esta morena não dança
Quando lhe mostro Jobim
Talvez não goste da letra
Talvez não goste de mim
Cabelo negro sem regra
Caindo em leve ombro nu
Feito de morno passado
e amor que nunca cegou

Morena no fundo quer tempo para ser mulher
Morena não sabe bem, mas eu no fundo sei
Que quando o véu lhe cai
Quando o calor lhe vem
Sempre que a noite quer
Sonha comigo também

Há sítios que ela não usa 
Por não saber que estão cá
Há mares que ela não cruza
Por não ser eu a estar lá
É de mim que ela precisa
Para lhe dar o que não quer
Talvez lhe mostre caminhos
Onde se queira perder

Esta morena não chora
Com um fado negro de Oulman
Nem com um poema de O neil
Na primeira luz da manhã
Sabe de tantos artistas
Canta-me letras de cor
Mas não lhe passam por dentro
Não lhes entende o sabor
...

Esta morena não corre quando a chamo para mim

E quando ela foge
Tanto lhe faz
Quando eu me vou
Morena não vem atrás...

 

 

1º single do disco "do princípio" de Tiago Bettencourt

Letra e Música Tiago Bettencourt

Tiago Bettencourt - Voz e guitarras
Fred Ferreira - Bateria
João Lencastre - Bateria
Tiago Maia - Baixo
Daniel Lima - Hammond, Teclados



publicado por olhar para o mundo às 20:48 | link do post | comentar

Domingo, 20.10.13

 

Letra

 

Não negues, confessa
Que tens certa pena
Que as mais raparigas
Te chamem morena.

 

Pois eu não gostava,
Parece-me a mim,
De ver o teu rosto
Da cor do jasmim.

 

Eu não... mas enfim
É fraca a razão,
Pois pouco te importa
Que eu goste ou que não.

 

Mas olha as violetas
Que, sendo umas pretas,
O cheiro que têm!
Vê lá que seria,
Se Deus as fizesse
Morenas também!

 

Tu és a mais rara
De todas as rosas;
E as coisas mais raras
São mais preciosas.

 

Há rosas dobradas
E há-as singelas;
Mas são todas elas
Azuis, amarelas,
De cor de açucenas,
De muita outra cor;
Mas rosas morenas,
Só tu, linda flor.

 

E olha que foram
Morenas e bem
As moças mais lindas
De Jerusalém.


E a Virgem Maria
Não sei... mas seria
Morena também.

Moreno era Cristo.


Vê lá depois disto
Se ainda tens pena
Que as mais raparigas
Te chamem morena!





publicado por olhar para o mundo às 17:42 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Bispo - Depoimento part. ...

Royalistick feat Virgul -...

Tiago Iorc - Morena

TIAGO BETTENCOURT - Novo...

Tiago Bettencourt - Moren...

Rodrigo Costa Félix com K...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds