Quarta-feira, 27.09.17

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Sábado, 23.09.17

julio pereira.jpg

 

Praça do Comércio | O NOVO DISCO DE JÚLIO PEREIRA

É posto à venda no próximo dia 22 de Setembro o novo trabalho discográfico de Júlio Pereira, intitulado “Praça do Comércio”, apresentado nos formatos LP e CD.

O vinil — com capa em formato gatefold — foi tornado num objecto de arte, sem texto, apenas contendo as ilustrações originais que Carlos Zíngaro criou para todos os temas do álbum. Uma edição limitada a 1.000 exemplares numerados.

Do CD faz parte um livro de 112 páginas (em português e inglês), com textos de Rui Vieira Nery, Manuel Morais, João Luís Oliva e Nuno Cristo, contendo ainda um guia de acordes e partituras.

O instrumento protagonista deste 22º disco de autor é o cavaquinho e onde, pela primeira vez, Júlio Pereira toca o seu parente Madeirense – o braguinha. Nele participam, além dos músicos que habitualmente o acompanham – Miguel Veras e Sandra Martins – vários instrumentistas de que se destacam, o canadiano James Hill (ukulele), José Manuel Neto (guitarra portuguesa), Pedro Jóia (viola) e Norberto Gonçalves da Cruz (bandolim). Colaboram, ainda, com as suas vozes, António Zambujo, Olga Cerpa (Espanha), Chney Wa Gune (Moçambique), Luanda Cozetti e outros.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.09.17

julio pereira.jpg

 

 
JÚLIO PEREIRA
 
Novo disco "PRAÇA DO COMÉRCIO" | 22 de Setembro
 
15 DE SETEMBRO | C.C. OLGA CADAVAL, 22h00
 

"Praça do Comércio" é o 22º disco de autor, de Júlio Pereira. Trata-se de um disco instrumental – enérgico e livre, urbano e sem fronteiras – tendo como solista o Cavaquinho e também, pela primeira vez, o Braguinha onde a voz humana inesperadamente emerge em vários momentos.

A maioria dos arranjos foi criada a partir dos instrumentos tocados por Júlio Pereira: Cavaquinho, Braguinha, Viola Braguesa e Bouzouki contracenando com o Violoncelo e a Viola (Sandra Martins e Miguel Veras, músicos que habitualmente o acompanham) a que se juntaram outros instrumentistas e cantores convidados entre os quais: António Zambujo, James Hill (Canadá), Olga Cerpa (Espanha), Cheny Wa Gume (Moçambique), Pedro Jóia, José Manuel Neto, Norberto Gonçalves da Cruz e ainda com as participações nos coros de Luanda Cozetti, Mariana Abrunheiro e Teresa Melo Campos.

De realçar a participação de um dos mais prestigiados tocadores de Ukulele – o canadiano James Hill decorrente do concerto conjunto com Júlio Pereira em Newark – New Jersey Performing Arts Center, no ano passado, onde o Cavaquinho e o Ukulele tocaram juntos.

Será o primeiro disco profissional que deixará o registo do encontro destes dois instrumentos constituindo o arranque para eventos futuros no estrangeiro.

Mais um passo na longa vida do Cavaquinho e do seu autor naquele que na opinião do seu editor se trata do melhor disco de Júlio Pereira.

Ah…boa nova! Todos os temas serão ilustrados por Carlos Zíngaro!

"Praça do Comércio" estará à venda a partir de 22 de Setembro e conta, também, com uma edição especial, de 1000 exemplares em vinyl, numerada e autografada pelo autor, que inclui capa em formato de gatefold - um objecto de arte, sem texto, apenas contendo as ilustrações originais que Carlos Zíngaro criou para todos os temas do álbum. Uma edição limitada em pré-venda até dia 23 de Setembro no site da Tradisom.

Dia 15 de Setembro, Júlio Pereira apresenta "Praça do Comércio" no Centro Cultural Olga Cadaval, pelas 22h00.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.06.17

jullio pereira.jfif

 

 

NOVO DISCO SERÁ LANÇADO EM SETEMBRO

Júlio Pereira disponibiliza na Rádio e nas Plataformas digitais o tema “Galope do Deserto”, incluído naquele que será o seu 22º disco de autor.

Trata-se de um disco instrumental – enérgico e livre, urbano e sem fronteiras – tendo como solista o Cavaquinho e também, pela primeira vez, o Braguinha onde a voz humana inesperadamente emerge em vários momentos.

A maioria dos arranjos foi criada a partir dos instrumentos tocados por Júlio Pereira: Cavaquinho, Braguinha, Viola Braguesa e Bouzouki contracenando com o Violoncelo e a Viola (Sandra Martins e Miguel Veras, músicos que habitualmente o acompanham) a que se juntaram outros instrumentistas e cantores convidados entre os quais: António Zambujo, James Hill (Canadá), Olga Cerpa (Espanha), Cheny Wa Gume (Moçambique), Pedro Jóia, José Manuel Neto, Norberto Gonçalves da Cruz e ainda com as participações nos coros de Luanda Cozetti, Mariana Abrunheiro e Teresa Melo Campos.

De realçar a participação de um dos mais prestigiados tocadores de Ukulele – o canadiano James Hill decorrente do concerto conjunto com Júlio Pereira em Newark – New Jersey Performing Arts Center, no ano passado, onde o Cavaquinho e o Ukulele tocaram juntos.

Será o primeiro disco profissional que deixará o registo do encontro destes dois instrumentos constituindo o arranque para eventos futuros no estrangeiro.

Mais um passo na longa vida do Cavaquinho e do seu autor naquele que na opinião do seu editor se trata do melhor disco de Júlio Pereira.

Ah…boa nova! Todos os temas serão ilustrados por Carlos Zíngaro!



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar | ver comentários (4)

Quarta-feira, 24.05.17
avm.jpg
 
Júlio Pereira revisita, ao vivo, o seu último disco, Cavaquinho.pt. Acompanhado por Miguel Veras na guitarra, Sandra Martins no violoncelo e Pedro Dias na guitarra portuguesa, nestes espectáculos o som da pequena viola de quatro cordas alia-se aos seus parentes madeirenses e americanos, numa criação de contemporânea mestiçagem. Em palco, resulta numa diversificada viagem por múltiplas paragens sonoras, que não dispensa, até, um piscar de olho ao fado.
 
Júlio Pereira prepara-se para editar um novo trabalho, com data de lançamento prevista para o último trimestre de 2017.
 
JÚLIO PEREIRA | AO VIVO
 

25 de Maio - Coimbra,  Auditório do Conservatório de Música, 21h30

27 de Maio - Tavira, Santo Estevão, Largo da Igreja, 21h30

06 Junho – Lisboa, Teatro da Trindade, Gala CISAC (org. SPA)

10 de Junho - Albergaria-a-Velha, Quinta do Torreão (Festival Pão de Portugal)

25 de Junho – Esporão, 18h00

 
Júlio Pereira site Oficial


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.03.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.07.14

Júlio Pereira e Fairport Convention em Go Folk Fest

O músico Júlio Pereira (na fotografia) e o grupo britânico Fairport Convention são os destaques do 1.º festival internacional de música folk a realizar no Parque da Senhora dos Verdes, em Gouveia, na próxima sexta-feira e no sábado.

 

O Go Folk Fest é promovido pela Associação de Beneficência Popular de Gouveia (ABPG), no âmbito do programa comemorativo do centenário do jornal Notícias de Gouveia, propriedade daquela instituição.

 

O festival começa na sexta-feira, às 21h30, com a atuação do grupo nacional "A Presença das Formigas", formado por Sara Vidal (voz), Manuel Maio (violino, bandolim, cavaquinho e voz) André Cardoso (guitarras e voz), Miguel Cardoso (baixo elétrico, viola braguesa e voz), Rui Ferreira (acordeão e teclados) e Rui Lúcio (bateria e percussão).

 

Segundo o programa hoje divulgado, às 23h00 haverá um espetáculo de música céltica pelos escoceses Fraser Fifield & Graeme Stephen.

 

A primeira noite do Go Folk Festival encerra com a atuação do grupo inglês The Strawbs, a partir das 00h15, formado por Dave Cousins (voz, guitarra e banjo), Dave Lambert (guitarras e voz) e Chas Cronk (baixo, guitarra e voz).

 

No sábado, pelas 20h30, sobem ao palco os espanhóis Noega e, às 22h00, começa o concerto de Júlio Pereira, acompanhado por Sandra Martins (violoncelo), Miguel Veras (guitarra) e Luís Peixoto (bandolim).

 

O festival termina com a atuação da banda inglesa Fairport Convention (23h45), considerada uma "lendária formação da folk britânica".

 

Luís Carrilho, presidente da ABPG, disse hoje à agência Lusa que o festival internacional de música folk surgiu com o objetivo de oferecer ao público "uma música diferente", que representasse "alguma novidade" no panorama nacional e que "ombreasse" com os 100 anos do jornal centenário Notícias de Gouveia.

 

O evento musical também foi projetado tendo em conta a existência do Parque da Senhora dos Verdes, onde a ABPG investiu cerca de cinco milhões de euros.

 

Luís Carrilho assume que o espaço e o cartaz "garantem a qualidade" do evento, para o qual deseja a participação de duas mil pessoas. A organização disponibiliza acampamento gratuito no parque de campismo local, mediante a apresentação do bilhete de acesso ao festival.

 

Os preços para o Go Folk Fest de Gouveia variam entre os 10 euros (sexta-feira), 15 euros (sábado) e 20 euros (para os dois dias).

 

Os bilhetes podem ser adquiridos no local ou previamente aos balcões dos CTT e através do portal do festival, em www.gaudela.net/gofolk.

 

Estão também à venda nas receções da Unidade de Cuidados Continuados da ABPG e da piscina do Parque da Senhora dos Verdes, em Gouveia.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 20:03 | link do post | comentar

Sábado, 11.01.14

Julio Perera

 

Passados 30 anos, Júlio Pereira regressa ao instrumento que se colou à sua imagem de compositor e instrumentista, e que marcou decisivamente os caminhos da música popular portuguesa – o cavaquinho.

 

CAVAQUINHO.PT O LIVRO/CD


CAVAQUINHO.PT será posto à venda no dia 20 de Janeiro e terá o formato de Livro/CD.***


Desta vez, os temas são da autoria do compositor, que convida algumas vozes que com ele costumam trabalhar: Uxía, Sara Tavares, Luanda Cozetti.Mas este não é apenas um regresso ao que já era a reactualização de um instrumento tradicional; antes um passo novo para a história do pequeno cordofone que, a partir do Minho, deu a volta a todos os continentes e hoje se afirma como protagonista da música de todo o mundo.


Para além de ser um produto autónomo de criação musical, que se basta a si próprio, CAVAQUINHO.PT é composto por um digibook de 112 páginas, ilustradas e inclui um texto sobre os tempos, modos e lugares em que o pequeno tetracórdio se foi revelando…” E, sobretudo, pretexta duas iniciativas que tardavam:

 

O SITE INTERNACIONAL DO CAVAQUINHO


“É tempo de mostrar ao mundo uma das grandes riquezas que temos!

 

www.cavaquinhos.pt  é o sítio na internet que percorre o universo internacional deste instrumento e dos seus descendentes, através de um exaustivo acervo documental e fotográfico.


O principal objectivo deste sítio é o de mostrar aos Portugueses e ao mundo, o universo do cavaquinho no Continente e na Madeira - onde vamos apreciar mais de 120 modelos diferentes de cavaquinhos, os seus construtores, os seus tocadores.


Mas aqui reúne-se também uma comunidade que ascende aos 200 milhões de pessoas e que engloba os vários cavaquinhos existentes por esse mundo fora: o Cavaquinho Continental, o Braguinha na Madeira, o Cavaquinho de Cabo Verde, o Cavaquinho do Brasil, o Ukulele nos E. U. A. e o Keroncong na Indonésia.


O sítio será rico de exemplos musicais onde poderemos ver e ouvir os melhores tocadores de cavaquinho, aprender as técnicas, os acordes, e consultar os estudos sobre ele.


A ASSOCIAÇÃO MUSEU CAVAQUINHO


“Para saber o que temos precisamos de saber quem somos e o que fazemos.”


Tem sido este o principal mote da Associação Cultural Museu Cavquinho (acessível no mesmo endereço digital e na rede social Facebook), cujo objectivo se centra na investigação, divulgação e preservação de todo o património material e imaterial referente ao cavaquinho.


Criada em Julho de 2013, a Associação tem vindo a trabalhar no Inventário Nacional da Prática do Cavaquinho em Portugal: os construtores, os músicos, os grupos de cavaquinhos e os locais de ensino.


A Associação tem encontrado uma boa sinergia e um apoio inequívoco por todo o país, alargando a sua colaboração com instituições académicas e personalidades variadas nas áreas da música e da investigação.


Já fazem parte desta associação alguns nomes bem conhecidos do publico, tais como, Manuel Morais, Salwa Castelo-Branco, António Zambujo, Rui Vieira Nery, Nancy Vieira, Manuel Lisboa, Jon Luz.


Vários acontecimentos previstos para 2014 (novos discos, novas parcerias, encontros, workshops, abertura de escolas e concertos) ajudarão a cimentar a documentação e organização de tudo o que faz parte da prática deste instrumento essencial na nossa identidade colectiva: O CAVAQUINHO!

Vários acontecimentos previstos para 2014 (novos discos, novas parcerias, encontros, workshops, abertura de escolas e concertos) ajudarão a cimentar a documentação e organização de tudo o que faz parte da prática deste instrumento essencial na nossa identidade colectiva: O CAVAQUINHO!

 

*** No inicio de Janeiro irá ser feita uma campanha de pré-venda de um número limitado de exemplares, autografados pelo Júlio Pereira no site da TRADISOM.

 

CAVAQUINHO.PT à venda no dia 20 de Janeiro de 2014.



publicado por olhar para o mundo às 12:05 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.01.14

Júlio Pereira assinala 2014 como «o ano do cavaquinho» e apresenta livro/CD

O músico Júlio Pereira assinala 2014 como “o ano do cavaquinho”, com a edição de um livro/CD, a apresentação da Associação Museu do Cavaquinho e o respetivo sítio na internet.

 

Júlio Pereira regressa ao cavaquinho com o livro/CD “Cavaquinho.pt”, que é publicado no próximo dia 20. O álbum revela novas composições e conta com a participação de, entre outros, Uxía, Sara Tavares e Luanda Cozetti.

 

A musicóloga Salwa Castelo-Branco, no texto que acompanha o CD, refere-se ao disco como “uma proposta musical inovadora” de Júlio Pereira, “pioneiro da revitalização, atualização e difusão dos cordofones portugueses”. A catedrática da Universidade Nova de Lisboa chama a atenção para o facto de neste CD estar contemplada a Galiza, região espanhola que “partilha a mesma fronteira, matriz linguística e cultural com o Minho”, assim como a integração de outras linguagens musicais, como jazz e o fado.

 

O “digibook”, que integra o CD, é constituído por 112 páginas ilustradas e conta com “um texto sobre os tempos, modos e lugares em que o pequeno tetracórdio [o cavaquinho] se foi revelando”, explicou Júlio Pereira à Lusa.

 

O cavaquinho, instrumento tipicamente minhoto, é “hoje protagonista da música de todo o mundo”, conhecendo-se versões do cavaquinho noutras latitudes, com mais de 120 modelos diferentes, como os modelo cabo-verdiano e brasileiro, o ukulele nos Estados Unidos e o keroncong na Indonésia.

 

Paralelamente, o músico de 60 anos salienta que “é tempo de mostrar ao mundo uma das grandes riquezas que temos” e, neste sentido, lança o portal na internet www.cavaquinhos.pt. Segundo Júlio Pereira “é o sítio na internet que percorre o universo internacional deste instrumento e dos seus descendentes, através de um exaustivo acervo documental e fotográfico”. “O principal objetivo é mostrar aos portugueses e ao mundo o universo do cavaquinho, nomeadamente os seus mais de 120 modelos diferentes, os seus construtores e tocadores”, explicou.

 

Segundo o músico, que trabalhou, entre outros, com José Afonso, Augusto Boal, Águeda Sena e João Perry, este espaço na internet reunirá “uma comunidade que ascende aos 200 milhões de pessoas e que engloba os vários cavaquinhos existentes por esse mundo fora desde o cavaquinho continental português ao keroncong na Indonésia”. “O sítio na internet será rico de exemplos musicais onde poderemos ver e ouvir os melhores tocadores de cavaquinho, aprender as técnicas, os acordes e consultar os estudos sobre ele”, acrescentou o músico.

 

Criada no ano passado, a Associação Cultural, em Lisboa, é dada a conhecer este mês, assim como o Museu Cavaquinho.pt, acessível no mesmo endereço digital e na rede social facebook. “Para saber o que temos precisamos de saber quem somos e o que fazemos”, disse à Lusa o músico, que salientou ser este “o principal mote da Associação Cultural e do Museu Cavaquinho.pt”.

 

O objetivo desta associação é a investigação, divulgação e preservação de todo o património material e imaterial referente ao cavaquinho. Desde a sua criação, em julho do ano passado, a associação “tem vindo a trabalhar no Inventário Nacional da Prática do Cavaquinho em Portugal, que inclui a referenciação dos seus construtores, músicos, grupos de cavaquinhos e dos locais de ensino”. Manuel Morais, Salwa Castelo-Branco, António Zambujo, Rui Vieira Nery, Nancy Vieira, Manuel Lisboa, Jon Luz, são algumas das personalidades que fazem já parte da associação.

 

A associação prevê a edição de novos discos, realização de parcerias, encontros, “workshops”, abertura de escolas e concertos, que “ajudarão a cimentar a documentação e organização de tudo o que faz parte da prática deste instrumento essencial na nossa identidade coletiva, o cavaquinho”, frisou.

Júlio Pereira começou a tocar aos sete anos e editou o primeiro álbum inteiramente dedicado ao cavaquinho em 1981.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:14 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.06.11
Letra

Na primeira manhã, quem vem lá?, quem tem medo?
Meu nome é Peter Pan, mas pra já é segredo
A magia, a imaginação
Que eu trazia na minha mão

Na manhã a seguir, o lugar, o segundo
Sou de Alcácer-Quibir, sou do mar, sou do mundo
A magia, as voltas do Marão
Que eu trazia no meu refrão

Não sei pedir-te por favor
Só te sei falar
Com gestos e com palavrões
E seja lá isso o que for
Eu não vou ficar
A falar com os meus botões

A magia, a imaginação
Que eu trazia na minha mão

Na terceira manhã, o olhar, o chuveiro
Vou morder a maçã, vou estudar o teu cheiro
A magia, a força de Sansão
Que eu trazia no coração

Não sei pedir-te por favor
Só te sei falar
Com gestos e com palavrões
E seja lá isso o que for
Eu não vou ficar
A falar com os meus botões



publicado por olhar para o mundo às 08:09 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Júlio Pereira - Pulga Sal...

Praça do Comércio é o no...

JÚLIO PEREIRA - Novo disc...

Júlio Pereira apresenta ...

JÚLIO PEREIRA AO VIVO

Pra caminha - Júlio Perei...

Júlio Pereira e Fairport ...

Júlio Pereira apresenta o...

Júlio Pereira assinala 20...

Júlio Pereira e Maria Joã...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
OUÇA A NOSSA RADIO EM https://goo.gl/ouzpk3
Eu queria a letra dessa música
YK é Noizz Kappa, Halloween a grande Alma, melhor ...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds