Sexta-feira, 17.11.17

 

letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

budda.jpg

 

 

" I Lost a Friend" é um dos temas que faz parte do álbum "The Blues Experience" do Budda Power Blues & Maria João.

Música que poderá ouvir ao vivo no dia 28 de Novembro na Casa da Música/ Sala Suggia | 21h30

 


Maria João: Voz
Budda Guedes: Voz, guitarras, composição e letras
Nico Guedes: Bateria e coros
Carl Minnemann: Baixo e coros



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 01.11.17
 

egberto.jpeg

 

Sobre a digressão de Maria João & Egberto Gismonti :
 
"Não tenho palavras para explicar o que aconteceu nestes últimos dois meses. Foi tudo incrivelmente intenso e repleto de música música música! Com o Egberto comecei uma parceria com que sonhava há muito tempo. Como ele diz: "Este é o principio do caminho, temos muito chão para caminhar."
  
Maria João
 
 
02 NOV | Budda Power Blues & Maria João |T heatro Circo de Braga - Nova Arcada Braga Blues
 
03 NOV |   Maria João e João Farinha | Cineteatro Alba- Albergaria-a-Velha

09  NOV | Maria João e João Farinha @ Video Lucem, filmes mudos musicados na igreja de S. Francisco | Faro

11 NOV - Budda Power Blues & Maria João  | Casa das Artes | Arcos de Valdevez
 
25 NOV - Budda Power Blues & Maria João | Casa da Criatividade | São João da Madeira

28 NOV - Budda Power Blues | Casa da Música | Porto 


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.10.17

budda.jpg

 

 
Budda Power Blues & Maria João 
Casa da Música | Sala Suggia 
28 de Novembro | 21H30 
 
"The Blues Experience" 
 
Maria João: Voz

Budda Guedes: Voz, guitarras, composição e letras

Nico Guedes: Bateria e coros

Carl Minnemann: Baixo e coros 


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.10.17

mariajoão.jpg

 

 

Após o sucesso de um espectáculo único no Festival Jazz de Ravello, Itália, que conquistou o público e a imprensa internacional, Maria João e Egberto Gismonti apresentam uma digressão europeia em conjunto.

O encontro entre Maria João (voz) e Egberto Gismonti (piano e guitarra de 10 cordas) une, ao vivo, duas das maiores forças e representações do não conformismo e da experimentação da cultura lusófona. A digressão, que começa em Portugal, tem ainda passagem assegurada por países como Alemanha, Áustria ou Hungria.

Maria João é hoje uma artista de referência no campo da música improvisada. Reconhecida mundialmente, cedo o seu talento ultrapassou fronteiras e já pisou os palcos dos principais festivais de jazz na Europa e no mundo, colaborando com artistas como Joe Zawinul , Bobby Mcferrin, Lenine, André Mehmari , Gilberto Gil, Egberto Gismonti, Aki Takase, Bobo Stenson, Gilberto Gil ou Manu Katché, entre muitos outros.

Próximo de completar cinco décadas de carreira, Egberto Gismonti construiu a sua obra com base na experimentação. O multi-instrumentista trabalha sonoridades e universos distintos, criando novas pontes e dinâmicas musicais. Tem uma vasta discografia editada mundialmente e tornou-se uma referência para a nova geração de músicos brasileiros, que começam agora a regravar as suas composições.

 

 


Maria João - voz
Egberto Gismonti - piano / guitarra 10 cordas

 

04 Out - Budda  Power Blues@ Vila Real
05 Out - Budda Power Blues@ Bragança 

Maria João & Egberto Gismonti (TOUR)

*09 Out @ CCB - 21h00
*11 Out @ Casa da Música - 21h30

12 Out @ Luxemburgo
13 Out @ Murnau am Staffelsee - Alemanha
15 Out @ Schloss Neuhardenber - Alemanha
16 Out @ Vienna
17 Out @ Budapest
18 Out @ Heidelberg- Alemanha
19 Out @ Lugano
20 Out @ Leipzig – - Alemanha 

27 Out - A Poesia de Aldir Blanc @ FOLIO, Óbidos



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 02.10.17

budda.jpg

 

 

“ I Lost a Friend” é um tema que se pretendia com um feel Portishead meets James Bond e Led Zeppelin. Versa sobre a perda de um amigo que abdicou dos seus sonhos para se dedicar à banalidade e rotina. Alguém que teve medo de perseguir os seus sonhos e entregou a vida de bandeja.


O solo da Maria João é soberbo e mostra o porquê de ser considerada uma das grandes vozes do mundo.



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 31.03.17

 

budda.jpg

 

BUDDA POWER BLUES & MARIA JOÃO
Apresentam 
"THE BLUES EXPERIENCE"
DIA 31 DE MARÇO - CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO - 22H00

 
 

"The Blues Experience" é o resultado da parceria inusitada entre, aquela que é considerada a melhor banda de Blues nacional, Budda Power Blues e a diva do Jazz, Maria João.

Falamos de um disco de Blues, mas desengane-se quem possa pensar que se trata de um exercício de estilo. Trata-se de Blues do século XXI, amplamente influenciado por todas as sonoridades que fazem parte do quotidiano de Maria João, Budda Guedes, Nico Guedes os intervenientes deste disco.

Composto por 10 canções que versam sobre assuntos muito pessoais e frequentemente autobiográficos, "The Blues Experience" é um disco que percorre várias linguagens do blues, resultado do desafio lançado por Budda Guedes a Maria João. Este álbum é editado com o selo da Mobydick Records.

Apesar de amplamente influenciado pelas raízes do Blues, o som de Budda Power Blues não se limita aos clássicos, considerando-se Budda Guedes um cidadão do novo milénio obrigando-se, por conseguinte a procurar novos rumos dentro do género, tal como fizeram todos os Bluesman que o antecederam.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.02.17

budda.jpg

 

 

"The Blues Experience" é o resultado da parceria inusitada entre, aquela que é considerada a melhor banda de Blues nacional, Budda Power Blues e a diva do Jazz, Maria João.


Falamos de um disco de Blues, mas desengane-se quem possa pensar que se trata de um exercício de estilo. Trata-se de Blues do século XXI, amplamente influenciado por todas as sonoridades que fazem parte do quotidiano de Maria João, Budda Guedes, Nico Guedes os intervenientes deste disco.


Composto por 10 canções que versam sobre assuntos muito pessoais e frequentemente autobiográficos, "The Blues Experience" é um disco que percorre várias linguagens do blues, resultado do desafio lançado por Budda Guedes a Maria João. Este álbum é editado com o selo da Mobydick Records.


Apesar de amplamente influenciado pelas raízes do Blues, o som de Budda Power Blues não se limita aos clássicos, considerando-se Budda Guedes um cidadão do novo milénio obrigando-se, por conseguinte a procurar novos rumos dentro do género, tal como fizeram todos os Bluesman que o antecederam.

 

Já com várias datas marcadas, o arranque da tour acontece no dia 02 de Março no CCB em Lisboa, pelas 21:00h.



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.02.17

buddaemariajoão.jpg

 

 

Budda Power Blues & Maria João 
"I feel so blessed"

 

"I FEEL SO BLESSED" foi a primeira música que Budda Guedes compôs para a voz da Maria João, e este vídeo ilustra, de forma despretensiosa, como foi o processo de gravação do tema, tanto nos estúdios da Mobydick, como no Teatro Camões em Lisboa.

 

 



Créditos do Vídeo:
Realização, Fotografia e Edição . Nico Guedes
Produtora . NEW ANIMATION LAB

 

Músicos
Vozes . Maria João
Composição, Produção Musical e Guitarras e vozes . Budda Guedes
Bateria, vozes e percussões . Nico Guedes
Baixo e vozes . Pedro Ferreira

 

FACEBOOK OFICIAL

CD "The Blues Experience"  | Pré - Venda


www.mobydickrecords.com


www.buddapowerblues.com

À venda a 3 de Março nas lojas habituais.

02 de Março no CCB - Pequeno Auditório, 21:00h
"The Blues Experience"

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.02.17

budda.jpg

 

Budda Power Blues & Maria João
02 de Março no CCB - Pequeno Auditório, 21:00h
"The Blues Experience"

 

Maria João: Voz
Budda Guedes: Voz, guitarras, composição e letras
Nico Guedes: Bateria e coros
Carl Minnemann: Baixo e coros
 


RESERVAS/INFORMAÇÕES: Ligue 1820  (24 horas) | A partir do Estrangeiro ligue +351 21 794 14 00


 

CD "The Blues Experience" 

 Pré - Venda em 
www.mobydickrecords.com
www.buddapowerblues.com

À venda a 3 de Março nas lojas habituais.


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Domingo, 29.01.17
 

budda.jpg

 


"The Blues Experience" é o resultado da parceria inusitada entre, aquela que é considerada a melhor banda de Blues nacional, Budda Power Blues e a diva do Jazz, Maria João.

Falamos de um disco de Blues, mas desengane-se quem possa pensar que se trata de um exercício de estilo. Trata-se de Blues do século XXI, amplamente influenciado por todas as sonoridades que fazem parte do quotidiano de Maria João, Budda Guedes, Nico Guedes os intervenientes deste disco.

Composto por 10 canções que versam sobre assuntos muito pessoais e frequentemente autobiográficos, "The Blues Experience" é um disco que percorre várias linguagens do blues, resultado do desafio lançado por Budda Guedes a Maria João. Este álbum é editado com o selo da Mobydick Records.

Apesar de amplamente influenciado pelas raízes do Blues, o som de Budda Power Blues não se limita aos clássicos, considerando-se Budda Guedes um cidadão do novo milénio obrigando-se, por conseguinte a procurar novos rumos dentro do género, tal como fizeram todos os Bluesman que o antecederam.
 
Já com várias datas marcadas, o arranque da tour acontece no dia 02 de Março no CCB em Lisboa, pelas 21:00h.
 
Dia 03 de Março o disco vai estar à venda numa loja perto de si.
 
 
 Single Promocional | " I Feel so Blessed" 


publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Sábado, 17.12.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.10.16

bianca.jpeg

 

 
BIANCA GISMONTI TRIO apresenta o CD "Primeiro Céu" em Lisboa, 
com participação especial de Maria João
 
 
 
A pianista e compositora brasileira Bianca Gismonti iniciou sua carreira aos 15 anos, acompanhando o seu pai, Egberto Gismonti, em palcos pelo mundo. 
 
Em 2005 estreou o seu trabalho com o Duo Gisbranco (duo de pianos com Claudia Castelo Branco),que conta três discos gravados e um recente DVD produzido pelo Canal Brasil, aliado a parcerias junto a músicos como Chico César, Jaques Morelenbaum e Mônica Salmaso. 
 
Em 2013, gravou seu primeiro álbum autoral, "Sonhos de Nascimento"(Biscoito Fino),o qual teve a participação de Naná Vasconcellos, com subsequentes turnês internacionais que percorreram Europa, Ásia e América do Sul. Ao final de 2015 foi lançado o seu segundo disco autoral “Primeiro céu”(Fina Flor), com a formação de Trio ao lado de seu marido (também coprodutor) Julio Falavigna na bateria e Antonio Porto no baixo. 
 
O Trio está atualmente em tournê passando pela Europa, África e Ásia. 
 
Em Lisboa, o concerto de Lançamento do CD "Primeiro Céu", conta com a participação especialíssima de Maria João no Espaço Espelho D´Água. 
 
 
Dia 06 de Outubro de 2016 | Quinta-feira | 21h30
 
Concerto: 5 €
Jantar + Concerto: 25€
Informações: +351 21 301 0510
 
http://espacoespelhodeagua.com/
 
Av. Brasília, S/N - Ed. Espelho D´Água (ao lado do Padrão dos Descobrimentos)
 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.07.15

 

Letra

 

Something told me it was over
when I saw you and her talking
Something deep down in my soul said
"Cry Girl"
When I saw you and that girl
Walking out

I would rather
I would rather
Go blind, boy
Than to see you walk away
From me chile

Ooooo, So you see I love you so much
That I don't want to watch you leave me, baby
Most of all I just don't
I just don't want
To be free, no

I was just
I was just
I was just
Sitting here thinking
Of your kisses

And your warm embrace, yeah
When the reflection
In the glass that I held
To my lips now, baby
Revealed the tears
That was on my face, yeah

And baby, baby
I would rather be blind, boy
Than to see you walk away
See you walk away from me, yeah
Baby, baby, baby
I'd rather be blind now

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Domingo, 05.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 20:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 27.02.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.02.15

budda.png

 

 
From the union between Budda Power Blues and the wonderful Maria João "I Feel So Blessed was Born". A song written by Budda specifically for Maria João. It's exactly the first impression Budda had when he met Maria João, and it remains true to this day. The song was debuted at Casa da Música on the second show they did together.
 

BUDDA POWER BLUES new album  

CELEBRATING TEN YEARS

New album in May 2015!

We are very proud for BUDDA POWER BLUES. The band is celebrating its 10 years playing together. So their fifth record is on the way and you can Pre-Order it with many special features at the band's website www.buddapowerblues.com

Check out Budda explaining everything at Mobydick Records Studio!

PRE ORDER NOW!


publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Sábado, 29.11.14

budapowerblues.jpg

 

 

DIA 4 de DEZEMBRO - QUINTA - FEIRA - 21H30

Casa da Música no Porto


A FUNDAÇÃO AMA AUTISMO CONVIDA!
Mais uma vez BUDDA POWER BLUES e MARIA JOÃO juntos num concerto fantástico e solidário!


publicado por olhar para o mundo às 12:43 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.10.14

buddapowerblues.png

 

UM EVENTO SOLIDÁRIO
 

A Fundação AMA Autismo Apresenta LISBON BLUES FEST, nos dias 24 e 25 de Outubro no Armazén F - Lisboa


Maria João, uma das mais reconhecidas cantoras portuguesas, vai atravessar a fronteira entre o Jazz e o Blues mostrando que o seu talento não é redutível a fronteiras musicais.


Nesta viagem Maria João vai ser acompanhada por uma das grandes bandas do Blues português Budda Power Blues.
Este trio é liderado por Budda que é considerado um dos melhores e mais carismáticos guitarristas de Blues portugueses, dono de uma técnica apurada, de uma voz cheia de soul.Os concertos de Budda Power Blues são uma explosão de energia, a verdadeira Blues Experience.

 

Lisbon Blues Fest 2014 terá as participações de: "Acid Jazz" com José Cid em modo blues, "Velma Powel & Bluedays", "Chino & the Big Bat" e "Maria João feat Budda Power Blues" .

 

Um evento solidário . Faça aqui a sua reserva!



publicado por olhar para o mundo às 21:15 | link do post | comentar

Sábado, 27.07.13

Concerto de Maria João é “cartão-de-visita

O concerto de Maria João, na quinta-feira, na celebração dos 30 anos do Centro de Arte Moderna, é o “cartão-de-visita do Jazz em Agosto”, que começa no próximo dia 02, disse o diretor artístico Rui Neves. Em declarações à Lusa, Rui Neves recordou que escolha de Maria João, para o concerto do aniversário do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian (CAM), se deve ao facto de “ter sido o seu quinteto, que integrava o saxofonista Carlos Martins, quem inaugurou a primeira edição do Jazz em Agosto”, em 1984.

 

“O Jazz em Agosto nasceu no CAM, foi veiculado pelo extinto Serviço Acarte, que marcou a vida cultural de Lisboa, e que foi fundado em 1983, por Madalena Perdigão”, recordou o responsável, recordando o Serviço de Animação, Criação Artística e Educação pela Arte. Referindo-se ao concerto de quinta-feira, Rui Neves afirmou que “Maria João é uma cantora que tem evoluído e quer ir sempre mais além, trazendo agora um projeto, ‘Ogre’, em que há uma preponderância da voz e da eletrónica”.

 

No espetáculo de entrada livre, no anfiteatro da Fundação, Maria João sobe ao palco com João Farinha (fender rhodes e sintetizadores), André Nascimento (eletrónica), Júlio Resende (piano) e Joel Silva (bateria).

 

Meses antes do primeiro Jazz em Agosto (JeA), Maria João lançara o primeiro disco com o seu quinteto, seguindo-se, após o festival, o longa duração "Cem Caminhos".

 

A programação da 30.ª edição do Festival, que decorre de 02 a 11 de agosto, apresenta dez concertos no anfiteatro, um ciclo de cinema na sala polivalente do CAM e inclui a edição do livro “Partidas/Chegadas - Novos Horizontes no Jazz”, que reúne ensaios originais sobre 50 músicos que participaram no JeA, ao longo dos seus 29 anos, "músicos que são mais inquietos e mais criativos", rematou.

 

Os textos são da autoria de “três importantes críticos e pensadores do jazz”, a saber o canadiano Stuart Broomer, o escocês Brian Morton e o norte-americano Bill Shoemaker, havendo uma edição em português e outra em inglês da obra. Entre os músicos recordados estão Cecil Taylor, Evan Parker, John Zorn, Peter Brötzman, Sun Ra, Carlos Zíngaro e Rodrigo Amado.

 

Quanto ao cartaz deste ano, Rui Neves disse à Lusa que foram escolhidos “músicos que tenham contribuído para a identidade do Jazz em Agosto”, alguns que já atuaram em anteriores edições, mas, desta vez, apresentam-se com outros projetos.

 

O destaque da edição deste ano é para John Zorn, “músico americano dos mais prolíficos”, que assinala o 60.º aniversário, celebração a que o festival se associa, apresentando os três projetos do compositor e saxofonista com companheiros da sua carreira, nomeadamente Marc Ribot, Jamie Saft, Trevor Dunn, Kenny Wollesen, Joey Baron, Cyro Baptista e Ikue Mori.

 

A abertura do JeA, no dia 02 de agosto, é marcada pela estreia em Portugal do projeto The Dreamers/John Zorn@60, com John Zorn, na direção, composto por Marc Ribot (guitarra elétrica), Jamie Saft (teclados), Trevor Dunn (contrabaixo e baixo elétrico), Kenny Wollesen (vibrafone), Joey Baron (bateria) e Cyro Baptista (percussão).

 

No JeA apresentam-se também “dois grupos emblemáticos de John Zorn, The Dreamers, explorando uma via 'lounge', e o Electric Masada, sintonizado com os primórdios do jazz elétrico”, explicou Rui Neves. O “baterista histórico Max Roach”, que se apresentou no JeA de 1995, é evocado com a estreia em Portugal do projeto “Drumming GP plays Max Roach M’Boom”.

 

O jazz escandinavo, que tem marcado presença regular no JeA, estará presente este ano com o Trio Elephant9, acrescido do guitarrista Reine Fiske, os The Thing, trio que se estreou em Portugal na edição de 2004, e que este ano atua “em dimensão ampliada de septeto”, e o The Thing XXL, em que “se destacam Peter Evans e Terrie EX, e do qual não há qualquer registo discográfico”.

 

O trompetista Peter Evans, que se estreou em Portugal no JeA de 2009, apresenta este ano, em estreia europeia, o seu novo octeto, “onde a eletrónica tem papel determinante, e que será mais um novo passo deste músico cuja projeção internacional continua a crescer”.

 

Anthony Braxton, “músico veterano, plenamente reconhecido pelo seu contributo inovador, poli-instrumentista”, que atuou em 2000 e 2006, apresentará um projeto recente, “dando ênfase a uma certa música de câmara”, o Falling River Music Quartet.

 

O concerto de encerramento “é uma associação que o trompetista de Chicago Rob Mazurek imaginou: unir dois trios que dirige - São Paulo Underground e Chicago Underground - e convidar o lendário músico, companheiro de John Coltrane na sua derradeira fase, a mais radical, o saxofonista Pharoah Sanders, constituindo um sexteto inusitado que se estreou mundialmente com grande efeito, no ano passado”, afirmou Rui Neves.

 

O cinema vai marcar presença em nove sessões, que incluem o “Ciclo John Zorn: Treatment for a film in fifteen scenes”, uma síntese de quatro filmes produzidos por Zorn, que tem como ponto de partida um guião escrito pelo músico, e que foi apresentada, no ano passado, no New York Film Festival.

 

retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 31.05.13

Maria João e Mário Laginha


MARIA JOÃO E MÁRIO LAGINHA REGRESSAM AO BRASIL

 

Depois do sucesso da apresentação de “Iridescente” na Mostra Tom Jobim, em S. Paulo em Dezembro de 2012, Maria João & Mário Laginha regressam ao Brasil para uma série de concertos, sob a chancela do Ano Portugal Brasil.

Nascido de um convite da Fundação Calouste Gulbenkian, em “Iridescente” é naturalmente reconhecível o som de Maria João e Mário Laginha, construído ao longo de mais de duas décadas de colaboração. Cada novo disco de Maria João e Mário Laginha cria sempre uma grande expectativa. Basta percorrer rapidamente a discografia da dupla para se perceber como é justo esperar o melhor de cada novo trabalho, desde os pioneiros “Danças”, “Fábula” e “Cor”, passando pelo extraordinário “Lobos, Raposas e Coiotes”, Chorinho Feliz” e “Mumadji”, até aos mais recentes “Undercovers” , “Tralha” e “Chocolate”.”

Actividades:


Dia 5 de Junho –  20:00 - Conversa com Maria João & Mário Laginha no Salão de Atos da UFRGS de Portalegre

Dia 6 de Junho -  20:00 – Concerto Maria João & Mário Laginha – Festival UniMusica 2013 - Salão de Atos da UFRGS de Portalegre

Dia 8 de Junho – 19:00 – Concerto Maria João & Mário Laginha – SESC Bom Retiro – S. Paulo

Dia 9 de Junho – 18:00 – Concerto Maria João & Mário Laginha – SESC Bom Retiro – S. Paulo

Mais informações aqui.



publicado por olhar para o mundo às 12:20 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.01.13

Maria João e Mário Laginha

 

Salas cheias em Viseu e no Porto na apresentação de IRIDESCENTE

Novo disco de originais de Maria João e Mário Laginha

 

O que é bom não se esquece, mesmo depois de um interregno de alguns anos. Parece ser esta a conclusão a tirar da extraordinária procura para os dois primeiros concertos de apresentação do novo disco da dupla Maria João/Mário Laginha, “Iridescente”, que sucede, quatro anos passados, a “Chocolate”.

Os concertos no Teatro Viriato, em Viseu, a 26 deste mês (21h30), e na sala principal da Casa da Música do Porto, no dia seguinte (21h00), estão praticamente esgotados, o que denota uma grande curiosidade acerca do novo trabalho de uma das duplas portuguesas mais duradouras e consistentes.

Nascido de um convite da Fundação Calouste Gulbenkian, em“Iridescente” é naturalmente reconhecível o som de Maria João eMário Laginha, construído ao longo de década e meia de colaboração, mas é possível também desfrutar novas sonoridades saídas de um formação invulgar: a voz de Maria João, o piano deMário Laginha, a harpa de Eduardo Raon, o acordeão de João Frade e a bateria e percussão de Alexandre Frazão.  



publicado por olhar para o mundo às 00:01 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.01.13

 

Projeto «A Aventura das Abelhas» de Maria João chega ao Chile


A cantora Maria João vai atuar no dia 9 de janeiro no Chile, com o projeto A Aventura das Abelhas, do qual fazem ainda parte os músicos João Farinha (teclados) e André Nascimento (programações), revelou a produtora ONC.


O concerto decorrerá no Museo Parque de las Esculturas, em Providencia.

 

Maria João conta com trinta anos de carreira no jazz, quando formou o Quinteto de Maria João, tendo colaborado, deste então, com vários artistas portugueses e estrangeiros, nomeadamente Mário Laginha, Carlos Bica, António Pinho Vargas, Clã, Bob Stenson, Gilberto Gil e Lenine.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:05 | link do post | comentar

Terça-feira, 04.12.12

 

 

letra

 

Nunca voltes ao lugar
Onde já foste feliz
Por muito que o coração diga
Não faças o que ele diz

Nunca mais voltes à casa
Onde ardeste de paixão
Só encontrarás erva rasa
Por entre as lajes do chão

Nada do que por lá vires
Será como no passado
Não queiras reacender
Um lume já apagado

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez

Por grande a tentação
Que te crie a saudade
Não mates a recordação
Que lembra a felicidade

Nunca voltes ao lugar
Onde o arco-íris se pôs
Só encontrarás a cinza
Que dá na garganta nós

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez
 





publicado por olhar para o mundo às 23:02 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.09.12

Temporada de música Melodea abre em Évora com a cantora Maria João

Um concerto da cantora Maria João, apontada como "uma das intérpretes mais notáveis do panorama musical português", abre, a 6 de outubro, a temporada de música Melodea, promovida em Évora pela Fundação Eugénio de Almeida.


Intitulado "Maria João & As Aventuras das Abelhas", o espetáculo está agendado para o dia 6 de outubro, às 21:30, no Fórum Eugénio de Almeida, em pleno centro histórico de Évora. Neste que é um dos seus mais recentes projetos musicais, Maria João é acompanhada em palco por João Farinha (Fender Rhodes e eletrónica) e por André Nascimento (eletrónica).

 

A temporada de música Melodea prossegue a 3 de novembro com o "latin jazz" da brasileira Adriana Miki, que apresenta o seu novo trabalho discográfico "Mulata de Arroz".

 

O novo disco foi produzido por Sérgio Crestana e conta com a participação de Paulo Barros ao piano, Desidério Lázaro nos saxofones tenor e soprano e clarinete, Joel Silva na bateria e o convidado especial João Moreira no Fluegel Horn.

 

Descendente de japoneses e natural do Brasil, Adriana Miki já atuou em Nova Iorque (Estados Unidos), Espanha, Alemanha e Holanda, bem como em diversos palcos portugueses.

 

A cantora Cristina Branco e o pianista e compositor João Paulo Esteves da Silva atuam a 8 de dezembro, apresentando o concerto "Segredo Bem Guardado".

 

De acordo com a Fundação Eugénio de Almeida, Cristina Branco e João Paulo Esteves da Silva "reencontram-se" neste concerto "doze anos depois de um primeiro encontro e de um percurso tecido por muitas músicas".

 

"Com eles estarão as palavras de Baudelaire, Vasco Graça Moura ou Chico Buarque e as composições de Schumann, Fausto, José Afonso, José Mário Branco ou Mário Laginha", indicaram os promotores.

 

Retirado de Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 10:04 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20.09.12

 

 

letra

 

Escurinha, tu tem que ser minha de qualquer maneira
Te dou meu boteco, te dou meu barraco
Que eu tenho no morro de mangueira
Comigo não há embaraço
Vem que eu te faço meu amor
A rainha da escola de samba
Que o teu nego é diretor

 

Quatro paredes de barro, telhado de zinco
Assoalho no chão, só tu escurinha
É quem está faltando no meu barracão
Deixa disso bobinha
Só nessa vidinha levando a pior
Lá no morro eu te ponho no samba
Te ensino a ser bamba, te faço a maior
Escurinha, vem cá!



publicado por olhar para o mundo às 08:05 | link do post | comentar

Quarta-feira, 19.09.12

 

 

letra

 

O Silêncio Das Estrelas 
Maria João 

Solidão, o silêncio das estrelas, a ilusão 
Eu pensei que tinha o mundo 
em minhas mãos 
Como um deus e amanheço mortal 

E assim, repetindo os mesmos erros, 
dói em mim 
Ver que toda essa procura não tem fim 
E o que é que eu procuro afinal 

Um sinal, uma porta pro infinito irreal 
O que não pode ser dito, afinal 
Ser um homem em busca de mais 
Afinal, como estrelas que brilham em paz 

Solidão, o silêncio das estrelas, a ilusão 
Eu pensei que tinha o mundo 
em minhas mãos 
Como um deus e amanheço mortal 

Um sinal, uma porta pro infinito irreal 
O que não pode ser dito, afinal 
Ser um homem em busca de mais 
Afinal, ser um homem em busca de mais



publicado por olhar para o mundo às 17:59 | link do post | comentar

Terça-feira, 18.09.12

 

 

letra

 

olha a lua partida ao meio
de tao baixinha que esta
quase leva as copas das árvores
e o cabelo dos homens altos.

se eu fosse muito guloso
comia esta lua em forma de queijo.

olha a nuvem, a nuvem branca
quer tapar o nosso queijo
nuvem gorda e sem vergonha
invejosa da luz da lua.

tu já viu que esta noite não tem vento?

olha a lua partida ao meio
se eu pudesse sentava nela
e ficava espiando a terra
e me via olhando ela!



publicado por olhar para o mundo às 08:48 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.11.11

Disco de Laginha e Maria João conquista prémios anuais franceses de jazz

Disco de Laginha e Maria João conquista prémios anuais franceses de jazz

 

 

 

«Follow the Songlines», gravado na Casa da Música por Mário Laginha e Maria João com os belgasDavid Linx e Diedrik Wissels, venceu na categoria Artista ou Formação Vocal dos prémios francesesVictoire du Jazz.

 

O disco, que contou também com a participação da Orquestra Nacional do Porto, foi gravado em Portugal em 2008 e editado em outubro de 2010, em França, o que lhe permite integrar a seleção destes prémios, os Grammy franceses. «Na minha vida, a música corre maravilhosamente bem», congratulou-se Maria João, em declarações à Lusa.

 

A artista, que diz ter encontrado em David Lynx um cantor com quem se identifica «a 100 por cento», repetiu a dose e acaba de gravar com aquele e com a Brussels Jazz Orchestra, «A diferent Porgy and another Bess», em que retomam a ópera «Porgy and Bess», de George Gershwin, celebrizada por músicos como Ella Fitzgerald e Louis Armstrong.

 

Já as perspetivas de este prémio lhe abrir as portas do mercado francês, nomeadamente dos concertos, não são muito boas: «É muito complicado entrar em França, porque eles têm um sistema, que nós devíamos ter cá, que protege os músicos franceses».

 

«Por exemplo, nos festivais, tem de se ter 50 por cento de músicos franceses, que é o contrário do que acontece aqui. Há festivais, pagos por dinheiros públicos, em que não há um único músico português. Isto é absolutamente medonho», disse.

 

«Follow the Songlines» pega na ideia das «songlines» que são canções transmitidas oralmente de geração em geração, que servem para os aborígenes australianos se guiarem por caminhos ou para encontrar nascentes de água.

 

Funcionam como mapas, chegando a cobrir toda a Austrália. Partindo deste conceito, os portugueses Maria João e Mário Laginha, com os belgas David Linx e Diederik Wissels, decidiram criar percursos sonoros das cidades por onde passaram e daí resultaram 12 canções, reunidas num duplo álbum. Um álbum que é também o encontro entre músicos da área do jazz e uma orquestra sinfónica.

 

Mário Laginha recorda o projeto como «uma experiência sempre muito boa», mas como um dos discos que lhe deu «mais trabalho», já que teve que «compor mais de 50 minutos de música para orquestra».

 

O trabalho foi primeiro apresentado em Bruxelas e em Lyon e só depois na Casa da Música, onde surgiu a oportunidade de gravar com a Orquestra Nacional do Porto.

 

Via Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 08:40 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.06.11
Letra

Na primeira manhã, quem vem lá?, quem tem medo?
Meu nome é Peter Pan, mas pra já é segredo
A magia, a imaginação
Que eu trazia na minha mão

Na manhã a seguir, o lugar, o segundo
Sou de Alcácer-Quibir, sou do mar, sou do mundo
A magia, as voltas do Marão
Que eu trazia no meu refrão

Não sei pedir-te por favor
Só te sei falar
Com gestos e com palavrões
E seja lá isso o que for
Eu não vou ficar
A falar com os meus botões

A magia, a imaginação
Que eu trazia na minha mão

Na terceira manhã, o olhar, o chuveiro
Vou morder a maçã, vou estudar o teu cheiro
A magia, a força de Sansão
Que eu trazia no coração

Não sei pedir-te por favor
Só te sei falar
Com gestos e com palavrões
E seja lá isso o que for
Eu não vou ficar
A falar com os meus botões



publicado por olhar para o mundo às 08:09 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

"I Lost A Friend" . Budda...

“I Lost a Friend” é novo ...

Maria João

Budda Power Blues & Maria...

Maria João

Budda Power Blues & Maria...

BUDDA POWER BLUES & MARI...

BUDDA POWER BLUES lança n...

Budda Power Blues & Maria...

Budda Power Blues & Maria...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
OUÇA A NOSSA RADIO EM https://goo.gl/ouzpk3
Eu queria a letra dessa música
YK é Noizz Kappa, Halloween a grande Alma, melhor ...
blogs SAPO
subscrever feeds