Sábado, 03.06.17

 

Letra

 

[Verso 1 - Mk Nocivo]
Enquanto fui puto eu sempre tive, uma enorme pressa para crescer
Sem nunca saber pro que corria, sem nenhuma noção do que ia ser
Eu sonhava com essa liberdade, que uma maior idade me iria dar
Sem nunca pensar na verdade, que me sentisse preso ao lá chegar

Outrora tive um olhar mais puro
Também um sorriso bem mais rasgado
Um miúdo ansioso pelo futuro, agora com saudades do seu passado
Uma criança cheia de esperança, que tinha uma vida sem dilemas
De um bolso cheio de guloseimas, a uma cabeça cheia de problemas

Em criança sempre odiei o escuro, eu tinha receios tinha temores
Depois cresci e foi aí que eu vi
Não é lá que estão os maiores horrores
Vi a mentira e oportunismo, vi troca de valores por um salário
Senti o veneno numa amizade, saudades do amigo imaginário

Saudades de cair, fingir que não doeu
Como com amizades que deixei ir
Saudades de ver pequenas coisas, darem-me mais motivos para sorrir
E sem nunca recear tropeçar, bastava um beijo para curar tudo
Hoje em dia bem mais negativo, assim ao menos não me desiludo

[Refrão - Filipe Ribeiro]
Eu quero voltar a ser criança (x3)
E nós com vontade de crescer (x3)
Eu quero voltar a ser criança (x1)
Com vontade de crescer (x1)

[Verso 2 - Mk Nocivo]
Saudades de estar deitado no chão
Para poder contemplar as estrelas
Hoje mesmo preso na escuridão, nem neste escuro consigo vê-las
Para poder acalmar esta dor, é com mesmo fervor então que eu rimo
Pois já não sendo uma criança, dores não passam só com um mimo

Vivia sem nenhum compromisso, e parecia sempre viver com pressas
No Natal a lista de desejos, passou a ser uma lista de tarefas
Tinha uma inocência contagiante, hoje já nem conselhos eu consulto
Queria voltar a ser uma criança, para voltar a acreditar num adulto

Saudades de ter, uma vida pacata
E eu que pensava, que ela era chata
Quando não havia, responsabilidade, E sem sentir o, peso da idade
Feliz a esfolar, joelhos cotovelos, Dormir sem, remorsos e pesadelos
Mas queres saber, qual é o meu medo? Não dizer tudo, e morrer cedo

Ser uma criança que sonha, rir alto e chorar sem vergonha
Não se preocupar que se exponha, pois juízo não há quem lho ponha
Agora adulto eu sonho, voltar atrás enquanto suponho
Sem volta no mundo medonho, resta sorrir enquanto decomponho

[Refrão - Filipe Ribeiro]
Eu quero voltar a ser criança (x3)
E nós com vontade de crescer (x3)
Eu quero voltar a ser criança (x1)
Com vontade de crescer (x1)

 

Letra/Voz: MK Nocivo

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.01.17

 

 

Letra

 

Sabemos que a vida de emigrante não é fácil
Tem de se ter força de vontade e ser ágil
Ter de ouvir, engolir e ainda fingir ser feliz
"Trabalha e está calado, senão volta para o teu país"
Mas e quem cá fica neste caso uma filha
é que sempre que o telefone toca o seu olhar brilha
Mas também se arrepia pode ser uma má noticia
mas a voz do outro lado responde com uma carícia

"Tenho tantas saudades"é a frase mais dita
Com Portugal a ir ao fundo tiveram de se fazer à vida
Se pudessem tinham ficado nunca teriam emigrado
O que juntaram em 20 anos já foi todo para o estado
Que destrói um país, que nem os seus mantém cá dentro
No entanto, eles lá fora recordam com consentimento
Lágrimas partilhadas no final de mais um dia
Ambas pela cidade pela casa meia vazia
Sentir falta de um abraço que afastasse a tristeza
De uma boa conversa ou simples convívio à mesa
E um ano a contar dias à espera que chegue o verão
para voltar a abraçar aqueles que tens no coração

