Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Acredito que depois de morto serei solto. Para isso não tenho que ser bom, Tenho que ser sério. Não contabilizo as boas acções, Palavra de escuteiro. Sem contas de cabeça vou marchar pelo Império. As leis da estoicidade ligam a sirene. Pedem que abrande o riso, Tenho que ser sério. E ao mandarem-me encostar Não tiram a mão do coldre. Deixo o carro e vou marchar pelo Império. O caminho é estreito demais para o meu ego, Mas para me tornar numa criança Tenho (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email