Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    MÁRIO MATA ESTÁ DE “REGRESSO”   O disco do músico  e compositor, conta com produção de José Cid e chega às lojas a 12 de Maio,  sob a chancela da Sony Music Portugal.  "Andar sozinho a lutar contra o sistema, é um grande problema " escreveu e canta Mário Mata a dada altura do seu mais recente disco, curiosamente de título Regresso. E se uso este advérbio de modo, não é por ficar sempre bem num texto…, é antes por ter a firme convicção que em cada (...)
  Os Amigos do Zeca valorizam a música e os valores de José Afonso, a aposta na juventude e no passar de testemunho. Ao longo da sua existência (fundados em 2009) “Mário Mata e os Amigos do Zeca” têm preservado o equilíbrio entre os arranjos originais de José Afonso, Ricardo Dias (redondo vocábulo) e os seus próprios. O coletivo tem como (...)
    letra   Já conheço esse olhar              A cidade chama O telefone toca Quem me ama Espera-me na doca Chega no carro Conheço o som Acende um cigarro E retoca o baton           Traz o olhar Marcado de um dia Feito a trabalhar Todo de euforia A maquilhage Nem disfarça o cansaço Nem um sorriso se abre A um simples abraço já conheço essse olhar       Só quer um café Um copo d’agua Um pouco de fé Para lavar a magoa Talvez um bolo Conversa leve Um pouco (...)
    letra   JÁ FOMOS ENGANADOS Oh oh oh já fomos enganados (outra vez) Já fomos enganados Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados Ai ai ai, ai ai ai já fomos enganados                             I É à vez que vamos no engano Na esperança de ver algo mudado Lá somos enganados outra vez Que o engano está em todo o lado                     Outra vez    já fomos enganados                     Outra vez    (...)
Letra   NÃO HÁ NADA P’RA NINGUÉM E Vamos embora Manel !!! E não há fumos pra ninguém Não há mulheres pa ninguém Não há homens pra ninguém Não há nada pra ninguém Certo dia em Lagos ao passar de caminho Para o Parque de Campismo gritei ‘Ai Toninho !!! E Qual não era o meu espanto E Que ao meu lado direito E Julgava estar a ver mal E Belisquei-me, estava feito Um Parque de Campismo Especial de Corrida para os Senhores Militares, é inacreditavel !!! refrão Em (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email