Segunda-feira, 10.10.16

joana amendoeira.jpg

 

 

12 de Outubro às 21:30

Onde: Sala Principal

Custo: 13 € Plateia | 11 € Balcão

 

Joana Amendoeira é considerada uma das mais importantes fadistas da nova geração.

No seu cantar, o fado ganha novo brilho, nova atitude sem se desviar da tradição. Nascida em Santarém, uma das regiões portuguesas com grande tradição de fado, muito cedo descobriu o apelo para ser fadista e, aos 12 anos, vence a “Grande Noite do Fado do Porto”.

Ao longo da carreira teve oportunidade de cantar nas melhores casas de fado de Lisboa, como  Clube de Fado e Sr. Vinho, e nessa “escola” absorveu os grandes ensinamentos dos fadistas mais antigos e dos músicos. Todos lhe reconheciam a voz especial, a atitude, o talento e, gentilmente, lhe passaram a arte, as poesias e as histórias vividas.

O último disco, «Amor mais perfeito» (2012), é um tributo especial ao seu grande mestre, José Fontes Rocha, um dos maiores guitarristas e compositores do fado.

No percurso conta com oito discos editados e várias participações em compilações especiais, nacionais e internacionais, assim como vários prémios, entre eles, o Melhor Disco de Fado 2008, atribuído pela Fundação Amália Rodrigues. Foi selecionada para se apresentar em diversas feiras de world music, como o Mercat de Musica Viva de Vic 2003 (Espanha) e a Strictly Mundial 2005 (Canadá), e teve a oportunidade de fazer digressões por diversos países, como Espanha, Itália, Hungria, Lituânia, Suécia, Brasil, Argentina, EUA, Índia e Japão.

Joana Amendoeira defende com orgulho o legado do fado sem se esquecer da sua própria expressão artística.

 

Retirado de Forúm Luisa Todi



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.05.16

joana amendoeira.jpg

 

Música
14 Maio
21:30H | 10€

 

"Muito Depois" é o título que assinala o regresso de Joana Amendoeira aos discos e também a base do concerto que a fadista realiza a 14 de Maio, no Cine-Teatro D.João V, na Damaia.


"Muito Depois", o último álbum de originais que a fadista edita em cinco anos, é um disco que reflecte os mais de 20 anos de vivência no fado de Joana Amendoeira e celebra o "sentido da vida nos seus caminhos mais luminosos como o amor, a amizade, a maternidade, passando igualmente pelos mais sombrios como a desilusão, a perda, a solidão e a saudade". As poesias e as emoções neste contidas, têm por base o fado e outras sonoridades tradicionais portuguesas e os temas evidenciam um "contexto geográfico, o Tejo e a luz de Lisboa, retratados de forma apaixonada".


Tiago Torres da Silva (que também assinou a produção), Joaquim Pessoa, Vasco Graça Moura, Natália Correia, Paulo de Carvalho, José Niza, Manuel Alberto Valente, Pedro Jóia, Bruno Fonseca, Valter Rolo, Marcos Sacramento, Filipe Raposo, Rogério Ferreira, António Quintino e Pedro Amendoeira são os autores das composições incluídas no disco a par de fados tradicionais de Amadeu Ramin, Fernando P. Coelho e Acácio Lopes.


Já no que se refere a convidados especiais, "Muito Depois" contou com Pedro Jóia na guitarra clássica, Filipe Raposo no piano e Paulo de Carvalho, com quem Joana Amendoeira gravou o primeiro dueto da sua carreira. Estes convidados juntaram-se ao "núcleo de maravilhosos músicos" composto por Pedro Amendoeira (guitarra portuguesa), Rogério Ferreira (viola de fado) e António Quintino (contrabaixo).



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sábado, 13.02.16

 

Letra

 

Dizer-te namorada, será pouco
Chamar-te companheira, não me basta
Quisera dar-te um nome bem mais louco
Porque a palavra amante já está gasta

Teu nome é um sorriso na manhã
Uma rima de sol na minha mão
Que sabe a primavera e a romã
Com travo de hortelã e de limão

Quisera amor-perfeito, minha amiga
Chamar-te verde nome, alecrim
Mas tu, além de flor, és a cantiga
No chão deste poema que há em mim

Assim eu gasto os dias à procura
Dum nome que não seja feito à toa
E com palavras gratas, de ternura
Chamo-te simplesmente só Lisboa

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 07.02.16

joana amendoeira.jpg

 

Muito Depois" já à venda 

Joana Amendoeira regressa 5 anos depois aos álbuns de originais com o novo disco “Muito Depois”. Este disco reflecte os mais de 20 anos de vivência no Fado e celebra o sentido da Vida nos seus caminhos mais luminosos como o Amor, a Amizade, a Maternidade, passando igualmente pelos mais sombrios como a Desilusão, a Perda, a Solidão e a Saudade. As poesias e emoções deste novo trabalho, têm por base o Fado e outras sonoridades tradicionais portuguesas. Os temas apresentados evidenciam um contexto geográfico, o Tejo e a Luz de Lisboa, retratados de forma apaixonada pela fadista.

“Muito Depois” conta com temas de diversos autores, letristas e compositores da actualidade, como o próprio Tiago Torres da Silva, Joaquim Pessoa, Vasco Graça Moura, Natália Correia, Paulo de Carvalho, José Niza, Manuel Alberto Valente, Pedro Jóia, Bruno Fonseca, Valter Rolo, Marcos Sacramento, Filipe Raposo, Rogério Ferreira, António Quintino e Pedro Amendoeira assim como com fados tradicionais de Amadeu Ramin, Fernando P. Coelho e Acácio Lopes.

Com produção do poeta Tiago Torres da Silva, a sonoridade tradicional deste álbum foi enriquecida com os diferentes matizes dos convidados especiais, como Pedro Jóia, na Guitarra Clássica, Filipe Raposo no piano e Paulo de Carvalho, com quem gravou o primeiro dueto da sua carreira. Estes convidados juntaram-se ao núcleo de maravilhosos músicos composto por Pedro Amendoeira, na Guitarra Portuguesa, Rogério Ferreira, na Viola de Fado e António Quintino, no Contrabaixo.

No ano em que a fadista vive o maravilhoso processo da maternidade, Joana Amendoeira apresenta um novo disco e concerto que nos transporta à característica especial do seu fado, a luz que emana da sua voz e da sua alma que carrega uma enorme vivência no Fado e por isso aqui nos chega “Muito Depois”.
 
1-Com penas de ternura (Joaquim Pessoa/Amadeu Ramin – Fado Zeca)
2-P'ra mudar o rumo á vida (Tiago Torres da Silva/Rogério Ferreira)
3-Muito Depois (Tiago Torres da Silva/Bruno Fonseca)
4-Lisboa da madrugada (Tiago Torres da Silva/Pedro Jóia)
5-O avesso do destino (Tiago Torres da Silva/Marcos Sacramento)
6-Teu lindo nome (José Niza)
7-Passageira da noite (Natália Correia/Acácio Lopes – Fado Lopes)
8-Regresso (Manuel Alberto Valente/Bruno Fonseca)
9-É a hora (Tiago Torres da Silva/ Paulo de Carvalho)
10-Por pressa de viver (Tiago Torres da Silva/Filipe Raposo)
11-Fora de moda (Tiago Torres da Silva/Valter Rolo)
12-Se eu te pedir o Sol (Tiago Torres da Silva/Filipe Raposo)
13-Jasmim (Vasco Graça Moura/António Quintino)
14-Verdes Campos, verde vida (Maria Manuel Cid/Fernando P. Coelho)
Faixas Extra:
15-A canção que te pedi (Tiago Torres da Silva/Pedro Amendoeira)
16-Fado do Embalo (Amélia Muge/João Godinho)
 
É a Hora  - single promocional - Joana Amendoeira feat. Paulo de Carvalho 




publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sábado, 23.01.16

joana amendoeira.jpg

 

 

Joana Amendoeira apresenta " Muito Depois"  em Lamego e Vila Real

 

Joana Amendoeira vai estar no dia 5 de Fevereiro em Vila Real e no dia 6 de Fevereiro em Lamego para apresentar o seu novo disco, “Muito Depois”, que marca o regresso da fadista aos álbuns de originais.

Este trabalho, que conta com o apoio da Associação Mutualista Montepio, reflecte mais de 20 anos de fado inclui temas de diversos autores, letristas e compositores da actualidade. Neste trabalho destacam-se nomes como Tiago Torres da Silva, Joaquim Pessoa, Vasco Graça Moura, António Quintino e Pedro Amendoeira, ou fados tradicionais de Amadeu Ramin, Fernando P. Coelho e Acácio Lopes.

Com produção do poeta Tiago Torres da Silva, ”Muito Depois” foi enriquecido com diferentes matizes dos convidados especiais; Pedro Jóia na guitarra, Filipe Raposo no piano, e a voz incontornável de Paulo de Carvalho, com quem Joana Amendoeira gravou o primeiro dueto da sua carreira.

A estes convidados junta-se o núcleo de músicos da fadista, composto por, Pedro Amendoeira na guitarra portuguesa, Rogério Ferreira na viola de fado, e António Quintino no contrabaixo que nos próximos dias 5 e 6 de Fevereiro acompanham Joana Amendoeira em Vila Real e Lamego.

É a hora 
Joana Amendoeira & Paulo de Carvalho 
 
 
Mais dois concertos a não perder.
 
05 de Fevereiro | Zona Livre | Vila Real | 21:30h
Bilhetes 10 € (descontos para associados Zona Livre e Associação Mutualista Montepio)
Bilheteira
 
06 de Fevereiro | Teatro Ribeiro Conceição | Lamego | 21:30h
Bilhetes 10€  (descontos para associados Associação Mutualista Montepio)
bilheteira.trc@gmail.com
Site
 
07 de Fevereiro | Fnac Viseu | 16:00h
Showcase e sessão de autógrafos



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.01.16

joanamendoeira.jpg

 

 

A fadista regressa cinco anos depois aos álbuns de originais com o novo disco “Muito Depois”. Este disco reflecte os mais de 20 anos de vivência no fado e celebra o sentido da vida nos seus caminhos mais luminosos como o amor, a amizade, a maternidade, passando igualmente pelos mais sombrios como a desilusão, a perda, a solidão e a saudade. As poesias e emoções deste novo trabalho, têm por base o fado e outras sonoridades tradicionais portuguesas. Os temas apresentados evidenciam um contexto geográfico, o Tejo e a luz de Lisboa, retratados de forma apaixonada pela fadista.

“Muito Depois” conta com temas de diversos autores, letristas e compositores da actualidade, como o próprio Tiago Torres da Silva, Joaquim Pessoa, Vasco Graça Moura, Natália Correia, Paulo de Carvalho, José Niza, Manuel Alberto Valente, Pedro Jóia, Bruno Fonseca, Valter Rolo, Marcos Sacramento, Filipe Raposo, Rogério Ferreira, António Quintino e Pedro Amendoeira assim como com fados tradicionais de Amadeu Ramin, Fernando P. Coelho e Acácio Lopes.

Com produção do poeta Tiago Torres da Silva, a sonoridade tradicional deste álbum foi enriquecida com os diferentes matizes dos convidados especiais, como Pedro Jóia, na Guitarra Clássica, Filipe Raposo no piano e Paulo de Carvalho, com quem gravou o primeiro dueto da sua carreira. Estes convidados juntaram-se ao núcleo de maravilhosos músicos composto por Pedro Amendoeira, na guitarra portuguesa, Rogério Ferreira, na viola de fado e António Quintino, no contrabaixo.
 
www.joanaamendoeira.pt


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.12.15

joanamendoeira.jpg

 

 
JOANA AMENDOEIRA
 "É a hora" primeiro single do novo disco 
 
É a hora” é o primeiro single de avanço do novo disco de Joana Amendoeira. Letra de Tiago Torres da Silva e música de Paulo de Carvalho, em dueto com o próprio autor da música.
 

Com edição para fevereiro de 2016, o novo disco de Joana Amendoeira conta com produção do poeta Tiago Torres da Silva, a sonoridade tradicional deste álbum foi enriquecida com os diferentes matizes dos convidados especiais, como Pedro Jóia, na Guitarra Clássica, Filipe Raposo no piano e Paulo de Carvalho, com quem gravou o primeiro dueto da sua carreira. Estes convidados juntaram-se ao núcleo de maravilhosos músicos composto por Pedro Amendoeira, na Guitarra Portuguesa, Rogério Ferreira, na Viola de Fado e António Quintino, no Contrabaixo.
 
www.joanaamendoeira.pt


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 12.08.15

 

Letra

 

Anda o sol na minha rua
Cada vez até mais tarde
A ver se pergunta à lua
A razão por que não arde

Tanto quer saber por quê
Mas depois fica calado
E nunca ninguém os vê
Andarem de braço dado

Se me persegues de dia
Se à noite sempre me deixas
Não digas que é fantasia
A razão das minhas queixas

Só andas enciumado
Quando eu não te apareço
Mas se me tens a teu lado
Nem ciúmes te mereço!

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 24.05.14

Joana Amendoerira

 

JOANA AMENDOEIRA

  

 

Joana Amendoeira continua a apresentar Tour  “Amor Mais Perfeito”. Esta digressão já a levou a várias salas do país, bem como aos Estados Unidos, Brasil, Espanha, Itália, Lituânia, Hungria e Suécia.

 

No mês de Junho vai regressar à  Hungria e estreia-se na Roménia no International Theater Festival. A acompanhar estarão, como sempre, os músicos Pedro Amendoeira, na Guitarra Portuguesa, Rogério Ferreira, na Viola de Fado e Paulo Paz, no Contrabaixo.

 

Encontra-se a preparar até ao final do ano, a gravação do seu novo  disco, o nono álbum da sua carreira, com edição prevista para a Primavera de 2015.

 

 

AGENDA:

 

29 Maio | Feira de Maio | Páteo Valverde (Azambuja - Portugal)

 

31 Maio | 6º Encontros de Fado de Almada| Auditório Municipal Fernando  Lopes Graça (Almada - Portugal)

 

09 Junho | Kecskemét | Kéttemplom Koz (Hungria)

 

10 Junho | Budapeste| Faculty Council Hall, Faculty of Law | ELTE  (Hungria)

 

12 Junho |   International Theater Festival | Biserica Romano-Catolica (Sibiu - Roménia)

 

13 Junho International Theater Festival |  Cetatea Cisnadioara (Sibiu - Roménia)

 

14 Junho |  International Theater Festival |  Biserica Sf. Ioan (Ianga Casa Teutsch) (Sibiu - Roménia)

 

15 Junho |  International Theater Festival |  Biserica Ursulinelor (Sibiu - Roménia)

 

 20 Junho | Festas do Alto do Seixalinho | Parque da Cidade (Barreiro - Portugal)

 

 27 Junho | Feira Internacional de Artesanato do Estoril-Fiartil  (Estoril - Portugal)

 

www.joanaamendoeira.pt



publicado por olhar para o mundo às 21:48 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.04.12

 

letra

 

Todas as horas são breves,

Todos os dias são horas,

Todo o amor que me deves

Aumenta quando demoras.

 

Vejo as sombras do desejo

Que tenho por te encontrar,

Em cada noite há um beijo

Que nunca te posso dar.

 

Na brisa da tarde calma,

Onde nasce a Primavera,

Nasce a dor na minha alma

P’ra viver à tua espera.

 

Sou do monte, sou da serra

E os teus olhos são do mar,

È tão longe a minha terra,

Que não te posso alcançar.

 

Quando chegares a sorrir

Não me tragas compaixão

Depois terás de partir,

Partir o meu coração.

 

(Letra de 'Todas as horas são breves', da autoria de Helder Moutinho)



publicado por olhar para o mundo às 08:24 | link do post | comentar

Domingo, 05.06.11

Joana Amendoeira canta na Argentina e no Uruguai

 

A cantora irá apresentar em Montevideu e em Buenos Aires o mais recente álbum, “Sétimo Fado”, produzido por si e em que gravou poemas de João Fezas Vital, João Monge, Vasco Graça Moura, Rosa Lobato Faria, José Luís Peixoto, Pedro Tamen, Fernando Girão, Amélia Muge, Tiago Torres da Silva, Hélder Moutinho, Pedro Assis Coimbra e Pedro Rapoula.

 

Joana Amendoeira, acompanhada à guitarra portuguesa por Pedro Amendoeira, à viola por Pedro Pinhal e no contrabaixo por Paulo Paz, canta na próxima segunda-feira na sala Zitarrosa, na capital uruguaia, e no dia seguinte em Buenos Aires, no Teatro Coliseo.

 

Joana Amendoeira ganhou a Grande Noite do fado do Porto em 1995 e tem apostado numa carreira de compromisso "entre a tradição e a modernidade", considerando, segundo disse à Lusa, que é essencial dar "a cada um dos fados tradicionais um cunho e estilo" pessoais, mas também "criar novos fados".

 

"Há que entender o fado numa evolução natural que passa pela tradição, caminhando nos dias de hoje com as preocupações do presente", disse.

 

Com uma carreira de mais de dez anos, a fadista viu um dos seus álbuns, “Joana Amendoeira & Mar Ensemble”, distinguido com o Prémio Amália Rodrigues Melhor Álbum (2008).

 

Via Hard Musica



publicado por olhar para o mundo às 13:40 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.04.11

 

 

Letra

 

Sopra o vento, sopra o vento,
Sopra alto o vento lá fora,
Mas também meu pensamento
Tem um vento que o devora.
Há uma íntima intenção
Que tumultua o meu ser
E faz do meu coração
O que um vento quer varrer;
Não sei se há ramos deitados
Abaixo no temporal,
Se pés do chão levantados
Num sopro onde tudo é igual
Dos ramos que ali caíram
Sei só que há mágoas e dores
Destinadas a não ser
Mais que um desfolhar de flores.
Sopra o vento, sopra o vento,
Sopra alto o vento lá fora,
Mas também meu pensamento
Tem um vento que o devora.

 



publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Domingo, 03.04.11

Joana Amendoeira canta ‘Sétimo Fado’ em Guimarães

 

A fadista Joana Amendoeira actua no próximo sábado, 9 de Abril, em Guimarães, para apresentação do seu novo disco de originais, ‘Sétimo Fado’. 


O espectáculo, com início previsto para as 22h00 no cine-teatro São Mamede, tem bilhetes à venda a 10 euros (pla-teia) e a 15 euros (balcão).

Novos poetas com novos compositores

Ao lado de Pedro Pinhal (viola) e Filipe Raposo (piano) a fadista assina a produção e concepção musical do trabalho, reunindo uma série de letristas ou poetas, sejam eles o caso de João Fezas Vital, João Monge, Vasco Graça-Moura, Rosa Lobato Faria, José Luis Peixoto, Pedro Tamen, Fernando Girão, Amélia Muge, Tiago Torres da Silva, Helder Moutinho, Pedro Assis Coimbra e Pedro Rapoula.

Para além dos fados tradicionais, onde cabem as palavras escritas por alguns nomes referidos conta-se com uma série de novos fados com assinatura de vários compositores, como Bernardo Sassetti, Pedro Pinhal, Paulo Paz, Pedro Amendoeira, Fernando Girão, Filipe Raposo, Davide Zaccaria, e a própria Joana Amendoeira que assina aqui também duas das composições escolhidas uma ao lado de Pedro Pinhal e outra onde a dupla convida o guitarrista Ricardo Parreira

 

Aqui a alma e o pensamento servem-se com toda a sua essência e cumplicidade, numa viagem onde a chegada é sempre um ponto de partida.
“A fadista propõe, como no disco, uma reflexão sobre todo o seu percurso, declarando toda uma maturidade, na contenção e peso que entrega às palavras”, refere uma nota da produção, a que o CM teve acesso.

Sete discos em nome próprio e concertos pelo mundo fora

Joana Amendoeira apresenta-se em palco, de acordo com a idade e experiência na arte que reconhece sua, pois contam-se agora sete discos em nome próprio, para além das várias participações, e uma mão cheia de grandes concertos pelo mundo fora — em algumas das mais importantes e prestigiadas salas nacionais e internacionais, a solo e ao lado de grandes vultos das várias culturas espalhadas pelo globo.

Partindo de uma formação com base na guitarra portuguesa, viola e contrabaixo, Joana Amendoeira volta a convidar outros instrumentos, neste caso o piano, o acordeão, o violoncelo e uma percussão em dois te-mas, para aquela que será uma nova etapa após os seus dez anos de carreira, acrescenta ainda a mesma nota.

 

Via Correio do Minho



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Joana Amendoeira no Fórum...

Joana Amendoeira apresent...

Joana Amendoeira - teu n...

JOANA AMENDOEIRA - "Lisbo...

Joana Amendoeira Muito De...

Joana Amendoeira apresent...

Joana Amendoeira inicia a...

Joana Amendoeira - "É a ...

Joana Amendoeira - Anda o...

JOANA AMENDOEIRA - Tour N...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
blogs SAPO
subscrever feeds