Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

31 Dez, 2016

MGDRV - MAROTO

  Letra   sabes que eu sou maroto sabes que eu sou maroto eu sou maroto eu sou maroto eu sou maroto eu sou maroto e eu sei que tu também és eu sou maroto eu sou maroto quero­-te da cabeça aos pés (2x) 1o verso (Pité) eu sou um pouco sou uma beca louco tu és um anjo dos meus dos que peca logo tu adoras a maneira como eu falo e jogo e como és do benfica vou levar­te ao colo ó'pa ti com esses olhos bem rasgados cintura bem fina e esse ass acentuado ó'pa nós a fazer um (...)
  Letra   Tu não tens um pingo de vergonha Tu não tens um pingo de vergonha E todo o homem sonha em ter alguém assim Tu não tens um pingo de vergonha Tu não tens um pingo de vergonha E todo o homem sonha em ter alguém assim Eu estou louco, tu não tens um pingo de vergonha. No meu corpo não há uma parte que se oponha. Dá-me um arrepio na pele, sinto água na boca, pois tu não esperas que eu suponha. Uma lady na mesa Uma louca na cama Fomos loucos sobre a mesa sem (...)
  Letra   Refrão: Abana a cabeça e não digas nada. Deixa só baitar os roots antes, tu não digas nada. Pensamento não é só negro. A minha mente, elevada. No momento, desligada. Um momento, chamada. É o diabo a quem eu hoje quero retirar o Prada. Enquanto uns perdem tempo a querer meter mc’s em covas, mato damas só com o meu sorriso e com duas covas. Parto camas novas, faço cenas novas. Abana a cabeça até doer este beat é sova. Este beat é droga até bate por arrasto. (...)
12 Jan, 2014

MGDRV - CASCAVEL

Letra [Intro] Agora, ele vai se vingar, a Cobra, vai fumar [Verse 1: Skillaz] Estou coberto de cobras, com uma espada de cobre Arma no coldre, gatilho na língua pois tenho fome, FOME Medieval chama-me Conan o Bárbaro Vingança serve-se fria e eu só sirvo bife tártaro Eu só sirvo bife tártaro, cobras Elas só comem bife tártaro Hey Hey Hey Hey O que eu não digo e não faço por não pensar em mim Hey hey hey hey O que eu não amo e não abraço por sorrir assim (x2) Querem (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email