Quinta-feira, 09.10.14

Budda Power Blues in Macau!

 

IT'S TIME TO GO TO MACAU!

COTAI JAZZ & BLUES Festival, é considerado um dos maiores concursos de bandas a nível internacional. Numa grande festa o festival celebra a música de várias etnias.


Em 180 bandas de todo o mundo, os Budda Power Blues são uma das 12 bandas selecionadas para a grande final !
O Concurso decorre entre os dias 9 à 12 de Outubro e a entrada é livre!


Os Budda Power Blues  atuam no dia 11 de Outubro , Sábado às 21H no VANETION MACAO LAGOON.
Aqui ficamos a torcer por eles e desejar-lhes
祝好运! :)

 

SAIBA MAIS SOBRE A BANDA



publicado por olhar para o mundo às 23:20 | link do post | comentar

Domingo, 16.02.14

Rui Veloso actua em Macau nos quarenta anos do 25 de Abril

Rui Veloso será a atracção das comemorações em Macau dos 40 anos do 25 de Abril num espectáculo cuja organização pertence à Casa de Portugal e à Fundação Oriente
A fonte da Casa de Portugal terá ainda dito à agência Lusa que Rui Veloso actuará em Macau a 25 de Abril no grande auditório do centro cultural local, num espectáculo que integra um conjunto de actividades culturais organizadas pela Casa de Portugal que, no concerto do cantor português, se associa à Fundação Oriente.

Rui Veloso, de 56 anos, nascido em Lisboa, saltou para a ribalta da música em 1980 com o álbum "Ar de rock".A partir de então somam-se os êxitos, nomeadamente, "Chico Fininho", "Não há estrelas no céu", "Sei de uma camponesa", "Rapariguinha do shopping", "Porto Sentido", "A Paixão (segundo Nicolau da Viola)" e "Porto Covo".

Ao longo da carreira editou mais de uma dezena de álbuns de originais e gravados ao vivo.
retirado do Sapo Música


publicado por olhar para o mundo às 21:33 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.10.13

João Gil e José Salgueiro querem repetir “junção” musical entre Portugal e China

Um dia depois de atuarem na Fortaleza do Monte no âmbito do Festival Internacional de Música de Macau, os músicos José Salgueiro e João Gil querem voltar a atuar na cidade e procuram projetos de junção musical das culturas portuguesa e chinesa.


Em entrevista à agência Lusa, João Gil garante não ter esquecido a primeira vez que pisou um palco em Macau, no ano de 1986, quando esteve no território integrado no grupo Trovante para as comemorações locais do 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

 

Vinte anos mais tarde voltou à cidade para, com a Ala dos Namorados e depois de "nove dias de ensaios à séria", tocar com a Orquestra Chinesa de Macau. "Foi muito interessante e fizemos um trabalho maravilhoso", disse o músico que agora liderou o Quinteto Lisboa no espetáculo na Fortaleza do Monte.

 

João Gil considera o Quinteto Lisboa um projeto "único e gratificante" porque "é quase como uma soma das várias experiências tanto da parte do Zé Peixoto e do Fernando Júdice nos Madredeus" como da sua parte tanto nos Trovante como na Ala dos Namorados e que permite "sintetizar" todas essas experiências num só conjunto.

 

Desejoso por voltar a atuar em Macau com a Orquestra Chinesa, João Gil gostaria de regressar com o seu novo projeto: "Missa Brevis".

 

"Agora vejam vocês o que pode acontecer: um encontro de culturas, um encontro de civilizações com o latim em fundo, como se voltássemos a pôr um marco, desta vez não de granito, não de pedra a dizer que chegámos e isto é nosso, mas sim isto (Macau) é um ponto de encontro de tolerância e de comunicação entre os povos", concluiu.

 

Também José Salgueiro, cujo projeto "Aduf" encerrou a noite de domingo na Fortaleza do Monte e chegou a partilhar o palco com o Quinteto Lisboa, quer manter na cidade os adufes gigantes construídos propositadamente para o Festival de Música de Macau.

 

"Eu gostaria muito que este projeto ficasse em Macau. Pelo menos vai ficar por cá estacionado à espera de o poder fazer ou na periferia ou voltar a fazer em Macau", explicou à Lusa o percussionista que pretende "encontrar uma plataforma de trabalho com percussionistas chineses e assim fundir a cultura portuguesa com a cultura chinesa no campo de percussão".

 

Salientando que a música é uma "linguagem universal", José Salgueiro não esconde a paixão pela Ásia e a inspiração japonesa e chinesa para o projeto Aduf. "Este espetáculo é muito inspirado na Ásia, (…) foi feito inspirado não só na forma de tocar do Japão como nos tambores e nos timbres que se usam muito na China e nos instrumentos chineses e eu acho que é perfeitamente possível encontrar aqui uma forma de juntar as duas culturas", concluiu.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 08:36 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.09.13

Rão Kyao apresenta “Casas de Macau” no Centro Cultural da cidade

Rão Kyao apresenta, na sexta-feira, o projeto "Casas de Macau", no Centro Cultural daquela cidade, um conjunto de 17 temas do compositor que serão tocados com a Orquestra Chinesa de Macau.


"Este projeto é um olhar do ‘português viajante', de quem está de visita e reflete as impressões e experiências de vida", começou por explicar Rão Kyao, poucos minutos antes de iniciar mais um ensaio com a Orquestra Chinesa de Macau.

 

O músico vincou também que "Casas de Macau", que olha para a Casa do Mandarim, Casa da Família Ho e para o Largo de São Lázaro, locais recuperados pela administração de Macau e que integram hoje o património da cidade ou o que está classificado pela UNESCO, é também um olhar de "quem está familiarizado com a cidade, mas que traz as suas vivências através da música".

 

"É o tal ‘português viajante', somos nós, é Macau de certa maneira porque a cidade é um encontro de culturas, um encontro entre portugueses e chineses e o património também reflete essa vertente", disse.

 

O espetáculo de 2013 é para Rão Kyao uma continuidade de "Junção", o disco gravado com a mesma orquestra em 1999 e que marcou em termos culturais a transição de Macau para a China. "É uma continuidade porque continuo a beber este novo Macau e a transmitir o Macau da relação entre os povos", sublinhou.

 

Como projeto de futuro, Rão Kyao gostava de gravar o disco que agora vai apresentar na cidade e confessa o "desejo" de que o trabalho tenha projeção na China.

 

"Mostrar estas composições e arranjos na China pode ser muito interessante porque tem a componente tradicional da orquestra aliada à visão ocidental, um trabalho que envolve as culturas portuguesa e chinesa", concluiu.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:15 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.09.13

Luisa Sobral e Miguel Araújo atuam no Centro Cultural de Macau

Luisa Sobral e Miguel Araújo atuam em Macau a 22 de setembro, num espetáculo promovido pela Casa de Portugal com o apoio da Fundação Macau.


Os dois músicos têm espetáculo agendado para o pequeno auditório do Centro Cultural de Macau, numa iniciativa que tem ainda o apoio da Fundação Oriente, do Banco Nacional Ultramarino e do Centro Cultural.

 

Luisa Sobral nasceu em Lisboa, a 18 de setembro de 1987, e saiu do anonimato em 2003, quando obteve o 3.º lugar no programa televisivo Ídolos, da SIC, após o que foi estudar para o Berklee College of Music, onde terminou a licenciatura, em 2009.

 

"The Cherry on my cake", editado em março de 2011, foi o seu álbum de estreia que logo na primeira semana chegou ao terceiro lugar das tabelas de vendas em Portugal.

 

Alejandro Sanz e David Fonseca são alguns cantores com quem gravou em 2012. Já este ano, a cantora e compositora editou o segundo álbum, intitulado "There´s a flower in my bedroom".

 

Já Miguel Araújo, nascido na Maia, em julho de 1978, mas a viver no Porto desde os 10 anos, integrou os Yellow Lello e os Azeitonas - neste grupo com o pseudónimo Miguel A J.

 

Depois de se estrear a solo em junho de 2009, no ano seguinte começou a colaborar com João Só, com quem grava "Não entres nesse comboio amor".

 

Em 2012 lançou o primeiro álbum a solo - "Cinco dias e meio" -, que integra o tema "Os maridos das outras".

 

António Zambujo e Ana Moura são alguns fadistas para quem o músico compõe, apesar de continuar a dar prioridade ao seu trabalho n´Os Azeitonas.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:37 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Budda Power Blues in Maca...

Rui Veloso actua em Macau...

João Gil e José Salgueiro...

Rão Kyao apresenta “Casas...

Luisa Sobral e Miguel Ara...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds