Sábado, 06.05.17

 

Letra

 

[HAROLD]
Nós criamos fantasias
Já não vês as alegrias que vias
Hoje nem, falamos nem nos vemos mais
Os dias estão todos iguais
Talvez seja melhor assim
E limpar cada suor em mim
Tu sabes já nem durmo bem
Mas eu sei que tas assim também
E passamos o dia nesta conversa
Ou a tentar e a dizer que tens pressa
Não queres facilitar um gajo stressa
Começa a gritaria que separa-nos peça a peça
Amor só tem valor porque é alto o preço
No final o rancor vira-nos do avesso
Nunca ileso não tenho
Agora ela chora, implora embora jura que é feliz agora
Mas tanto fiz tanto faz
Tanto quis não quero mais e tu vais
Viver sonhos longe de mim à procura do fim
Mas sem mim esses sonhos não são reais
Dói de mais andar sozinho onde a gente andava
Imaginar que alguém te toca assim como eu tocava
Chama-me nomes outra vez que eu te quero ver brava
Chama-me nomes outra vez que eu

Não te vou julgar
Se não der para nós dois eu
Não te vou largar se não te vir depois
Eu não quero o fim, não
Nem longe de mim, não
Fiques assim comigo que eu não quero mais ninguém
Porque eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem, eu
Eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem, eu
Eu aqui to bem, eu aqui to bem, eu
Eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem

[PAPILLON]
Então chama, tu chama, tu chama-me nomes
Odeia-me agora mas ama depois
Tu chama, tu chama, tu chama-me nomes
Odeia-me agora mas ama depois

[FACTOR]
Tu chama-me nomes tu esta a vontade
Chama-me retardado pode ser verdade
Posso ser estúpido mas então porque é que o cúpido me chamou para tua cara metade
Tem cuidado o que me chamas se me amas na cama então tu tens de me amar em todo o lado
Não me chames de otario quando pelo contrario
Tu sabes que eu tenho sido o teu príncipe encantado
E cuidado com a maneira com que falas comigo
Eu não ligo quando estas de cabeça quente
Porque quando estou também sei o que digo
Ver-te feliz é a minha forma de olhar po meu umbigo
Por isso não olhes para mim como teu inimigo
Não adianta chatice, tu sabes que acabas sempre a falar ao meu ouvido

Não te vou julgar
Se não der para nós dois eu
Não te vou largar se não te vir depois
Eu não quero o fim não
Nem longe de mim, não
Fiques assim comigo que eu não quero mais ninguém
Porque eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem, eu
Eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem, eu
Eu aqui to bem, eu aqui to bem
Eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem

[NECK]
Passaram uns dias passaram uns meses
Passaram uns anos, lembro-me às vezes
Todas as vezes sentados à mesa
De vela acesa sem ter a pressa
Da rotina que contamina a vitamina
Se a energia que contagia a alegria
Na melodia da tua voz e não há dia que não pense em nós
E eu só queria o que tu adias
Eu sei que vias, eu sei que lias
Que tu fugias que tu foges
Mentiras que sobrem não sou menos homem
Não façam do monstro, que o monstro acorda
Desgosto no rosto carrego
Procuro conforto (com o fardo que levo)

[PAPPILON]
Se eu tou contigo é serio tu respeita o sentimento
O teu boy não compra briga nem com bom atendimento
Não somos perfeitos, quanto a isso lamento imenso
Sei que não sei se pensas de cabeça quente e penso
Que existe uma linha fina entre o amor e o ódio
E sei que odeias quando o teu boy não te põe no pódio
Mas mesmo que para ti isso não seja notório
Shawty eu não quero que isto seja só provisório
Se estou contigo é para valer tu podes crer
Sou o melhor para ti até me dares motivos para não ser
Sou player sem team e sem claque por mim a torcer
Não troco o que sempre quis pelo que acabei de conhecer
Chama cabrão, filha da puta, sem vergonha, otário
Qualquer palavrão mas o teu coração sente o contrário
Se lutas pela relação eu não sou adversário
Até fazer as pazes aceito a guerra com mal necessário

Não te vou julgar
Se não der para nós dois eu
Não te vou largar se não te vir depois
Eu não quero o fim, não
Nem longe de mim, não
Fiques assim comigo

Não te vou julgar
Se não der para nós dois eu
Não te vou largar se não te vir depois
Eu não quero o fim, não
Nem longe de mim, não
Fiques assim comigo que eu não quero mais ninguém
Porque eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem, eu
Eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem, eu
Eu aqui to bem, eu aqui to bem
Eu aqui tou bem, bem, bem, bem, bem

Então chama, tu chama, tu chama-me nomes
Odeia-me agora mas ama depois
Tu chama, tu chama, tu chama-me nomes
Odeia-me agora mas ama depois

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

[Bridge]
Ela está sedenta yo
Ela dança, balança, emana confiança
Ela nunca senta yo
Boy até comove a forma como ela se move
Em camara lenta yo
Se entra na pista, ela salienta yo
Fuck GPS, ela desorienta yo
Só para
Só para
Só para
Só para
Só para ir ter com

[Refrão]
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah (2x)

[Nastyfactor]
3 da matina para mim é dia
Por isso tenho a stamina que me põe na via
Um puto não atina, quina se bebe
E se fuma voa, voa, voa ave de rapina
Homem das barras aqui ou na china
Até as mina pira, pura aqua fina
Traz a batida que um gajo a pina forte
E assassina e depois assina

[Harold]
Quando rapazes caem peso vira cruz credo
Não interessa o que eu bebo
Nem o que eu pus dred
Nunca foi segredo , boy eu nunca cedo
E se volto cedo a casa é porque tenho arrego
Qualquer boda pra mim é fim de ano
Hoje um tropa dá-me um rim mano
All black viro um cigano
Copo a copo o corpo cai assim mano

[Refrão]
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah

[Neck]
Olha os mais locos é tudo de topo
No copo é licor de Portugal

[Prizko]
Beirão o que se bebe aqui afinal
Com um cubo de gelo ou dois aquece o corpo

[Neck]
Tou num forno, no ponto pas bars
Corpo torto, uns bafos de haxx
Prontos pa festa viemos em paz
Trouxemos as rimas e hoje tou capaz

[Prizko]
Não paro dou gás em torno do meu eixo
Raros desabafos, mas nunca me queixo
Se é pra ir vamos todos não vos deixo
Estamos safos porque tudo isto é trecho

[Neck]
Festejo é nosso e o fecho é tarde
Chama os rapazes que a turma ta parva

[Prizko]
Limpeza que arde é tudo seca adega
Vê como se entorna e ninguém escorrega

[Refrão]
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah

[Papillon]
O boy vem com o juice, o boy vem com o sumo
Não saiu muito, mas se saiu assumo
Se entro no mood supoer sayan subo
Que o meu kumbo e os liers caiam soon

Sente a pedrada que a gárgula cospe
5 shots, goleada, grog marca, Lacoste
Noites mais clássica que o machintosh
Nós por nós, como eu gosto, no deboche, mais um coche

[Bridge]
Ela está sedenta yo
Ela dança, balança, emana confiança
Ela nunca senta yo
Boy até comove a forma como ela se move
Em camara lenta yo
Se entra na pista, ela salienta yo
Fuck GPS, ela desorienta yo
Só para
Só para
Só para
Só para
Só para ir ter com

[Refrão]
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah
Barman yeah yeah
Barman yeah yeah

Chama o barman chama chama
Chama o barman chama chama

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.05.17

 

Letra

 

[Refrão]
O mundo a desmoronar, o chão a estremecer
O que tu tens pra me dar, nasci pra receber
Tu és o lugar donde quero pertencer
Amar faz lembrar, eu quero amar pra esquecer

[Harold]
Só quero amar pra esquecer
Só quero amar pra perceber
Que amar é mais que sofrer
Só quero amar e dar ao mar
O Amor do sol ao nascer
Achar um par e tar atar
O nó e o padre benzer
Quero amar pra não me lembrar
Que houve um dia que isto foi bom
Que algum dia eu via lia-me nas marcas desse batom
Quero amar e esconder tudo
Toda a dor toda a perda
Quero amar pra não me lembrar
Que tar te amar virou uma merda
Quero amar porque hoje não queria ouvi-la vê-la
Ou tê-la à frente
Quero amar porque arrepia me senti-la sempre presente
Quero amar
Porque todo amor sincero trás sempre a verdade
E Avó disse no meio de tanto entrave esta é a felicidade
Quero amar pra perceber
O brilho dos dias cinzentos
Que maus dias não existem existem só maus momentos
Quero amar porque hoje eu percebi que em certa medida
És o amor que me arrependo pro resto da minha vida

[Refrão]
O mundo a desmoronar, o chão a estremecer
O que tu tens pra me dar, nasci pra receber
Tu és o lugar donde quero pertencer
Amar faz lembrar, eu quero amar pra esquecer

[Neck]
Fui aposta, deste gozo tudo a volta ganhou cores
Tive a sorte , neste jogo bateu forte e curou dores
Nada queria cm amores, nada via no amor
Sê bem vinda, a minha vida sara a ferida com ardor
Sinto a chama e o calor do teu corpo...
Sinto a alma de quem em ama no meu corpo...
Fica calma que eu tou perto po conforto
Eu Quero a lady e a peste estampados no teu rosto
Sem confronto eu não tou pronto pa desgostos
Eu nem tem conto dos stresses
Aconchegas te e relax nos meus braços depois do sexo
Passo a passo po sucesso da viagem
Sem corridas e sem excessos é diferente a abordagem
Eu quero te na minha vida mas não só de passagem
Isto é puro e eu tou contigo
Sou teu boy e teu amigo

[Refrão]
O mundo a desmoronar, o chão a estremecer
O que tu tens pra me dar, nasci pra receber
Tu és o lugar donde quero pertencer
Amar faz lembrar, eu quero amar pra esquecer

[Nastyfactor]
Amar para esquecer para não andar aos papeis
Para não pensar em ceder, e pensar em voltar à ex
Porque ela fez-te sofrer, andou a saltar ao eixo
Fez tudo sem querer saber ou parecer ter um pretexto
Mas é quando tu menos esperares
Que aquela que menosprezas-te
Devolve o sorriso e faz-te voar na a a estratosfera se
Nada é por acaso então baby não desespera
E cuida do teu jardim para quando chegar a primavera

[Papillon]
Um sentimento profundo como um abismo sem fim
E de repente o mundo não parece assim tao ruim
Só tu tens o brilho que me ilumina e não encadeia
Só tu acompanhas isto que me corre na veia

[Refrão]
O mundo a desmoronar, o chão a estremecer
O que tu tens pra me dar, nasci pra receber
Tu és o lugar donde quero pertencer
Amar faz lembrar, eu quero amar pra esquecer

[Papillon]
Minha nicotina
Minha adição
Adrenalina na pulsação
Meu álcool
Minha embriaguez
A que corta a timidez
Minha música
Minha harmonia
Minha euforia
Minha hegemonia
Minha dose
Minha mania
Meu estado de epifania
Meu bem
Meu bem, meu bem, meu bem
Não tem como, não há quem
Só tu me fazes sentir que todo o mal vem por bem
Paixão, paixão, paixão
Daqui até ao meu caixão
Só tu me dás solo quando o mundo me tira o chão
Quando o mundo me tira o chão
Quando o mundo me tira o teto
O melhor lugar para me abrigar
É onde mora o teu afeto
Onde mora o teu afeto
Será para sempre o meu habitat
E sempre que invocares o amor
Juro que ele a ti virá

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.06.15

 

 

Letra

 

Deixa-me beber apenas mais pouco dessa fonte da juventude
Tu podes encher o copo de novo desta vez, eu vou beber tudo...


Neck:
Ainda ontem brincava com tazos via os motorratos
As corridas de carros eram no tapete do meu quarto
E por toda a parte era fly com o charizard
Mais um combate mais um crachá vou apanhar-te
Derrotar-te com o pikachu tardes com o son goku
Vegeta, son gohan a enfrentar o bubu
Vicio como a ps1 não havia na!
Tekken 3 com o Eddy gordo nem o Jin me vencia
E hoje em dia vejo a vida que não via em criança
Ambições estão mudadas e o sonho é a esperança de
Viver o sonho de viver do rap de ser o André
Mas também ser o Neck e se isto tudo não der
Eu fiz de tudo para dar e se isto tudo der frutos
é missão cumprida! é missão cumprida!

Refrão NBC :
Se o relógio, não para e o tempo não volta mais
Os meu erros, são prêmios que ninguém vai poder
Levar ao pódio por mim


Prizko:
Anafado era o fado do filho da Ana creio
Anabela é um facto que o puto nem era feio
Animado , amado mas pouco mimado no seio
A mil veio a nado e armado de peito
A prestar com prestigio regras de boa educação e respeito
A pessoas mais velhas e as que não são por defeito
Sem intervalo ou vestígio de quebras no conceito
A torna-lo deveras do inicio ao fim com aceito
Por parte de um par , que o para no patamar a tarde
E o compara com a cara do neto a empata-lo
Pena não ser o momento certo a montar um dialogo
Poe a perna em movimento dizem-lhe "Ate logo Tiago"
Perde a paciência parce que parece que tinha algo
Como uma tarefa ao seu encargo com o Gonçalo em combate
O mal pô-lo de parte na Guerra da Bósnia
Milagre em prol do bem nem sei se parece noia
Ou ideia mirabolante querer participar numa historia
De fundo como as do Tom Sawyer
Por já ver no mundo comedia e escoria
Comedia e escoria..

Tem-p:
21 anos de idade ainda ontem fiz 16
Vejo o meu primeiro beijo e brincadeiras com pinceis
Hoje manos tao em quarteis por papéis que compram amor
Vos sabeis q na vida onde há guitta terás valor
Mas.. idade pesa o bolso nem tanto
Paka dos cotas é bem vinda e sentida mas por enquanto

Vida não esta perdida pra mim que sonho tanto
Entre tudo e entretanto viver feliz custa quanto
Sente o amor te cega armadilha casa dos vinte
Amor que arde e infinito começa acaba num sprint
Deslizes da tua idade crises de identidade
Aprendi que amor é don, amar é necessidade
Seguir sonho ou faculdade pressão do dia a dia
Da família que queria ver filho licenciado
Seguir sonho ou realidade questão que te atrofia
Porque hoje em dia canudo do lado não te garante um cargo

Sigo o faro O meu instinto O trilho das certezas
Vivo para o que sinto Sem filho ou despesas
Sá lixe o mundo não mudo Gritar e ficar mudo
Sonhar é meu sustento nunca precisei Do escudo
Mas mãe eu juro que estudo Sem precisar de ajuda
Caio e levanto maduro Mesmo que tudo me desiluda

(O tempo vai vai vai, já não volta mais
O tempo vai vai vai , já não volta atras)

Refrão NBC :
Se o relógio, não para e o tempo não volta mais
Os meu erros, são prêmios que ninguém vai poder
Levar ao pódio por mim

Papillon:
Em plena posse das minhas capacidades
é tudo tão á flor da pele porque estou na flor da idade
Posso viajar na maionese, ou no leite condensado
Mesmo perdendo-me eu aprendo, sou sempre recompensado

Inspirações elevado ao quadrado e aspirações ao cubo
Autodidata, nunca tenho falta, nas aulas do youtube
Manas dizem "bro tás bue alto, andas a comer adubo?"
Nah "as pedra no meu caminho são os degraus onde eu subo"

Na escadaria da vida, em direção sótão
Meus índices de energia raramente esgotam
Sinto-me invencível tipo o Batman em Gotham
E ficar até tarde na casa Arnaldo mano é ótimo

Meus manos tipo lobos famintos atrás das primas
Só quero uma Queen Latifa no corpo de uma pin up
Mas enquanto não encontro a minha pura muxima
Eu vou casar musica e' inda vou assinar o prenup


NBC:
As saudades da mocidade quem não tem
Regressar a aquela idade que já não vem
E mudar algum detalhe que ficou menos bem
Mas que agora já é tarde para apanhar esse trem
Os cabelos cor de cinza dizem que já não convém
Ter a mesma rebeldia de outros tempos e quem
Deve dar o exemplo são os cotas dizem
Quem deve dar o exemplo são os cotas dizem
Mas a minha mente jovem não obedece a ninguém
Continuo a ser igual como quem 20 tem
Estou na escola da vida bolso não tem vintém
Apaguei a televisão para a liberdade ser 100
Ainda não sei o que quero
Mas para falar sobre zero
Isso sei que não quero , é melhor que me evitem!


Refrão NBC:
Se o relógio, não para e o tempo não volta mais
Os meu erros, são prémios que ninguém vai poder
Levar ao pódio por mim

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

GROGNation - Chama-me Nom...

GROGNation - BARMAN

Amar Para Esquecer - GROG...

GROGNation - A Casa dos 2...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
blogs SAPO
subscrever feeds