Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    Letra   Dá-me liberdade     Já não tinha dinheiro Para comer nem beber A minha fonte secou O dinheiro parou de crescer, de entrar, de haver   Pedia esmola à porta da igreja onde o padre chegava E me pagava uma cerveja Um dia quis ter dinheiro pra comer Mas o padre disse que apenas havia pra beber   Vinho dum copo onde todos bebiam, Apanhei herpes nos lábios e pensei que tinha sida Só Deus me disse que a contaminação Apenas se fazia com sangue do coração (...)
    Letra   Eu canto a luz está no fundo lá longe mas quase perto há anos é um oásis que entendemos que é real por nos dizerem que é mar o fogo queima como a fome te mata e o tempo é real as coisas que nos dizem vão sempre, mas sempre acabar no mal vamos chorar, levantar e refratar é tempo de acordar!   Dá-me o que é meu nunca pedi para ter apoio teu fiz-me ao mar  nunca estive um dia sem trabalhar   Ainda vai chegar o dia em que tudo vai mudar estaremos no campo (...)
    Letra   Louco és tu!   Louco és tu! que inventas-te um sítio onde me sentisse nú, mas senti a tempo, que tinha de mudar para me esconder de ti, sabes porque te encontras num tempo vazio, algo que faz com que fiques frio, por ter medo de ti, ter medo de ser assim, espero que seja só eu a escolher   Hoje eu vi que por mais que seja assim, não terás de mudar para que a história tenha um fim   Olhos olhando nos olhos de quem olha por ti, cansado de ver e (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email