Sentes o suplicio, a saudade é maior
Nada é propicio, sem família em redor
É o sacrifício, muito sangue e suor
Pelo beneficio de uma vida melhor

Telefonemas vão servindo para encurtar distâncias
Mas vida de emigrantes não luxo e extravagâncias
Não é um mar de rosas como muitos subentendem
Aquilo que digo aqui todos os emigrantes sentem
Coragem para deixar tudo e sem nenhuma certeza
Para poder ter um sustendo e poder meter comida na mesa
O mais básico da vida conseguido com sacrifício
Muitas horas de trabalho em mais de um ofício

Dar tudo pelos seus ansiando a hora de voltar
Saber o que é saudade ouvir fado sem chorar
Regressam no verão a quem sempre lhes foi fiel
Apontados por outros que nunca os sentiram na pele
Ali vem o emigrante a causar alvoroço
Gozam com o sotaque mas não reconhecem o esforço
Não se acham superiores por viverem no estrangeiro
Certamente prefeririam estar com a família a tempo inteiro

Sentes o suplicio, a saudade é maior
Nada é propicio, sem família em redor
É o sacrifício, muito sangue e suor
Pelo beneficio de uma vida melhor

Acordas durante a noite assustada e mal disposta
Gritas pelos teus pais mas não obtens resposta
Corres para o quarto vazio onde eles se deitavam
Se não fosse este país de merda eles ainda cá estavam
Mas aqui não há sustento, é impossível ter uma vida
Depois das contas pagas não há dinheiro para comida
Idosos incapacitados lá fora recebem o subsidio
enquanto que em Portugal, eles pensam no suicídio

Eles optaram e partiram com a saudade da companhia
e também a filha sente a dor como se fosse telepatia
Agora trabalham sem folgas, dia e noite, bem ou mal
Pensando em reencaminhar esse dinheiro para Portugal
Por condições financeiras um patrão autoritário
não puderam estar presentes nem no teu aniversário
O amor é incondicional estás debaixo do seu escudo
Tem calma amor, um dia serás tu a dares de tudo

Sentes o suplicio, a saudade é maior
Nada é propicio, sem família em redor
É o sacrifício, muito sangue e suor
Pelo beneficio de uma vida melhor
(2x)

Saudade aperta

Eu não sou filho de emigrantes
Mas da maneira que isto anda
o mais certo é eu ser um filho emigrante.

 

Letra: MK Nocivo
Voz : MK Nocivo & Vanessa Martins

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

filhadeemigrante.jpg

 

 
MK NOCIVO acaba de lançar há poucos dias o seu novo videoclip "Filha de Emigrantes" onde conta com a participação de Vanessa Martins (Semifinalista dos programas Ídolos-SIC e The Voice-RTP1. Vencedora da grande gala de fados do Porto em 2015.) 

Em menos de uma semana tornou-se viral e atingiu 160.000 visualizações (até à data deste e-mail), tendo sido partilhado pelo TáBonito, TáFixe, entre outros.

Este tema foi produzido pelo duo L.O.B. (Sérvia) e o video ficou a cargo da AM Produções.
 
É também o 3º single do novo álbum de MK Nocivo, "Pro Domo - Em Causa Própria" disponível em todas as plataformas digitais e em formato físico.
 
Recorde-se que MK Nocivo começou a despertar a atenção do público quando foi o vencedor do Rock Rendez Vous Worten em 2008 e desde então já ganhou o título de Membro Honorário dos Bombeiros Portugueses pelo tema "Soldado da Paz", foi finalista no Sumol Summer Fest e vencedor do NOS Live Act 2015, marcando presença no cartaz do NOS Alive nesse mesmo ano, tendo também pisado vários palcos de norte a sul do país como por exemplo o Hardclub no Porto ou o MusicBox em Lisboa.
 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 05.05.15

mknocivo.jpg

 

 

MK Nocivo é “O Mesmo de Sempre”

 

Com um novo trabalho à porta, MK Nocivo estreia já na próxima quinta-feira, dia 7 de maio, o single “O Mesmo de Sempre”. Este é o tema que antecipa o seu novo álbum, que será editado brevemente pela Music In My Soul.

 

O interesse de Jorge Rodrigues pelo Hip Hop despertou em 1998, depois de ouvir o clássico "It’s Like That" dos RUN DMC, e a sua primeira paixão foi o graffiti. Mas só em 2004 é que começou a escrever rimas e a produzir. A vontade de evoluir e aprender era enorme, assim como o sonho de possuir um registo em nome próprio. Ao longo dos anos, foi criando faixas soltas, organizando uns concertos e juntando dinheiro para o seu primeiro registo a solo – o "Capítulo Obsceno", que saiu em 2007. O dinheiro obtido com esse trabalho deu para comprar algum material e montar um home studio e, a partir daí, editou várias mixtapes que disponibilizou online para download gratuito.

 

O projeto MK Nocivo nasceu, oficialmente, em maio de 2004 e o primeiro concerto aconteceu em outubro, no Dia Mundial da Música, no Teatro Municipal de Bragança. Em termos de discografia, conta já com inúmeros trabalhos e colaborações. Além disso, foi vencedor do Rock Rendez Worten 2008 e finalista do concurso de bandas Sumol Summer Fest, em 2014.

 

“A excepção à regra, a prova que do nada nasce tudo” é como o próprio MK Nocivo se define. Isso mesmo poderá ser confirmado aquando da edição do seu novo álbum, que está para breve e do qual “O Mesmo de Sempre” é o single de apresentação.



publicado por olhar para o mundo às 20:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.02.14

 

Letra:

Estou aqui para ser directo, trago factos e argumentos
Aos pais das vítimas do Meco, apresento os meus sentimentos
Sei o que é amar alguém, e ter nos olhos aquele brilho
Mas não consigo imaginar, a dor de um pai que perde um filho

O meu nome é Jorge Rodrigues, sou frontal e sem truques
Eu também sou filho de alguém, e além de rapper sou Dux
Com orgulho e com pujança, eu fui praxado em Bragança
E foi neste instituto, que depositei a minha confiança

Eu nunca fui maltratado, nunca fui posto de lado
Nem tao pouco exposto a nada, considerado arriscado
Mas aqui fui ensinado, não só pelos professores
Hoje em dia recordo valores, incutidos pelos doutores

Esses mesmo eu tento, passar à próxima geração
A Praxe é um direito, nunca será uma obrigação
A Praxe aqui é integração, que pode mudar a tua vida
Sobretudo a quem se encontra, numa cidade desconhecida

Numa escola nova, povoada por desconhecidos
A Praxe é o primeiro passo, para criar laços afectivos
Aqui não existem humilhações, logo não generalizem 
Perguntem a quem aqui passou, e logo verão o que dizem


Aqui há espirito solidário, e sentido de camaradagem 
Não há actos violentos, nem actos de vassalagem
Em Bragança compreenderão, a pura praxe académica
Enquanto certos canais, só a destroem com polémica

Onde toda a gente opina, esse falatório é notório
Mas a Praxe não pode servir, como um bode expiatório
O que aconteceu foi uma tragédia, mas a culpa não é da Praxe
É de quem não sabe praxar, são uma vergonha para o Traje

Um DUX é um líder, um DUX é uma referência 
Se os caloiros dão a voz, ele tem que dar a consciência 
Nem toda a Praxe é igual, essa é a maior verdade
Mas com o traje vem sempre, dose de responsabilidade

A tragédia aconteceu, devido a ignorância maciça 
Só nos resta esperar, que seja feita justiça...



publicado por olhar para o mundo às 20:55 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Brincadeira de criança - ...

MK Nocivo - Filha de Emig...

MK NOCIVO apresenta o sin...

MK Nocivo é “O Mesmo de S...

MK Nocivo - Carta De Um D...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds