Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    Letra   Não faço nada que alguém não tenha feito não Não falo nada que alguém não tenha dito então Não penso nada, nosso futuro é imprevisão Alguém me de a mão Nessa calçada vejo que os anos vão chegar Cada pegada me mostra um jeito de encontrar Todo esse nada, o medo de se machucar Porque tudo isso então Se não há nada porque todos temem perder Todo esse nada será vontade de viver Na mesma casa na mesa que reparte o pão Por isso tudo então Quem é (...)
Marco Rodrigues é o convidado especial de Maria Gadú para os seus concertos nos Coliseus, a decorrerem a 24 e 26 de maio, em Lisboa e no Porto, respetivamente.   Note-se que o músico participa no novo álbum da artista brasileira, “Mais uma página”, com o tema A Valsa.   O brasileiro Lenine é responsável por outra das colaborações do disco, que estará em apresentação nas duas datas da cantora em Portugal. Os bilhetes para o concerto de Lisboa custam entre €25 e €60.   (...)
  Letra   A Valsa  Maria Gadú   Tua alegoria já não abre alas Pra toda poesia que insiste em bater Nos tambores surdos da porta que cerras Pra chorar sozinha por tanto querer Teu amadorismo impõe tal carência Não sou da cadência, não sou de valor Você é rara, no mundo Só dance essa valsinha se preciso for Tua alegoria já não abre alas Pra toda poesia que insiste em bater Nos tambores surdos da porta que cerras Pra chorar sozinha por tanto querer Teu amadorismo (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email