Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   (Refrão) Eu ganho a minha própria massa e compro tudo o que eu preciso Os meus niggas são tão loucos metem coisas nas bebidas Eu raramente tou sóbrio e passo noites sem dormir  Cotas todos a dizer que eu sou mais novo sem juizo Eu sou o mais novo sem juizo  (E ninguém vai me mudar) Eu sou mais novo sem juizo (É claro que eu vim do Bairro) Eu sou mais novo sem juizo (E ninguem vai me mudar) Eu sou mais novo sem juizo (E é claro que eu vim do bairro) (Verso Zara G) (...)
  Letra   (Refrão) Eu ganho a minha própria massa e compro tudo o que eu preciso Os meus niggas são tão loucos metem coisas nas bebidas Eu raramente tou sóbrio e passo noites sem dormir  Cotas todos a dizer que eu sou mais novo sem juizo Eu sou o mais novo sem juizo  (E ninguém vai me mudar) Eu sou mais novo sem juizo (É claro que eu vim do Bairro) Eu sou mais novo sem juizo (E ninguem vai me mudar) Eu sou mais novo sem juizo (E é claro que eu vim do bairro) (Verso Zara G) (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email