Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    Letra   As pedras contam segredos do rio e guardam lembranças do mar  O sul traz a alma e a cor do estio que a calma demora a espalhar  A terra descobre tesouros que o vento nos vai contando devagar  Mértola ai que tens tanto p´ra contar  Irmã das areias que o tempo guardou na terra onde dorme o calor  Destino de moura que o sol coroou e dizem que foi por amor  Se o pulo do lobo te leva pró sul desertos de cobre a ferver  Mértola ai que tens tanto p´ra dizer  (...)
    Letra   Senhora, senhora do Almortão Senhora do Almortão Ó minha linda raiana Virai costas a Castela Não queirais ser castelhana Senhora, Senhora do Almortão Senhora do Almortão A vossa capela cheira Cheira a cravos cheira a rosas Cheira a flôr de laranjeira Senhora, senhora do Almortão senhora do Almortão Eu p'ró ano não prometo Que me morreu o amor Ando vestida de preto
    Letra   Era um redondo vocábulo Uma soma agreste Revelavam-se ondas Em maninhos dedos Polpas seus cabelos Resíduos de lar, Pelos degraus de Laura A tinta caía No móvel vazio, Congregando farpas Chamando o telefone Matando baratas A fúria crescia Clamando vingança, Nos degraus de Laura No quarto das danças Na rua os meninos Brincando e Laura Na sala de espera Inda o ar educa   Letra de Zeca Afonso    
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email