Sábado, 23.05.15

 

FESTIVAL MÚSICA VIVA 2015

Miso Music Portugal . 30 Anos!
O'culto da Ajuda em Lisboa
21 a 30 de Maio

ENCONTROS
21 Maio  .  22 Maio  .  23 Maio  .  24 Maio  .  25 Maio  .  26 Maio  .  27 Maio  .  28 Maio  .  29 Maio  .  30 Maio

INSTALAÇÕES   .   CONFERÊNCIA  .  CURSOS E WORKSHOPS


 
23 de Maio
 
CONFERÊNCIA EASTN art of technologies, technologies of the art 
23 de Maio . 18h00

European Art Science Technology Network . art of technologies, technologies of the art with Annie Luciani (ICA . Grenoble), Claude Cadoz (ACROE . Grenoble), Ludger Brümmer (ZKM . Karlsruhe), Anastasia Pistofidou (FabLab . Barcelona), Alexandros Kontogeorgakopoulos and Olivia Kotsifa (Cardiff School of Art and Design - Cardiff Metropolitan University, Fab Lab Cardiff), Iannis Zannos (Ionian University . Corfu) with presentations of Genesis, Mimesis, Zirkonium software applications among others.

 
 
 
21h30 . ENCONTROS V e VI 

Orquestra de Altifalantes e vídeo 


António de Sousa Dias, António Ferreira, Daniel Gomes, Jaime Reis, Pedro Patrício, projecção sonora

Jaime Reis, Fluxus, Lift (2013) 
estéreo, para orquestra de altifalantes

Pedro Patrício, Perpetual Melody - contrasting moments (2015) . EA 
estéreo, para orquestra de altifalantes

António Sousa Dias (música)/Isabelle Tripelon (realização), Réflexion faite... (2004) 
filme de animação com música electrónica para orquestra de altifalantes

António Ferreira, Les Marchands de Sable (2015) . EA 
estéreo, para orquestra de altifalantes

Daniel Gomes, Invergent Flex, for alloy (2015) . EA 
16 pistas, para orquestra de altifalantes 

Orquestra de Altifalantes e vídeo 
Ludger Brümmer, projecção sonora

Ludger Brümmer (música)/Bernd Lintermann (vídeo), Spin (2014) 
para orquestra de altifalantes e vídeo

Ludger Brümmer (música e vídeo), Speed (2006) 
para orquestra de altifalantes e vídeo

Ludger Brümmer (música e vídeo), Shine (2007) 
para orquestra de altifalantes e vídeo

Ludger Brümmer (música)/Volker Kuchelmeister (vídeo), Deconstructing Double District (2011) 
para orquestra de altifalantes e vídeo

23h00 . ENCONTRO VII

Orquestra de Altifalantes

Virtual City . EA

A metáfora do mapa da cidade serve como a base deste concerto interactivo, Virtual City, onde o público é convidado a participar na criação de uma Cidade Virtual sonora.   


Sons gravados em certas localidades de uma cidade são aqui exibidos num mapa espacial virtual e através de uma orquestra de altifalantes. Através dos seus telemóveis os visitantes do concerto podem fazer login no mapa da cidade, que contém indicadores dos sons e da sua origem. Estes sons são activados por cada telemóvel através de um servidor e tocados no lugar concreto do espaço do concerto. Alguns filtros, manipulados em tempo real, asseguram a evolução dos sons ao longo da duração do evento. Neste ambiente os visitantes improvisam e brincam com diferentes colecções de sons em constante sobreposição. 


Virtual City constitui assim um soundwalk condensado dentro da sala de concerto, que proporciona uma experiência completamente nova de participação num evento musical, dando ao público uma oportunidade única de não apenas passivamente ouvir o que lhe é apresentado, mas de activamente contribuir para a criação de uma composição, fruto de um imaginário sonoro colectivo.

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.05.15

musicaviva.jpeg

 

ENCONTROS
21 Maio  .  22 Maio  .  23 Maio  .  24 Maio  .  25 Maio  .  
26 Maio  .  27 Maio  .  28 Maio  .  29 Maio  .  30 Maio  .

INSTALAÇÕES . CONFERÊNCIA . CURSOS E WORKSHOPS 

 

Para consultar o programa completo do Festival sigam este link: Música Viva 2015 . programa completo

 

Festival Música Viva completa em 2015 a sua 21ª edição e celebra os 30 anos da Miso Music Portugal, sendo que vai decorrer entre os dias 21 e 30 de Maio no O’culto da Ajuda em Lisboa. Uma vez mais e porque essa é a sua vocação mais profunda afirma-se como uma iniciativa integrada de fomento e divulgação da criação musical contemporânea, especialmente dedicada aos compositores portugueses e às relações da música com a tecnologia.

A assinalar os 30 anos da Miso Music Portugal e porque fomentar a criação musical portuguesa é a sua missão primeira, o Festival apresenta a mais alargada representação portuguesa de sempre com 50 obras de compositores portugueses entre as cerca de 70 obras que serão apresentadas durante o festival, num total de 18 concertos para além de instalações, dança, vídeo, poesia, cursos e workshops.

O concurso internacional de composição, o acolhimento da EASTN (European Art Science Technology Network) e a parceria com o MINSTREL proporcionam estreitas colaborações e residências com a presença de numerosos artistas e abrem de forma alargada o festival ao espaço Europeu.

A mostrar bem a vitalidade da criação musical em Portugal serão apresentadas 18 obras em estreia absoluta além de muitas outras em estreia portuguesa, num evidente confronto de ideias e estéticas, proporcionando novas possibilidades de experimentação, fomentando novos espaços de expressão e de aproximação com o público, multiplicando os encontros e dando lugar aos valores emergentes que apontam novos caminhos.

21 anos de Música Viva e 30 anos de Miso Music Portugal são naturalmente motivos de celebração, especialmente nestes difíceis tempos de resistência, mas esta festa apenas foi tornada possível pela generosidade de todos os criadores e artistas envolvidos a quem queremos expressar um imenso agradecimento.

Além destes devemos também agradecimentos a todos aqueles que abraçaram este projecto e o possibilitaram, pessoas singulares e instituições, nacionais e internacionais, sem o apoio das quais o Música Viva 2015, face à insuficiência de meios presentemente disponíveis não teria chegado a ser!

Para uma compreensão total do que seja música hoje, como desde sempre…

 
 
MISO MUSIC PORTUGALassociação cultural de utilidade pública e  associação juvenil
Centro nacional de criação e produção musical
Centro de Investigação Informação da Música  Portuguesa


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 25.11.14

Nicholas Isherwood.jpg

 

26 de Novembro, 21h30, O'culto da Ajuda
 
Encontro IV: The Electric Voice 
Nicholas Isherwood,
 
O Encontro IV do Música Viva 2014 conta com a participação do baixo-barítono Nicholas Isherwood, que desempenhou o papel de Lucifer nas óperas do ciclo Licht de Karlheinz Stockhausen, e que agora apresenta a terceira edição do seu recital The Electirc Voice, cujo programa inclui a obra Capricorn deste compositor e visionário alemão, e ainda duas estreias absolutas, nomeadamente, Black Fire / White Fire de David Felder e De Fond en Comble de Miguel Azguime, assim como três estreias portuguesas, Mouthfeel de Isaac ShanklerShafts of Shadow de Lissa Meridan e Otro de Jean-Claude Risset.
 
Nicholas Isherwood é uma espécie de “recipiente" humano que contém "espíritos artísticos" de origens diversas. The Electric Voice é um recital explosivo, provocante, irónico e multidimensional, cujo programa junta compositores e estúdios de música electrónica do mundo inteiro, incluindo nesta terceira edição, os Estados Unidos, Nova Zelândia, França e Portugal. Para este projecto, cada compositor convocado compôs uma peça para voz e electrónica e Capricorn de Karlheinz Stockhausen, com quem Nicholas Isherwood trabalhou regularmente durante 23 anos, constitui neste contexto uma referência, tendo sido especialmente escrita para si.


publicado por olhar para o mundo às 23:42 | link do post | comentar

Terça-feira, 18.11.14

COMODA_v04.jpg

 

 

Espaço-tempo de encontros com a criação musical contemporânea, com destaque para a música portuguesa da actualidade, os seus compositores e os seus intérpretes, numa imprescindível afirmação da sua vitalidade.

 

Em 2014 o Música Viva completa a sua 20ª edição, num novo formato, num novo espaço de acolhimento, o O'culto da Ajuda, para reunir entre 21 a 29 de Novembro uma assembleia motivada e defensora dos valores mais altos da condição humana e da arte musical que se faz aqui e agora, para um entendimento total do que seja música, hoje, como desde sempre. Esta 20ª edição é dedicada ao Fernado de Mascarenhas que acolheu e apoiou, em 1992, a primeira edição do Música Viva.

 

Com a presença de intérpretes e compositores de referência lado a lado com a novíssima geração, o Música Viva assume-se uma vez mais como uma vasta plataforma de encontro e confronto de ideias e de estéticas para reflectir, interrogar e debater O estado da Arte.

 



publicado por olhar para o mundo às 20:27 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13.11.14

COMODA_v04.jpg

 

Espaço-tempo de encontros com a criação musical contemporânea, com destaque para a música portuguesa da actualidade, os seus compositores e os seus intérpretes, numa imprescindível afirmação da sua vitalidade.

Em 2014 o Música Viva completa a sua 20ª edição, num novo formato, num novo espaço de acolhimento, o O'culto da Ajuda, para reunir entre 21 a 29 de Novembro uma assembleia motivada e defensora dos valores mais altos da condição humana e da arte musical que se faz aqui e agora, para um entendimento total do que seja música, hoje, como desde sempre.

Com a presença de intérpretes e compositores de referência lado a lado com a novíssima geração, o Música Viva assume-se uma vez mais como uma vasta plataforma de encontro e confronto de ideias e de estéticas para reflectir, interrogar e debater O estado da Arte.

Programa detalhado 
 
MISO MUSIC PORTUGAL associação cultural de utilidade pública e  associação juvenil
Centro nacional de criação e produção musical
Centro de Investigação Informação da Música  Portuguesa


publicado por olhar para o mundo às 20:50 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.12.13

ÉVORA Música Viva FRINGE 2013 - 18 de Dezembro

 

WORKSHOP DE ESPACIALIZAÇÃO SONORA
Auditório do Colégio Mateus d'Aranda, Évora, 18 de Dezembro - 15:00 às 18:00 

Orquestra de Altifalantes
por Miguel Azguime

entrada livre

 

INSTALAÇÂO MULTIMÈDIA
Colégio Mateus d'Aranda, Évora, 18 de Dezembro - 15:00 às 19:00

Máquinas Gráficas 2013

Uma exposição de trabalhos em linha desenvolvidos por alunos do 2º e 3º ano da licenciatura Artes Visuais Multimédia da Universidade de Évora no âmbito de disciplinas orientadas pelo professor André Sier, realizados no ambiente de programação open-source Processing.

Máquinas Gráficas UE 2013 é uma exposição onde os alunos exibem trabalho gráfico decorrente de explorações artísticas em código ao longo do ano lectivo 2012/2013. Os trabalhos focam a geração abstracta/concreta da imagem, quase todos interactivos ao rato, exemplificando aspectos lúdicos, visuais, interactivos, através de conjugações abstractas de formas ou recorrendo a imagens concretas aumentadas através do computador. A execução dos trabalhos é realizada em Processing.js.


Projetos de Alunos da Escola de Artes da Universidade de Évora

Yara Neves, Beyond The Eyes
Vanessa Moreira, Vinil Animado
Vanessa Marques, O Acto De Criar
Sergey Teplov, 3d Movimento De Linhas
Sergey Teplov, Explosao
Ronna Mugar, Misty Mood
Melanie Guerreiro, Agility
Liliana Moreira, Untitled
Liliana Moreira, Caleidoscopio
Joao Fructuosa, Paint with bubbles
Fabio Ascenso, Frequencia
Élio Silva, Kandinsky Black Circles
Élio Silva, Color Rain
Diogo Fragoso, Espiral
Diogo Fragoso, Elipses Polimorficas
David Sousa, Autumn Burn
Daniela Ribeiro, Colored like a rainbow
Daniela Jesus, The Four Corners
Daniela Jesus, SpringTime
André Batista, ColorLines

 



publicado por olhar para o mundo às 23:15 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.12.13

Música Viva

 

CONCERTO
12 de Dezembro às 19h
Teatro Municipal São Luiz

 

Entre o acústico e o electrónico desafia o público a deslocalizar os limites do ouvir e põe em perspectiva dois mundos aparentemente opostos: o acústico e o electrónico.

 

Por um lado o duo de Nuno Pinto e Elsa Silva, músicos do Sond-Ar'te Electric Ensemble, interpretam 5 obras para clarinete e piano de 5 compositores portugueses: João Pedro Oliveira, Fernando C. Lapa, Pedro Amaral, Carlos Azevedo e Ricardo Ribeiro; duas delas em estreia absoluta, alargando assim o repertório para esta formação; por outro, no segundo concerto, interpretadas pelo compositor canadiano David Berezan, vencedor da edição do ano passado do Concurso Internacional de Composição Electroacústica Música Viva, visitaremos duas das suas peças electrónicas em primeira audição portuguesa.


Seguir-se-á a estreia da peça de António Ferreira e a peça de Rui Dias. Imprescindível!



publicado por olhar para o mundo às 10:41 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

art of technologies, tech...

Música Viva 2015 / 21-30 ...

Encontro IV: The Electric...

MÚSICA VIVA 2014 , o esta...

MÚSICA VIVA 2014 | o esta...

ÉVORA Música Viva FRINGE ...

Concerto 12 de Dezembro à...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds