Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Letra: "Olha lá Já se passaram alguns anos Nem sequer vinhas nos meus planos Saíste-me a sorte grande E eu cá vou Usando os louros deste achado Contigo de braço dado  Para todo o lado Eu vou até morrer Ser teu se me quiseres Agarrado a ti Vou sem hesitar  E se o chão desabar  Que nos leve aos dois Vou agarrado a ti Meu amor A roda da lotaria Que é coisa escorregadia Saíste-me a sorte grande E eu cá vou À minha sorte abandonado Contigo de braço dado Para (...)
  Álbum chega às lojas a 10 de Outubro e conta com a participação de Zé Pedro e Frankie Chavez   «Ela Só» é o nome do novo disco de João Só e Abandonados que chega às lojas na próxima segunda-feira, 10 de Outubro, pela Arthouse/Valentim de Carvalho. O segundo álbum do projecto foi gravado nos Estúdios Valentim de Carvalho, em Paço de Arcos, com Nelson Carvalho (David Fonseca, X-Wife, The Legendary Tigerman), que co-produziu «Ela Só» com João Só. Zé Pedro, (...)
Letra Acordei de manha Ainda meio baralhado Teres sido tu a estrela Daquele filme alugado Deixámos o Bruce Lee Entregue às artes marciais Quando olhaste para mim Sem efeitos especiais A Marte Vou a Marte Se é o que tu queres eu vou a Marte A Marte Vou a Marte Se é o que tu queres eu vou a Marte Fui ter contigo ao café Não me cansei de olhar para ti Disseste mata-me a sede Tira-me daqui A loucura subiu E eu não sou de pedra Para uma Vénus como tu Não à água nesta terra A Marte (...)
Letra Dás-me mil razões Para não gostar de ti Dizes-te desinteressante E que eu não estou em mim Mas quando eu te vejo Consigo ver alguém Que se calhar nunca viste Mas que eu conheço bem Deixa-te descobrir por mim Deixa-me contar-te o que eu vi Levo-te pela mão e no fim Vais ver que tens fogo em ti Sentas-te ao meu lado À espera que me cale contigo Nem deixas que a conversa Chegue perto do teu umbigo Mas quando eu te oiço Consigo ouvir alguém Que se calhar nunca ouviste M (...)
Letra Acordei de manhã Ainda meio baralhado De teres sido tu a estrela Daquele filme alugado Deixámos o Bruce Lee Entregue às artes marciais Quando olhaste para mim Sem efeitos especiais A Marte, vou a Marte Se é o que tu queres Eu vou a Marte! A Marte, vou a Marte Se é o que tu queres Eu vou a Marte! Fui ter contigo ao café Não me cansei de olhar para ti Disseste mata-me a sede Tira-me daqui E o mercúrio subiu E eu não sou de pedra P'ra uma Vénus como tu Não há água (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email