Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   chega a casa tão cansada quando à noite… ser mãe é duro e dura pouco. os euros são tão nada e ela conta-os com a mão dentro do bolso. só se despe após as oito, aquilo que é do jantar é do almoço. se a vida fosse um pouco mais doce… fugia do fosso até que sente os pontapés dentro do corpo é quando chega tão cansada e vê: aquilo que toca não é aquilo que quer. o que há para lá desta parede não é para se sonhar sequer x2 e ela sabe que ele não é (...)
  Letra   (HAROLD) noites belas, nelas vejo-te sempre… vejo-te à frente mesmo sem tu estares presente. corpo é carente entre corpos, música e charros, entre o barulho das luzes, gritos e carros. meço descompassadamente, eu já não vejo o tempo – drogas mudam a minha mente. a cama tornou-se uma prisão, a solidão e a compaixão tiram-me o chão constantemente e eu morro… quem vem primeiro? deixa-me cair... quando o tempo se acabar leva as coisas com que construíste o mundo, (...)
  Letra   ela voa para Torino e esquece tudo aquilo que fomos. decoro aquele caminho como decorei o trono. onde tu caías quando morrias de sono... e eu não percebo como o tempo não te afoga, a neve não te toca, e o carro não pega ao lado do Lago Como. o que é nosso é feito de ouro. estamos sós como lobos na cidade do Toro uma vida só é pouco e eu levo-a onde eu cresci e onde é fácil aprender que um homem não é a pele que o cobre, nem a carne que o reveste, mas o medo (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email