Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

   Depois de Arquétipos da Alma (2008) e de Fruto Proibido (2010) os Flirt estão de regresso com o EP Neurogamia. Composto por 7 temas, este trabalho é a mais recente demonstração da resiliência dos Flirt. Com a produção de Zé Pedro e apoio de Gonçalo Silva (Japestudios – para o tema “Sorte Nula”) e de Ricardo Dikk (que além de gravar o (...)
  Letra   Não dou um passo em falso Não me atiro ao ar Nos meus lábios não passam as coisas que eu quero contar Não levanto a voz Não me ouvem gritar Tenho a garganta seca da dor que não pude chorar És capaz de me encontrar Numa estrada junto ao mar Mas sou capaz de me esconder Pisar a linha sem a ver Incendiar o lume a arder E ver-me de novo a nascer Não dou parte de fraco Não me canso de mim E ao ver o meu retrato nem sempre sei se sou assim Não conto com a sorte Mas (...)
  letra   Tudo o que começa tem um fim Dizem que é a vida, é mesmo assim Eu sei que perco por tudo querer Sou um alvo de escárnio, mal dizer Mas sigo em frente e não fico para ver Não quero saber Deito-me na cama que decido Sou o ultimo a rir E sou o teu fruto proibido Tive quem desdenhasse sem comprar Disseram-me que não estava para amar Mas conheci a cura sem arder E água benta tomo a que quiser Sou um mal que vem por bem sem sabe
Letra Tu és a noite em chamas Não há como te apagar Tu és a minha raiva À beira de se soltar És memória de outras eras E soltas o que tenho para dar Corres como se todo o tempo Estivesse para acabar Será que a lua sobre o mar Me traz imagens que perdi? E a cor da noite, ao deitar, Será que me traz junto a ti? Tu és a dor que resta Quando penso em me salvar És a luz da madrugada Que vem para me abraçar És o som da minha rua Que me acalma o acordar És um prazo sem validade (...)
  A origem da banda remonta há 15 anos, com o nascimento da amizade entre os membros fundadores, Ricardo Oliveira e Mário Pereira.   Depois de vários projectos comuns e de alguns anos de trabalho num estúdio caseiro sem qualquer pretensão de retomar a actividade musical para além do prazer retirado do processo criativo, resolveram no final de 2006 reunir uma banda. (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email