Sábado, 06.05.17

mario mata.jpg

 

 

MÁRIO MATA ESTÁ DE “REGRESSO”

 

O disco do músico  e compositor, conta com produção de José Cid
e chega às lojas a 12 de Maio,  sob a chancela da Sony Music Portugal.
 
 
"Andar sozinho a lutar contra o sistema, é um grande problema " escreveu e canta Mário Mata a dada altura do seu mais recente disco, curiosamente de título Regresso.

E se uso este advérbio de modo, não é por ficar sempre bem num texto…,

é antes por ter a firme convicção que em cada regresso este cantautor, de certa maneira, continua, solitário, a lutar contra o sistema. Que sistema?

Aquele que o (nos) envolve sem sufocar, nos vários planos que enchem a sua vida de quase quatro décadas de música. Há rebeldia, há sarcasmo, há esperança, há sonho, há inquietação e, acima de tudo, há uma imensa vontade de gerar cumplicidades neste Regresso de Mário Mata.

Percorrendo com os sentidos bem despertos as quinze canções deste novo álbum, há um leque de emoções que se desvenda a cada instante, porque nas marés da vida "o amor é como o mar, umas vezes a partir, outras a chegar".

Há um triângulo mágico que ilumina a vida deste criador, deste homem bom e atento, cujos vértices se situam na África de todos os sonhos, no Algarve de todas as revelações e na capital de todas as ilusões. E depois há a vontade e a coragem de virar as costas a tudo o que já sentiu e viveu e voltar a partir para longe do bulício da cidade grande e continuar a observar, escrever e cantar as realidades doces e amargas que a povoam.

Regresso de Mário Mata é qualquer coisa que se espera sempre com a ansiedade dos momentos que se adivinham de celebração e este disco novo, revisitando memórias e acrescentando novidades, confirma afinal que, ouvindo-o, na vida como na música "sonhar é fixe".

Por:  Armando Carvalhêda - Realizador de Rádio 


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 04.03.15

zeca.jpg

 

Os Amigos do Zeca valorizam a música e os valores de José Afonso, a aposta na juventude e no passar de testemunho. Ao longo da sua existência (fundados em 2009) “Mário Mata e os Amigos do Zeca” têm preservado o equilíbrio entre os arranjos originais de José Afonso, Ricardo Dias (redondo vocábulo) e os seus próprios.


O coletivo tem como base, Mário Mata (voz e guitarra), o Maestro Paulo Bernardino (piano, sintetizador e acordeão), Toninho Varela (baixo), Miguel Veras (guitarras), David Cruz (viola, cavaquinho e voz), Alexandre Reis (bateria), Jorge Duarte (vozes e percussões), Magda Lopes (Harpa), Bárbara Braga e Mafalda Duarte (vozes). A Rui Seoane cabe a responsabilidade de dar voz às baladas e dos fados de Coimbra.


Alguns dos mais representativos interlocutores da Musica Popular Portuguesa têm colaborado com “Mário Mata e os Amigos do Zeca”, destacam-se Francisco Fanhais e Rui Pato, companheiros de palco de Zeca Afonso. Pontualmente participaram neste espetáculo cantores como José Barros, António Dinis e António Ataíde.


“Eu sempre disse que a música é comprometida quando o músico, como cidadão, é um homem comprometido. Não é o produto saído desse cantor que define o compromisso mas o conjunto de circunstâncias que o envolve com o momento histórico e político que se vive e as pessoas com quem ele priva e com quem ele canta”. José Afonso em Entrevista a Viriato Teles, in «Se7e», em novembro de 1985.



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.02.15

zeca.jpg

 

Auditório do conservatório de música de Coimbra

23 de Fevereiro de 2015

21:30

 

 

Tributo a Zeca Afonso  “28 Anos de Saudade”. Concerto promete encher sala.


Mário Mata & Amigos do Zeca prestam homenagem a Zeca Afonso.É já no próximo dia 23 de Fevereiro pelas 21h30m que o artista Mário Mata e os Amigos do Zeca sobem ao palco do Auditório do Conservatório de Música de Coimbra para um concerto em homenagem a Zeca Afonso.


"28 Anos de Saudade"  celebra o legado musical deixado por José Afonso.


A juntar-se ao palco estarão Rui Pato, Francisco Fanhais, António Ataíde,  Manuel Rocha e o Grupo Vocal Ad Libitum. 


Os bilhetes estarão à venda em data a anunciar  através da ticketline e no Conservatório de Música de Coimbra.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 11.02.13

 

 

letra

 

Já conheço esse olhar

            
A cidade chama
O telefone toca
Quem me ama
Espera-me na doca
Chega no carro
Conheço o som
Acende um cigarro
E retoca o baton
         
Traz o olhar
Marcado de um dia
Feito a trabalhar
Todo de euforia
A maquilhage
Nem disfarça o cansaço
Nem um sorriso se abre
A um simples abraço
já conheço essse olhar
     
Só quer um café
Um copo d’agua
Um pouco de fé
Para lavar a magoa
Talvez um bolo
Conversa leve
Um pouco de consolo
E alguém que a leve
                                                                                                                 
Talvez um cinema
Um bar de música
Conhece o tema
Mas nem é a única
Um beijo na face
Mais um sorriso
Para o  desenlace
Um gesto decisivo

    REFRÃO

         
A cidade chama
O telefone toca
Quem me ama
Espera-me na doca
A vida dá voltas
Já era de esperar
Estava mais solta
E pronta para amar

Já era de esperar
E era para durar

já conheço essse olhar, já conheço esse olhar
Já conheço esse olhar, assim distante
já conheço essse olhar, já conheço esse olhar
já conheço essse olhar, tão verde, brilhante

musica e letra : Mário Mata



publicado por olhar para o mundo às 17:33 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.01.13

 

 

letra

 

JÁ FOMOS ENGANADOS

Oh oh oh já fomos enganados (outra vez)
Já fomos enganados
Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados
Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados
                            I
É à vez que vamos no engano
Na esperança de ver algo mudado
Lá somos enganados outra vez
Que o engano está em todo o lado

                    Outra vez    já fomos enganados
                    Outra vez    já fomos enganados
     Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados
     Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados     
                        II
Barrete Lusitano enfiado
Bem fundo na cabeça  do freguês
Que ao ver-se de novo enganado
Percebe que não há duas sem três
                       Outra vez    já fomos enganados
                       Outra vez    já fomos enganados
Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados
Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados    
                                III
Ao engano só vai quem quiser ir
Pois não há tabuleta a indicar
Que trouxa logo havia de cair
Onde os outros já foram tropeçar
                    Outra vez    já fomos enganados
                    Outra vez    já fomos enganados
Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados
Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados    

Letra e Musica : Mário Mata



publicado por olhar para o mundo às 15:22 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.10.11

Letra

 

NÃO HÁ NADA P’RA NINGUÉM
E Vamos embora Manel !!!
E não há fumos pra ninguém
Não há mulheres pa ninguém
Não há homens pra ninguém
Não há nada pra ninguém
Certo dia em Lagos ao passar de caminho
Para o Parque de Campismo gritei ‘Ai Toninho !!!
E Qual não era o meu espanto
E Que ao meu lado direito
E Julgava estar a ver mal
E Belisquei-me, estava feito
Um Parque de Campismo
Especial de Corrida para os Senhores Militares, é inacreditavel !!!
refrão
Em Lagos não há Piscinas,
Parques Culturais
E todas as tentativas são cortadas pelos tais
Se dormires na praia,
vem o Cabo do Mar
Se cantares na rua
à Esquadra vais cantar (o Vira)
Bate baixo a bolinha
bate bate pianinho
se por cá queres andar
Que a Judite anda doidinha
por te pôr a pata em cima
e por te agarrar
E lá não há…
lá não há…
refrão
Se jogam contigo, joga duro com eles
Se te batem de forte,
dá-lhes mais forte ainda
E aplica-lhes a táctica,
do papel higiénico
Rasga por todos os lados,
menos pelo picotado
Joga-lhes na mesma moeda,
Meio tostão furado
e uma volta ao bilhar grande
Paga-lhes na mesma moeda,
meio tostão furado
e uma volta ao bilhar grande



publicado por olhar para o mundo às 17:35 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Mário Mata está de "Regre...

Mário Mata e os Amigos do...

28 anos de saudade - Mári...

Mario Mata - Já conheço e...

Mário Mata - Já fomos eng...

Mario Mata - Não Há Nada ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds