Quinta-feira, 27.08.15

 

Letra

 

Say something, I'm giving up on you
I'll be the one, if you want me to
Anywhere, I would've followed you
Say something, I'm giving up on you

And I am feeling so small
It was over my head
I know nothing at all

And I will stumble and fall
I'm still learning to love
Just starting to crawl

Say something, I'm giving up on you
I'm sorry that I couldn't get to you
Anywhere, I would've followed you
Say something, I'm giving up on you

And I will swallow my pride
You're the one that I love
And I'm saying goodbye

Say something, I'm giving up on you
And I'm sorry that I couldn't get to you
And anywhere, I would have followed you
Oh-oh-oh-oh say something, I'm giving up on you

Say something, I'm giving up on you
Say something

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Sábado, 09.08.14

 

 

Letra

 

 

When you were here before
I couldn’t look you in the eye
You’re just like an angel
Your skin makes me cry

 

You float like a feather
In a beautiful world
I wish I was special
You’re so fucking special

 

But I’m a creep
I’m a weirdo
What the hell am I doing here?
I don’t belong here

 

I don’t care if it hurts
I wanna have control
I want a perfect body
I want a perfect soul

 

I want you to notice
When I’m not around
You’re so fucking special
I wish I was special

 

But I’m a creep
I’m a weirdo
What the hell am I doing here?
I don’t belong here, oh, oh

 

She’s running out again
She’s running out
Run, run, run, run!
Run!

 

Whatever makes you happy
Whatever you want
You’re so fucking special
I wish I was special

 

But I’m a creep
I’m a weirdo
What the hell am I doing here?
I don’t belong here
I don’t belong here



publicado por olhar para o mundo às 17:49 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.08.14

 

 

Letra

 

"Where The Streets Have No Name"

I want to run, I want to hide
I want to tear down the walls that hold me inside
I want to reach out and touch the flame
Where the streets have no name
(streets have no name)

I want to feel sunlight on my face
I see the dust cloud disappear without a trace
I want to take shelter from the poison rain
Where the streets have no name
(streets have no name)
ooh

Where the streets have no name
Where the streets have no name
We're still building, then burning down love
(Burning down), burning down love
And when I go there, I go there with you
It's all I can do

The cities a flood and our love turns to rust
We're beaten and blown by the wind, trampled in dust
I'll show you a place high on a desert plain
Where the streets have no name
(streets have no name)
ooh

Where the streets have no name
Where the streets have no name
We’re still building, then burning down love
Burning down love
And when I go there, I go there with you
It's all I can do

Where the streets have no name
Where the streets have no name
We’re still building, then burning down love
Burning down love
And when I go there, I go there with you
It's all I can do
It's all I can do
It's all I can do
It's all I can do
It's all I can do

 



publicado por olhar para o mundo às 08:38 | link do post | comentar

Sábado, 02.08.14

 

 

Letra

 

 

Ninguém te vai parar, perguntar...
Fazer saber... Porquê?

Vais ter de te oferecer,
E entender, o que fará viver?

Vê, não basta ir, voar, seguir,
O cerco ao fim,
Aperta, trai, morde, engana a sorte, cai,
Não lembra de ti...

É só o amor desfeito,
Rosa sangue ao peito,
Lágrima que deito,
Sem voltar atrás!

Cresce e contamina
Tolhe a luz à vida,
Que afinal ensina, quebra,
Dobra a dor e entrega amor sincero.

Honra tanto esmero, cala o desespero,
É simples, tudo o que é da vida herdou sentido,
Tem-te se for tido, sabe ser vivido,
Fala-te ao ouvido e nasces tu...


Ninguém te vai parar, perguntar...
Fazer saber... Porquê?

Por isso vê, não basta ir, voar, seguir,
O cerco ao fim,
Aperta, trai, morde, engana a sorte, cai,
Não lembra de ti...

É só o amor desfeito,
Rosa sangue ao peito,
Lágrima que deito,
Sem voltar atrás!

Cresce e contamina
Tolhe a luz à vida,
Que afinal ensina, quebra,
Dobra a dor e entrega amor sincero.

Honra tanto esmero, cala o desespero,
É simples, tudo o que é da vida herdou sentido, Tem-te se for tido, sabe ser vivido,
Fala-te ao ouvido e nasces tu...




publicado por olhar para o mundo às 08:26 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Luís Sequeira Dueto Leono...

Luís Sequeira - "Creep" R...

Luís Sequeira - "When the...

Luís Sequeira e Marisa Li...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds